quarta-feira, 12 de abril de 2017

Como esperado, Carlos Pinto Sá volta a ser candidato da CDU a Évora


Com o anúncio já esperado (que será formalizado em sessão pública no dia 18 de Abril no Pátio do Inatel, com a presença de Jerónimo de Sousa) da candidatura de Carlos Pinto Sá a mais um mandato, pela CDU, à frente da Câmara Municipal de Évora, são já conhecidos os concorrentes, dos principais partidos, às eleições de 1 de Outubro de 2017. E se há algo que todos têm (quase) em comum é a idade. Talvez porque o Alentejo é uma região envelhecida todos estes candidatos já são seniores entre os 49 e os 62 anos: Costa da Silva (PSD) e Pedro d'Orey (CDS) têm 49 anos, Elsa Teigão (PS), 50 anos, Pinto Sá (CDU), 59 anos e Maria Helena Figueiredo (BE), 62 anos. Políticas novas?

30 comentários:

  1. Que saibam Todos os candidatos debater com os cidadãos os grandes problemas do concelho.

    Qualidade de Vida,Transparência,Orçamento participativo e os graves casos que nos levaram a situação actual,a água,a obra da praça de touros e outros negócios e a divida feita entre 2002/2013.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vira o disco e toca o mesmo!

      Eliminar
    2. Orçamento participativo com o Pinto de Sá não vais ter. É contra

      Eliminar
  2. Não posso acreditar.
    E explico porquê: quando o senhor Pinto de Sá saiu da Câmara de Montemor antes de acabar o seu mandato (o que o impediria de se voltar a candidatar) ele disse, numa entrevista, que o fazia unicamente porque queria voltar à Universidade, já que tinha "saudades de dar aulas". Ele disse e eu ouvi. É por isso que não posso acreditar nesta mentira torpe que o A Cinco Tons agora promove. Porque isso faria do senhor Sá um reles aldrabão e ele não é nada disso. Ele parece ser uma pessoa séria, honrada, que diz sempre a verdade, doa a quem doer, e a quem não interessam os jogos de poder do seu partido mas apenas a verdade. Eu acredito nele. E no Pai Natal também. O A Cinco Tons deve estar equivocado, só pode ser isso.
    jmc

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Espero bem que a noticia seja verdadeira. Pelo menos este presidente trouxe uma esperança a Évora que há muito tinhamos perdido. Espero que ganhe

      Eliminar
    2. Sim, com ele há esperança de estagnação, na melhor hipótese de recuo aos anos 50 do século passado.
      Quando é que as pessoas se convencerão de que os políticos querem é os interesses do seu partido e se estão a cagar para as populações? Interessa-lhes apenas e exclusivamente o poder. As pessoas, depois, que se lixem, só votam 4 anos depois e até lá já se esqueceram. Povo de gente burra mais burra nunca se viu.
      jmc

      Eliminar
    3. Por isso é que a CDU ganha.

      Eliminar
    4. Lamento mas para quem o conhece sabe que ele nunca diz a verdade,aliás ele nem sabe o que isso é. Lamento que assim seja, mas infelizmente para os eborenses esta é a verdade nua e crua

      Eliminar
  3. Lá se foi a ténue esperança do BE conseguir um vereador. E eles já perceberam isso. É vê-los a comentar no facebook...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O BE anda de cabeça perdida porque não conseguem alcançar o prestígio que o BE alcançou a nível nacional, pudera com o Bruno Martins , a Helena Figueiredo e o Elizeu Pinto a darem a cara , o que se esperava ? Só miséria ....

      Eliminar
    2. O Bruno Martins é pior que os outros?
      Não, é igual.

      Eliminar
    3. Tanta azia!!!!
      os do costume a dizer mal do Bloco

      Eliminar
  4. E eu que tinha esperança que no fim do mandato voltava para Montemor! Já que não vai por iniciativa própria espero que os eborenses o mandem embora de vez.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Como é que ia embora se não tem para onde ir?

      Eliminar
  5. Até que enfim uma boa notícia neste panorama dos candidatos . Até aqui nem um oferecia qualquer perspectiva de salvar Évora da derrocada que o PS provocou durante 12 anos. Bastaram 12 anos para que Évora ficasse soterrada no panorama nacional e internacional e ficasse atolada de dívidas. Pelo menos o Pinto de Sá tem feito alguma coisa para recuperar Évora e já agora que os eborenses lhe dêem a possibilidade de continuar o bom trabalho. Eu só tirava de lá o Luciano que nada fez para além de passear e de se pavonear como se fosse mais inteligente e mais engraçado que todos (já nem falo no estilo engatatão que gosta de ostentar que isso é abjecto )

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Desculpe, o que disse?...

      Eliminar
    2. Abjectos são eles todos.
      O que é que fizeram, EXACTAMENTE, pela cidade? Pode dar 2 ou 3 exemplos ou é só conversa?

      Eliminar
    3. Ah e tal, o Pinto de Sá é bom, só o Eduardo é que nem por isso...
      Pois, a gente percebe a campanha da CDU (PCP).

      Eliminar
    4. «Pode dar 2 ou 3 exemplos...»

      1. Reduziram a dívida e estancaram o descalabro financeiro em que se encontrava a autarquia, com um desequilibro financeiro de cerca de 10 milhões de euros anuais negativos: ou seja todos os anos a dívida da CME crescia cerca de 10 milhões de euros. No inicio do mandato a autarquia estava "tecnicamente falida" sem poder sequer recorrer a fundos comunitários. Hoje, PODE RECORRER A FUNDOS COMUNITÁRIOS.

