sexta-feira, 3 de fevereiro de 2017

Exposição sobre a discografia de José Afonso é hoje inaugurada em Évora


CONVITE 

Galeria do INATEL, Évora, sexta-feira, 18 horas

O Núcleo de Évora da AJA convida-o/a a estar presente na inauguração da exposição sobre a obra discográfica de Zeca Afonso “Desta Canção que Apeteço” que terá lugar na sexta-feira, dia 3 de Fevereiro, pelas 18 horas, na Galeria do INATEL, em Évora, inserida nas comemorações que, a nível nacional, assinalam os 30 anos da morte de José Afonso e da criação da AJA.
A sessão contará com a actuação do Grupo AJA MÚSICA.
Esta exposição é uma iniciativa conjunta da Associação José Afonso e da Câmara Municipal de Évora, com o apoio do INATEL.



“Desta Canção que apeteço”, de 3 de Fevereiro a 4 de Março na Galeria do Inatel


A obra discográfica de José Afonso, com trabalhos editados ao longo de mais de três décadas, é revisitada numa exposição que pode ser vista de 3 de Fevereiro a 4 de Março na Galeria do INATEL, Palácio do Barrocal, Rua de Serpa Pinto, 6, em Évora. A exposição insere-se no âmbito dos 30 anos da Associação José Afonso (AJA), coincidindo com a evocação do 30º aniversário do seu falecimento, que ocorreu a 23 de Fevereiro.
Da edição do primeiro registo fonográfico, em 1953, nos estúdios da Emissora Regional de Coimbra, até ao último disco, em 1985, intitulado “Galinhas do Mato”, a exposição apresenta ao público uma perspectiva global de um dos mais marcantes registos da história da música popular portuguesa.
“Desta canção que apeteço – Obra discográfica de José Afonso 1953//1985”, reúne um conjunto de elementos únicos e diversificados que destacam a riqueza musical, poética, histórica e cultural do cantautor português, que morreu no dia 23 de Fevereiro de 1987 – faz agora também 30 anos.
A par de capas de discos, entre as quais constam originais cedidos pelo designer e artista José Santa-Bárbara, os visitantes têm oportunidade de ouvir temas de Zeca Afonso editados no estrangeiro e que não estão disponíveis no circuito comercial português.
Livros relacionados com a vida e obra do autor, como “A música tradicional na obra de José Afonso”, de Mário Correia, e partituras de José Mário Branco, António Carrilho e Fernando Couceiro integram a mostra documental, assim como outros objectos do ‘universo’ pessoal de José Afonso.
A exposição integra também um documentário realizado por Tiago Pereira, com o testemunho de instrumentistas e de técnicos que trabalharam ao longo de vários anos com Zeca Afonso.
Vários instrumentos musicais, fotografias e equipamentos como um gira-discos, um gravador e o prémio “Disco de Ouro” estão igualmente presentes nesta exposição organizada pela AJA e pela Câmara Municipal de Évora, com o apoio do INATEL.
“Desta canção que apeteço – Obra discográfica de José Afonso 1953//1985”, está patente na Galeria do INATEL, em Évora, no seguinte horário: de terça a sexta, das 10h às 20h; sábados e domingos das 11h às 20h (encerra às segundas-feiras)

Associação José Afonso / Câmara Municipal de Évora

4 comentários:

  1. Zeca Sempre....................

    ResponderEliminar
  2. Homem com H grande,neste mundo de vira casacas e oportunistas.

    ResponderEliminar
  3. O Zeca cumpriu bem a sua missão e nunca foi comunista. Respeitem-no seus comunistas!

    ResponderEliminar
  4. A exposição está de parabéns assim como a Associação José Afonso, o seu Núcleo de Évora e a Câmara Municipal pela sua realização.
    É no entanto de lamentar o boicote e atropelo que a câmara cometeu na sua divulgação, deslavorizando a iniciativa da AJA, relegando-a mesmo para segundo plano, como pode ser visto no texto do sitio web ou nas postagens do facebook da Câmara. Em termos de materiais promocionais (veja-se o convite que aqui está que é o oficial da AJA) nunca foi utilizado pela câmara, tendo sido substituído pela imagem que está no sítio web ou pela imagem do cartaz fornecida pela AJA ao gráfico da câmara e onde o simbolo da câmara aparece destacado acima do da AJA.
    Que fique claro que se trata de uma exposição discográfica interativa organizada pela AJA - Associação José Afonso, ao qual a Câmara Municipal de Évora se associa e não de uma exposição discográfica interativa organizada pela Câmara Municipal de Évora em colaboração com a AJA - Associação José Afonso conforme se pode ler nas notícias do facebook.
    Este é um mau trabalho de divulgação e de comunicação que se deve lamentar.

    ResponderEliminar

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.