segunda-feira, 19 de setembro de 2016

Conseguem?

É um prazer retomar as crónicas semanais aqui na DianaFm após as férias de Verão. Muitos foram os temas quentes, pelo que não foi fácil escolher qual o melhor para este pontapé de saída para a nova temporada.
Considero que seria inevitável falar sobre o estado deplorável de limpeza e higiene públicas do nosso Concelho e todo o movimento social de indignação que foi gerado à volta do tema.
Depois de dezenas de queixas de munícipes dirigidas à Câmara Municipal, muitas delas sem qualquer resposta... Depois de uma onda de indignação nas redes sociais... a gestão municipal admitiu, finalmente, que o estado de limpeza e higiene públicas é grave. Tenho pena que tenham demorado meses e meses a reconhecer este facto. Mas mais vale tarde do que nunca.
Tenho pena que não tivesse sido suficiente que esta questão estivesse inscrita no programa eleitoral com o qual o executivo CDU foi eleito. Lembram-se? Diziam querer retomar a imagem de excelência ao nível da higiene e limpeza.
A Câmara emitiu um comunicado descartando responsabilidades. Ora a culpa foi da chuva, ou da decisão de não utilizar um herbicida que ameaça a saúde pública, ora foi das avarias e das baixas dos trabalhadores. Até os munícipes foram chamados para o rol da culpas.
O desespero... Quando a culpa é dos cidadãos e cidadãs estamos mal... Mas lá admitiram que havia que fazer alguma coisa. Qual a solução? Fazer o mesmo que o PS: contratar serviços externos para começar a fazer limpeza... Sim, falo em começar a fazer limpeza, porque se alguma coisa havia sido feita, não se notava.
Mas fica a pergunta. Se agora se podem mobilizar meios, porque não os mobilizaram mais cedo quando não era necessário tanto trabalho?
E deixem-se de culpar os munícipes. Os eborenses não são menos ou mais civilizados que os restantes portugueses. Haverão, certamente, casos em que a falta de cuidado dos munícipes explica situações pontuais de desleixo e falta de higiene, mas o problema só pode estar na péssima gestão de meios e recursos levada a cabo pelos responsáveis.
Este é só um exemplo de uma promessa não cumprida... É pena que a um ano das eleições quase todo o programa eleitoral da CDU esteja por cumprir... Mas vá, ainda vão a tempo. Correm o risco de ser acusados de só fazer as coisas em período pré-eleitoral, mas mais vale fazerem... Não quererão ser acusados de mentir aos eleitores...
Depois das gestões desastrosas do PS era preciso mais e melhor. Era preciso, conseguir juntos... Conseguir para o Concelho, contando com todos e todas de forma transparente e humilde... Não tem sido este o caso...
Até para a semana!

Bruno Martins (crónica na radio diana)

10 comentários:

  1. O lixo os automóveis abandonados os acampamentos em espaço publico etc...Évora parece uma cidade medieval,Pinto de Sá escolheu os fracos para o acompanhar esta em deriva total!

    ResponderEliminar
  2. Mandar umas bocas, escrever umas tiradas de belo efeito é fácil. Difícil é analisar correcta e seriamente a situação, conhecer as causas e avançar com propostas concretas para resolver o efeitos. Isso é difícil e não está ao alcance de qualquer um. Infelizmente, trilhar o caminho da demagogia é o que fazem habitualmente os mais incapazes.

    ResponderEliminar
  3. O "capazes" estão naturalmente na Câmara e defendidos de qualquer crítica. Tem lixo à porta? Ora pegue numa vassoura e não cheteie a CME!

    ResponderEliminar
  4. Gostava de saber se é esta a posição do Bloco de Esquerda?

    Ou considera o Bruno e o BE que é possível avaliar um fenómeno qualquer sem querer saber do contexto e dos antecedentes.
    Achará o Bruno e o BE que a perda de mais de 100 trabalhadores operacionais, durante os 12 anos de gestão PS, se resolvem fácil e rapidamente?
    Considera o Bruno e o BE, que máquinas e camiões de recolha de lixo, com mais de 20 anos (nem um só foi adquirido durante 12 anos de gestão PS) se substituem rápida e facilmente?
    Desconhecerá o Bruno e o BE a situação financeira catastrófica em que o PS deixou a autarquia?
    ...
    Afinal que medidas preconizam para resolver a grave situação em que se encontra a autarquia?
    Até agora não ouvi nenhuma...

    ResponderEliminar
  5. Para esta trupe que se tem revezado no poder o que os incomoda sempre é o povo, as críticas, as reivindicações. Os seus sonhos mais molhados têm a ver com a possibilidade do povo ser dissolvido de cada vez que estão no poder e só voltar de 4 em 4 anos para votar neles (os que não votassem bem que podiam continuar dissolvidos). O povo - é uma chatice!!! - só incomoda quem pretende "analisar correcta e seriamente a situação, conhecer as causas e avançar com propostas concretas para resolver o efeitos.". É que "isso é difícil e não está ao alcance de qualquer um", sublinha o defensor encartado da gestão autárquica actual. Ou seja, a capacidade de governar é só para alguns, e como dizia o Brecht, aplicando-se aqui governar também à gestão da coisa autárquica, "Ou será que/ Governar só é assim tão difícil porque a exploração e a mentira/ São coisas que custam a aprender?"

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bla, bla, bla, bla...
      Frases generalistas que se aplicam a tudo e a todos. De concreto nada. Sugestões e propostas nenhumas. Só Bla, bla, bla.
      Assim não aprendem, nem irão a lado nenhum.

      Eliminar
  6. 12.30 A cdu devia ter tido esse conhecimento quando iniciou o mandato prometeu e criou o cartaz da limpeza a mudança até lavagens de rua houve para fotografia,a seguir ficaram no flash,até a contestação pura e dura bastou um paço.

    ResponderEliminar
  7. Depois de ouvir um recente discurso da Mariana Mortágua, num evento do PS em Coimbra, já não tenho dúvidas: "Só a esquerda radical pode salvar o capitalismo"...

    ResponderEliminar
  8. È claro como agua o saque a poupança de que TRABALHOU esta garantido,somos todos capitalistas com 50 mil euros na conta!
    Só nos falta arranjar um querido líder,se calhar o saqueador Mortágua é uma boa hipótese ladeado e assessorado pelas filhas!?

    ResponderEliminar
  9. O BE no seu melhor ! Há meses que só falam do mesmo . Ponham os olhos no BE nacional e deixem-se de minudências ! Toda a gente sabe que a câmara perdeu os trabalhadores e que neste momento está uma empresa a cortar e a limpar ! Querem culpar alguém culpem o PS porque aderiu ao PAEL e deixou a câmara na situação deplorável em que se encontra. Culpem a troika e os governos PSD/CDS que inviabilizaram a contratação de trabalhadores, obrigando mesmo à redução do numero de trabalhadores para reduzir a massa salarial. Foram os comunistas que não quiseram contratar pessoal e limpar a cidade ? A sério ? Acham que alguém acedita nisso? E já agora, não têm mais assuntos para tratar? Não têm contributos a dar? Resume-se a isto o BE em Évora? Talvez desapareçam nas próximas eleições e a falta que vamos sentir é zero ! Volta, Amália, estás perdoada. Tira-nos este homem da frente, por favor, já não se aguenta tanta demagogia !

    ResponderEliminar

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.