terça-feira, 10 de janeiro de 2017

Ano Novo

E, de repente, mais um ano se inicia. Não dou especial atenção à passagem de ano, mas percebo perfeitamente a ideia mágica de poder encerrar um ciclo, fazer o balanço e expressar desejos e formular objectivos perante o início de um novo ciclo.
Que todos tenhamos a capacidade de, antes de lançar resoluções e estabelecer objectivos, fazer o balanço daquela que foi a nossa prestação ao longo do último ano.
A nível local, parece que o executivo municipal decidiu passar por cima de balanços e começar a mostrar como vai ser este novo ano. Nos primeiros dias do ano assistimos a uma frenética sessão fotográfica de eleitos em diversas actividades, o Facebook encheu-se de promessas e de actividades municipais – da limpeza à educação, passando pela cultura.
Não é difícil antecipar um ano em que o actual executivo tudo vai fazer para conquistar votos. Mas como sempre valorizei os balanços, não me cansarei de pedir contas pelo que foi feito (e especialmente pelo que não foi feito) nestes últimos três anos.
Espero que nesta cidade, o ano novo traga muita coragem. Coragem de exigir mais: mais trabalho, mais transparência, mais justiça, mais democracia, mais participação cidadã. Costumamos eleger a palavra do ano no seu final, que 2017 se inicie com a eleição da palavra para este novo ano: coragem. Que a coragem vença o medo em todas as frentes. Tomemos o futuro pelas nossas próprias mãos e ousemos querer mais.
Até para a semana!

Bruno Martins (crónica na radio diana)


2 comentários:

  1. Oh Bruno, vais exigir mais trabalho a quem?

    ResponderEliminar
  2. Oh Bruno escusavas de fazer mais esta figura triste. O facebook dos eleitos tem andado sempre cheio de atividades, tu próprio já o admitiste quando disseste que o que eles mais gostam é de aparecer nas fotografias. Então, pá? Andas com problemas de memória? Numa altura dizes uma coisa e , depois, quando te convém, já dizes outras? Vê lá se atinas que isto assim até dá mau aspecto. Se os gajos estão nos eventos, nas suas iniciativas e nas dos outros , então náo hão-de fotografar e publicar fotografias? Que culpa têm eles de tu só teres o teu gato, algum familiar e a ti próprio para publicares no facebook ? Cada um publica o que tem e divulga o que faz o melhor que pode. Venham mais fotografias deste executivo é sinal que andam a mexer e a gente vê . Bom ano para ti, Bruno ! Abraço e relaxa, meu

    ResponderEliminar

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.