sábado, 3 de setembro de 2016

Factos e questões



1 - O complexo custou 2230000 euros;
2 - A manutenção do mesmo custa à Câmara de Évora 15000 euros por mês;
3 - A Câmara não é dona do complexo;
4 - A Câmara não explora o complexo, que será usufruído por clubes de atletismo e de rugby;
5 - A Câmara tem dívidas e não tem dinheiro para a cultura e para o desporto;
6 - Se o complexo não lhe pertence e não vai explorar ,porque razão vai lá gastar 180000 euros, anualmente, dos nossos impostos e taxas?;
7 - Não seria mais lógico que quem se encarregasse da despesa fosse o dono?;
8 - E porque não serem os clubes beneficiados a pagar a luz, água, gás, pessoal e um sem número de encargos?;
9 - É que se esses clubes usufruem de um equipamento que não é deles e estão dispensados de pagar os encargos resultantes da sua exploração ,então foram colocados, pelo executivo camarário, numa posição de favor!;
10 - Todos nos congratularíamos com o facto ,não fosse o pormenor de todos os outros clubes terem ficado numa posição de clara desigualdade e de grande injustiça, pois não tendo a alegria de ter equipamentos desportivos novos, têm que pagar todos os meses milhares e milhares de euros de todas as várias despesas referentes à exploração dos seus equipamentos e infraestruturas desportivas.;
11 - Com a agravante de esta injustiça estar a ser cometida com o uso de dinheiro dos contribuintes ,que por acaso, na esmagadora maioria ,são sócios ou praticam desporto nestes sete clubes que se sentem injustiçados e nos outros que aqui não figuram e estão em situação semelhante.;
12 - E estes clubes também são de Évora, servem a população de Évora e têm um passado de serviço público ao longo de largas dezenas de anos que deveria ter sido mais respeitado.
Nunca é tarde para se corrigir uma injustiça.

Anónimo

15 comentários:

  1. Já se sabe que para o cincotons a câmara é sempre culpada por ter cão e por não ter.
    Na verdade esta câmara tem um grande cão (calote) que a câmara anterior cá deixou. E tem uns canitos que ladram enquanto a caravana vai passando.
    1
    O incrível é que Évora só em 2016 é que ganhou o direito a ter uma pista de atletismo;
    2
    O incrível é que o conseguiu graças a esta câmara, que trabalha com contingências tremendas, que lhe foram impostas pela incompetência e desonestidade dos autarcas antecessores;
    3
    O incrível foi em 2005 quando a câmara fez um estádio a caminho da lixeira, tudo misturado com embustes imobiliários, e com a violação da lei ambiental, e a coisa só ter servido uma vez, e estar abandonada, e ninguém ter sido preso, e a má língua achou e continua a achar muito bem;
    4
    O incrível é a má língua ser incapaz de esclarecer quem pagou este complexo;
    5
    O incrível é a má língua ser incapaz de se congratular, porque a câmara, mesmo sem meios, conseguiu apoiar e viabilizar esta construção, e melhorar a qualidade de vida da cidade e dos eborenses;
    6
    O incrível é alguém dizer que a câmara "explora o complexo", como se o complexo fosse fonte de rendimento para câmara, cobrando aos cidadãos pela utilização do equipamento, como fazem os clubes que exigem dinheiro da câmara, e de todos nós;
    7
    O incrível é culparem a câmara, sem identificarem o dono do estádio, nem as clausulas do protocolo entre as duas entidades, do qual devem constar as obrigações de ambos, e os direitos dos eborenses para usufruírem do equipamento;
    8
    Talvez, depois de conhecer o protocolo, esses clubes que querem o meu dinheiro, se possam equiparar ao dono do novo complexo de atletismo, e "avancem" para o estabelecimento de protocolos idênticos com a câmara, nomeadamente na participação financeira de cada um, e no custo da utilização pelos cidadãos.

    ResponderEliminar
  2. A demagogia (para não usar outras palavras mais duras e adequadas) deste comentário até enjoa.

    Diz ele que:
    - a CME não devia aceitar gerir o complexo desportivo, para não gastar dinheiro dos "nossos impostos e taxas";
    - "seria mais lógico que quem se encarregasse da despesa fosse o "dono", escondendo que o dono é o IPJ que também vive à custa dos "nossos impostos e taxas";

    Mas o que diria o demagogo se:
    - a CME não tivesse aceitado gerir este equipamento, colocando-o ao serviço de TODOS os eborenses?
    - a CME tivesse embarcado numa solução de gestão em que colocasse este equipamento ao serviço exclusivo dos clubes (de Rugby ou de Atletismo) que fechasse as portas aos cidadãos ou só as abrisse mediante um pagamento chorudo e lucrativo?

    E, já agora, será que o demagogo também acha que a CME se devia ter recusado oferecer os projectos, pagos com os "nossos impostos e taxas", ao "dono" do equipamento?

    ResponderEliminar
  3. Neste conjunto de pessoas que atacam ou defendem a Câmara, há uma coisa que ressalta, é a subsidio dependência em que este País se encontra.
    Na verdade na hora de pagar impostos todo o mundo refila e arranja todo o tipo de esquemas para fugir aos ditos.

    Mas na hora de pedir subsídios, para isto ou para aquilo, aqui del' Rei que o Estado ou a Câmara (seja qual for a entidade, a fonte é sempre a mesma, ou seja o contribuinte pagante), não lhes dá o famigerado subsidio.

