sábado, 25 de fevereiro de 2017

SOS Racismo denuncia xenofobia e ameaças de morte contra ciganos em Sto. Aleixo da Restauração (Moura)


“Ku Klux Klan” regressa a Stº Aleixo da Restauração (Moura)


Ameaças de morte pintadas por toda a povoação (nos últimos dias) bombas lançadas para os quintais das casas da comunidade cigana, dando credibilidade às próprias ameaças (na noite passada, 23-2-2017).

Caixões colocados à porta, cavalo envenenado, Igreja incendiada, casas queimadas, carros a arder (de setembro a Novembro/2016).

Perante a inoperância das autoridades (quer policiais, quer políticas), a comunidade cigana de Stº Aleixo da Restauração, desde o fim do Verão, está a ser vítimas de situações que mais lembram a atuação do Ku Klux Klan de meados do séc. passado.
Algumas destas situações já vieram a lume (Jornal Tornado e Público, no final do ano). Inclusive uma cadeia de televisão esteve a acompanhar uma visita do SOS Racismo que a chamou para tentar alertar a situação (acabou por nada fazer). Alguns responsáveis políticos já por lá passaram (Alto Comissário) sem se dignar a falar com as vítimas destes atos de pura barbárie cujo objetivo é causar o medo, tentar que abandonem a aldeia, ou mesmo expulsar a comunidade cigana da zona.
Estas situações agravadas com a atuação intimidatória da GNR têm, de fato, levado a que algumas pessoas estejam a dormir fora da povoação, nomeadamente uma, que é invisual, pois uma das casas incendiadas foi a sua.
O SOS Racismo, que já tinha tomado conhecimento de algumas destas situações, ficou à espera que as autoridades atuassem, tendo em conta que eram do conhecimento das instituições. É verdade que a sanha incendiária racista e xenófoba parou com as deslocações, com as visitas que o SOS Racismo foi fazendo.






Mas a verdade é que, neste final de fevereiro, a cobardia e a violência racista voltou ainda com mais ódio e ameaças xenófobas de uma gravidade que se podem constatar pelas fotografias que acompanham esta denúncia.
As ameaças que aparecem escritas um pouco por toda a povoação, cemitério incluído, são reforçadas pelo rebentamento de bombas nos quintais dos elementos da comunidade cigana, talvez encorajados pela ausência de medidas das instituições, pela inoperância das autoridades policiais, pela impunidade das práticas racistas e xenófobas.
E isto, apesar de o presidente da Câmara ter afirmado que o assunto se estava a resolver com o reforço do policiamento…
A comunidade cigana de Stº Aleixo da Restauração recorreu uma vez mais ao SOS Racismo para que consiga chamar a atenção das autoridades tendo em conta a sua inércia criminosa e a gravidade das ameaças bem espelhadas nas paredes de Stº Aleixo.
As autoridades não podem continuar a olhar para o lado sem fazer nada, contribuindo para agravar o risco em que a comunidade cigana se encontra. Basta ver as fotografias para perceber o terror que se quer instalar nesta comunidade.
E criminosos não são apenas aqueles que estão tranquilamente a praticar estes atos hediondos.
Compete ao estado de direito, defender que todas as pessoas se sintam seguras na sua terra, nas suas casas. A população cigana está em risco, a viver momentos de terror.
A inoperância não pode persistir.
É altura de o governo, o Alto Comissário tomar medidas para que nada de grave venha a acontecer.
É altura destes crimes serem punidos

Pelo SOS Racismo
Piménio Teles / José Falcão / Mamadou Ba
24/2/2017

C:\Users\afeijao\Desktop\StaAleixo2\16936087_1297330240348856_824243201_o.jpg     C:\Users\afeijao\Desktop\StaAleixo2\16990423_1297330370348843_1193733013_o.jpg
C:\Users\afeijao\Desktop\StaAleixo2\16933341_1297330430348837_274137086_n.jpgC:\Users\afeijao\Desktop\StaAleixo2\16910657_1297330297015517_984929796_o.jpg      

