sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

Diário do Alentejo desta sexta-feira


7 comentários:

  1. Não lendo o artigo, e correndo o risco de estar a fazer uma interpretação errada do título da notícia, deixo a questão:
    Se falamos de um hospital central do Alentejo, porque deveria ficar em Beja? A Geografia nunca foi o meu forte, mas ainda me lembro de olhar para o mapa de Portugal, e ver que o Alentejo se estende de Portalegre a Beja, ficando Évora quase ao seu centro...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se houver vontade política o centro do Alentejo até pode ser na Amareleja, a Geografia não interessa, aliás Portalegre até, ficava mais bem servida com o hospital Central em Beja, como vai explicar o inefável Diário do Alentejo

      Eliminar
  2. O Governo das Esquerdas não vai fazer hospital nenhum. Nada.
    O Governo das Esquerdas só serve para dar dinheiro aos funcionários públicos ricos que são todos de Esquerda. E estes vão logo a seguir gastá-lo em compras a Badajoz.
    Portugal está outra vez no caminho da bancarrota.
    O próximo Governo vai ter que despedir 200 000 funcionários públicos que não são precisos para nada. Vão lá só buscar o ordenado ao fim do mês. Haja JUSTIÇA! Os trabalhadores do privado é que aguentam isto tudo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É isso e tu seres a maior palerma que existe a nível Nacional.
      Onde foste buscar essa dos FP serem todos de esquerda, a não ser que para ti CDS e PSD sejam de esquerda.
      Essa de Portugal estar a caminho da bancarrota, é aquilo que o teu chefe te diz, mas olha que ele anda um pouco baralhado, nem diz o que sabe nem sabe o que diz. Aliás coisa muito semelhante a todos os Pafiosos que conheço, pois todos eles anseiam a desgraça de Portugal, grandes patriotas sim senhor.
      Sabe que mais, vá dar banho ao cão.
      MdM

      Eliminar
  3. O titulo está errado. Não são interesses políticos que determinam o investimento no hospital, mas sim interesses económicos e pessoais.
    De quem é o terreno do futuro hospital? Porque é que se vai fazer um hospital tão longe da cidade?

    ResponderEliminar
  4. Os terrenos e as casas junto aos hospitais, valem mais; até as lixeiras que sempre escoam os ratos que deixam de ser, como os terrenos e as casas, baratos!

    ResponderEliminar
  5. De quem é o terreno do futuro hospital?

    Também é do dono da Silveirinha, ou não?

    ResponderEliminar

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.