      2. Resolveram a situação de pagamentos em atraso de cerca de 3 anos, o que fez com que os fornecedores se tivessem afastado e só fornecessem com dinheiro à vista. Hoje NÃO HÁ PAGAMENTOS EM ATRASO!

      3. Embora com escassos recursos, devido à politica desastrosa de contratações e de substituição de máquinas durante os 12 anos PS (muitos técnicos e poucos operacionais! e nem um carro de lixo foi comprado durante 12 anos!) a LIMPEZA MELHOROU.

      4. A participação da população nas decisões voltou a ser uma marca da gestão autárquica. Passaram a ter acesso e a poder intervir em diversos eventos e reuniões. Os atendimentos dos eleitos passaram a acontecer com regularidade, em Évora e nas povoações rurais. Todas as decisões relevantes passaram a ser objecto de previas reuniões públicas com os interessados (Centro Comercial, Nova ferrovia, etc.).

      5... eram só 2 ou 3, não eram.

      Eliminar
    5. 1. A suposta redução de divida é falsa. Pagaram aos fornecedores abrangidos pelo PAEL, (divida antiga) com dinheiro do PAEL, que guardaram em dezembro de 2013 e só utilizaram a partir de 2014, para dizerem que baixaram a divida. Mais transformaram recentemente, 32 milhões de euros de divida de curto prazo em divida de longo prazo. Receita não cresce a não ser a que veio por via do OE, do Governo Socialista. A divida está exatamente na mesma;
      2. Não há pagamentos em atraso de 2015, a média de pagamentos por parte da CME continua a rondar os 500 dias, vide LISTA DOS MUNICÍPIOS COM PRAZO MÉDIO DE PAGAMENTO SUPERIOR A 90 DIAS - NO FINAL DO 2.º TRIMESTRE DE 2016 / no Portal Autárquico;
      3. A limpeza piorou. E este ano graças ao empréstimo à banca, sustentado por via do FAM, conseguiram contratar empresas para garantir a limpeza, exatamente o mesmo que fez a Câmara socialista em 2013 e que a CDU criticava dizendo que havia trabalhadores no município para isso. Esses trabalhadores estão desmotivados, descontentes e não têm capacidade de resposta para as necessidades da cidade, para além das chefias (todas CDU, alteradas pelo atual excutivo) não terem capacidade e nem terem o reconhecimento dos trabalhadores. Quanto a contratações sim, vão integrar nos quadros de pessoal os "amigos" do CENDREV;
      4. O orçamento participativo não existe. A participação é zero. O que acontece é que a CME vive da atividade das organizações a quem dá umas migalhas e nem sempre de forma equitativa como era o seu dever, ou não nos lembramos todos do caso dos clubes desportivos?
      5. Como só disse 4 eu deixo mais um, o 5º, o caso da Habevora, esse sim, vai ser lindo quando os Eborenses souberem o que ali se passou... e mais não digo, por enquanto.

      Eliminar
    6. A limpeza melhorou onde? É que em Évora não foi

      Eliminar
  6. Que bom trabalho? Mais trinta e dois milhões de divida?

    ResponderEliminar
  7. Só não vê quem não quer : 1 -recuperação económica e financeira da cãmara ; 2- negociação das dívidas com os inumeros credores ,3- pagamento integral das dívidas às juntas de freguesia que ascendiam a milhares de euros desde o tempo do PS. E pronto, pediu três aqui estão.

    ResponderEliminar
  8. Ainda acalentei a esperança que aparecesse um candidato que apresentasse algo de novo. Mas, perante aquilo que já apareceu, penso que não há alternativa ao Pinto de Sá. Terá o meu voto evidentemente.

    ResponderEliminar
  9. O senhor Sá diminuiu os prazos de pagamento das dívidas à custa dos eborenses. Évora tem o IMI mais elevado do país, maior que Lisboa ou Porto. A cidade regrediu em termos culturais,
    Portanto, o milagre financeiro foi roubar ainda mais aos eborenses.
    Convençam-se que políticos são todos a mesma porcaria.
    A DIFERENÇA ENTRE A ESQUERDA E A DIREITA É APENAS A MÃO COM QUE NOS VÃO AO BOLSO. No final, todos nos roubam e cagam para o povo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O IMI é o mais elevado do país, não graças ao senhor Sá, mas graças à desastrosa adesão ao PAEL, graças aos votos do PS e do PSD.
      Felizmente, com o Orçamento de Estado deste novo governo, vai ser possível que a autarquias que aderiram ao PAEL possam ter alguma margem para reduzir do IMI.

      Eliminar
    2. A nossa custa e de ,mais uma dívida de 32 milhões que nos também vamos pagar

      Eliminar
  10. Elia Mira roeu a corda e o professor tem que se aguentar,não havia mais ninguém,se mantiverem o viajante e outros na equipa vai deixar o mandato a meio para ir dar aulas é garantido!

    ResponderEliminar
  11. Não sejas cretino a taxa de IMI é uma imposição do PAEL que foi negociado pelo PS , achas que esta câmara teve algum voto na matéria ? Em termos culturais pois enquanto o Luciano tiver a pasta da cultura não há muito a fazer, pois não ? Se o PCP ganhar a câmara, o que espero que não aconteça, o Garcia e o Luciano são dispensáveis no próximo mandato, nada fizeram só anunciaram isto e aquilo e mais o outro, trabalho que é bom foi zero mas passeatas anunciadas no facebook foram muitas. Entreguem a cultura à Carmem Almeida a ver se o panorama melhora, ao menos é amiga dos bloquistas pode ser que ajude a desbloquear algumas coisas.

    ResponderEliminar

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.