C:\Users\afeijao\Desktop\StaAleixo2\16910715_1297330187015528_1059756087_o.jpgC:\Users\afeijao\Desktop\StaAleixo2\16910957_1297330350348845_1795426855_o.jpg   

C:\Users\afeijao\Desktop\StaAleixo2\16930616_1297330217015525_1937977355_o.jpgC:\Users\afeijao\Desktop\StaAleixo2\16930885_1297330333682180_1039452977_o.jpg

C:\Users\afeijao\Desktop\StaAleixo2\16935431_1297330413682172_1700726829_o.jpg


12 comentários:

  1. Ok, já conhecemos a posição do SOS Racismo. Seria também importante o ACincoTons revelar o outro lado da história, para percebermos as motivações que levaram a tão desesperadas acções. Sim, Porque não acredito que tudo isto, tenha sido feito de forma espontânea, e não em jeito de retaliação de acções anteriores...
    Agora a questão, é: Vai o blog ser imparcial, e ouvir a população da vila para tentar perceber o que motivou estes actos? Ficarei à espera...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sinta-se a vontade para dizer o que justifica estes atos

      :)

      Eliminar
  2. Portaram-se bem como sucedeu junto das piscinas em Évora,Stº Aleixo da Restauração não foi preciso a PSP e autarquia o povo caiu lhe em cima.
    Querem ser integrados parem de roubar traficar e vandalizar,Piménio Teles / José Falcão / Mamadou Ba que os eduquem e lhe explique que para viverem em sociedade tem que ter direitos mas também deveres.

    ResponderEliminar
  3. As autoridades que não se cuidem e depois admirem-se se houver sangue para depois os vampiros dos costume (Correio da manha (de manhoso), TVI e SIC) poderem vender a sua ideologia populista.
    MdM

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Como é que as autoridades se podem cuidar, se tudo isto acontece por falta (ou fuga...) de autoridade?

      E não é só nestas situações. É também com o vandalismo nocturno. Ou nos diversos tráficos de drogas e consumos incontrolados de álcool por menores. Ou com o vandalismo das claques de futebol, que gozam nitidamente nas barbas das autoridades. Há neste momento uma clara situação em que o mundo do crime se sobrepõe (e controla?) às policias e às forças de segurança.

      Daí estas reacções despropositadas e injustificadas de grupos populares. Mas, convém não esquecer, que na origem está um problema de insegurança e desrespeito pelas leis do país.

      Eliminar
    2. Tem toda a razão, mas que podem fazer as Autoridades, pois quando prendem alguém, não interessa a etnia, se os prevaricadores ainda saem primeiro que os agentes da autoridade que os detiveram.
      É e depois admiram-se que os populismos surjam e apareçam palhaços a governar as Nações.(Antes fossem palhaços,pois esses honrados trabalhadores ao menos fazem-nos rir, enquanto que o outros nos fazem chorar).
      A justiça em Portugal (e no mundo em geral) está politizada, quando deveria ser independente e apolitica.
      MdM

      Eliminar
    3. «que podem fazer as Autoridades, pois quando prendem alguém, não interessa a etnia, se os prevaricadores ainda saem primeiro que os agentes da autoridade que os detiveram»

      É isso que é preciso mudar. Os agentes da autoridade devem ser protegidos e defendidos no exercício da sua função. Os agentes honestos e cumpridores devem ser beneficiados financeiramente e promovidos e os agentes corruptos (que os há) devem ser escorraçados e expulsos.
      A continuar esta falta de autoridade será o princípio do fim do regime democrático em que vivemos.

      Eliminar
  4. isto é Portugal no seu melhor. racistas de merda. É os ciganos criarem grupos e começar a matar a torto e a direito

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. «É os ciganos criarem grupos e começar a matar a torto e a direito»
      E os outros é que são racistas de merda?
      Com uma afirmação destas ainda tem a distinta lata de clamar contra o racismo?

      Eliminar
    2. vão se foder. esperem pela pancada!!!! a noite é serena

      Eliminar
  5. A Esquerda é boa,
    a Direita é má.

    ResponderEliminar
  6. Élia Mira candidata da CDU

    ResponderEliminar

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.