    São as escolas privadas que tanto mal falam do estado e mas não sobrevivem sem os seus subsídios, são os clubes, que na sua grande maioria nada fazem neste país a não ser mamar da teta do estado/Câmara.

    Eu como contribuinte só digo, arre que é demais, vão "Xuxar" para outra freguesia...
    MdM

    ResponderEliminar
  4. Não sendo eborense de gema, vivo cá há tempo suficiente para ter conhecimento do que foram as governações Abílio e Ernesto, e agora a Pinto de Sá, e uma coisa reconheço: a cidade nunca esteve tão suja como agora. Que está parada no tempo, isso já vem dos tempos Abílineos. Que não têm sido feitas grandes obras para o melhoramento da qualidade de vida dos eborenses, isso é de sempre.
    A verdade é que, quer tenha sido PS, ou PCP, o trabalho ficou sempre muito aquém do esperado, e sobretudo, do prometido.
    Veremos como vai ser a dança das cadeiras em 2017...

    ResponderEliminar
  5. 12.53 É a realidade,Évora é das piores cidades de Portugal falta tudo,os políticos responsáveis não tem a mínima vergonha na cara,passeiam por ai como se nada fosse consigo.
    Todas autarquia tem um planeamento com prioridades em Évora ficou tudo no papel fechado numa gaveta nada para executar,anda o Bairro Escurinho, anda a conclusão das obras da Malagueira,andam as circulares, andam os imóveis da Rua do Rochedo etc...todos processos com largos anos e cada dia que passa tudo piora e se degrada ainda mais.Deviam estar todos os responsáveis por o descalabro autarquia de Évora sentados em frente do homem de bata preta por crime de negligencia!

    ResponderEliminar
  6. Diz o anónimo das 13:32 "...a CME não tivesse aceitado gerir este equipamento, colocando-o ao serviço de TODOS os eborenses?"

    TODOS? o que considera TODOS? Para além do rugby e do atletismo que mais desportos se podem fazer naquele estádio? o relvado está devidamente preparado para outros desportos?

    AAJ

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Precisa de aprender a ler e interpretar.
      Ao serviço de TODOS os eborenses não significa "ao serviço de TODOS os desportos". O que significa é que todos os eborenses, desde que cumpram as regras, poderão usufruir daquele equipamento.

      Eliminar
    2. Posso jogar ao berlinde?
      O terreno permite jogar à vermelhinha?
      Podemos malhar na câmara?

      Eliminar
  7. TODOS,significa o contrário de NENHUNS.
    E quando NENHUNS,são TODOS, temos o cenário perfeito que ilustra o perfil do COLECIVO eborense.

    Quando TODOS não fazem NENHUM,como podemos querer que ALGUNS façam o que TODOS querem que NENHUNS façam?..

    Sou pela originalidade.

    Emanuel

    ResponderEliminar
  8. Um aviso de limpeza de terrenos no fim do Verão?Quando autarquia tem tudo cheio de mato?Este vereador viajante Luciano é um mistério da natureza acompanhado do outro mistério presidente autarquia que permite isto!

    ResponderEliminar
  9. Os clubes e os seus dirigentes vivem há muito tempo à mama dos apoios públicos. Eu que pago os meus impostos e que não tenho filhos que frequentem os clubes assisto há quase 30 anos a esta mama : clubes recebem pagamento por cada miúdo e a seguir exigem apoio da câmara em transportes, pavilhões, piscinas . Já todos se esqueceram do tempo que o Aminata pagava balurdios aos treinadores e agora anda a exigir que a cãmara lhe dê dinheiro. O juventude e o lusitano também querem dinheiro da câmara , mais os canaviais que tem alugado o campo ao ragueby e continuou a beneficiar dos apoios da câmara. Olhem, sabem que mais ? Vão mas é trabalhar todos e deixem-se de viver à conta dos nossos impostos. Deviam ter vergonha do comunicado que puseram a circular a exigir dinheiro à câmara !

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O que tu queres sei eu. Era que acabassem com o povo e vocês ficavam a governar sozinhos. podiam gastar o dinheiro todo em viagens, apoio às manifestações da inter e do PC, à festa do avante, etc., etc. O povo e as suas associações só incomodam. Onde é que isto já se viu, uma Câmara apoiar os clubes amadores e as camadas jovens?Deixem-se de modernices. O dinheiro das Câmaras é para as viagens e para os compadrios do pessoal, veja-se o que se passa nalgumas juntas do PC e depois venham-me dizer para quem são os apoios e quem são os apoiados. Os camaradas não brincam em serviço. Quando toca a mamar é a sério.

      Eliminar
  10. Este vereador Luciano e cá um cromo!

    ResponderEliminar
  11. E quando é que o Juventude , o Lusitano e o Aminata pagam a enorme dívida de água à câmara ? Não os oiço falar disso e são milhares de euros ! Parece que a câmara até tem sido muito benevolente em não lhes ter cortado a água. Ainda querem mais ? Aos municipes não lhes coube tanta sorte e ainda vêm estes clubes queixar-se constantemente. Paguem o que devem e calem-se que isto até mete nojo ! Não há dinheiro para nada e os senhores querem dinheiro, pos claro !

    ResponderEliminar
  12. Estão muito nervosos e ainda agora a procissão vai no adro.
    O Sr. Presidente da Câmara que há mais de uma semana desafiou estes clubes a terem uma reunião (está no site da DianaFM) ,quando a marca?
    Estão a fazer um apanhado dos apoios que deram ao desporto e está demorado.

    ResponderEliminar

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.