quinta-feira, 25 de agosto de 2016

Comunicado: PSD de Évora exige à CME urgência na limpeza e manutenção dos espaços públicos

A limpeza e o asseio em Évora bateram, definitivamente, no fundo!

Nos últimos anos o PSD de Évora chamou várias vezes a atenção para a limpeza e salubridade da nossa cidade, quer durante a gestão do PS, na qual era habitual ver-se o Centro Histórico de Évora repleto de lixo e sujidade nas ruas e espaços públicos, quer também durante a gestão da CDU, com o cenário diário de lixo acumulado junto aos contentores subterrâneos e mesmo em plena rua, apesar de ter realizado algumas operações de cosmética com relevante mediatismo que, pontualmente, melhoraram o aspeto geral.
Todavia, parece-nos que durante estes últimos meses a limpeza e o asseio em Évora bateram, definitivamente, no fundo.
Para além do cenário a que infelizmente já nos vamos habituando das ruas sujas, repletas de beatas e outro lixo, dos contentores com lixo acumulado em vários locais e com um cheiro nauseabundo, note-se ainda o estado em que se encontram alguns ícones da cidade, como seja a Fonte da Praça do Geraldo, o pequeno monumento da UNESCO na Rua João de Deus, entre outros.
Évora não é só Centro Histórico - apesar da sua importância e deste ano se comemorar precisamente os 30 anos da sua classificação pela UNESCO, razão acrescida para um especial cuidado. Os bairros da cidade estão completamente abandonados, com os passeios cheios de erva e lixo (onde a manutenção é apenas feita pelos seus habitantes, e na falta destes, o cenário é degradante), o pasto enorme que ainda não foi gadanhado nos terrenos baldios ou públicos, com evidente perigo de incêndio (conforme foi exemplo o Alto de S. Bento), os parques de estacionamento públicos também eles em estado deplorável, espaços ajardinados desleixados, entre outros. Basta circular, p.e., pelo Bairro das Nogueiras, pelo Bairro de Almeirim, pelo Bairro da Malagueira, pelo Bairro da Casinha, entre outros.

A Comissão Política de Secção do PSD de Évora não pode deixar de chamar a atenção da comunidade em geral para esta triste realidade, reclamando do Município de Évora a urgência na limpeza e tratamento dos espaços públicos e ajardinados de sua responsabilidade.
  
Évora, 24 de Agosto de 2016
 

Comissão Politica de Secção do PSD de Évora

23 comentários:

  1. Eles querem la saber, o presidente esta na sua moradia no Algarve dentro da sua piscina curtindo em bom o resto que se f....,é degradante e humilhante ver estas imagens,mas o povo manso da cidade assim o quer a esquerda e o pcp é um Deus maior!

    ResponderEliminar
  2. Se todos fizessem uma pequena parte o mundo era bem melhor... Eu tenho a sala cheia de lixo, já mal consigo circular em casa, mas vou então esperar no sofá sentado, porque a emprega vem no fim da semana limpar a casa. Mas a emprega está doente, então que se lixe e vou conviver com o lixo durante mais uns dias.

    ResponderEliminar
  3. Nada melhor nesta cidade do que defender o bom do Sr. Presidente, mesmo que ele seja um incompetente, basta que seja do "nosso" partido..
    Em 2017 vai haver eleições para Autarquia, convêm que até lá, estes defensores do indefensável abram bem os olhos e na hora de votar tenham e consideração a desgraça que tem sido o actual presidente.
    Évora merece ter alguém, trabalhador, honesto e acima de tudo dinâmico à frente da sua autarquia.
    MDM

    ResponderEliminar
  4. Claro se não paga-se o imi a taxa máxima até era capaz de colaborar na limpeza do espaço publico,para onde vai o dinheiro era uma boa explicação são milhares de euros que entram nas contas anualmente.
    Autarquia é um chupador de dinheiro publico sem obra feita e nem o mínimo conseguem garantir LIMPEZA,ninguém vai preso???Vale tudo!

    ResponderEliminar
  5. E o escandaloso e descarado roubo que é a alindada "taxa de ocupação do subsolo do municipío Évora" que representa em média 30% da fatura do gás ou até mais: este mês na minha fatura tenho de gás 25,55€+IVA e de Taxa de subsolo 11,59€+IVA. Que roubalheira é esta?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É mesmo um escandalo. Que raio de camara é esta que nos impingiu este descalabro?

      Eliminar
  6. Isto é demagogia ao mais alto nível. Comentários desprovidos de factos ou números.
    Não me interpretem mal, certamente existem grandes lacunas e situações como esta devem ser reportadas. No entanto, aquilo que é lamentável é a classe política fazer afirmações sem apresentar factos. É fácil assim manipular cidadãos menos informados ou com espírito menos crítico e que se deixam influenciar facilmente sem requerer factos ou dados.
    Este comunicado espelha bem aquilo que é a política em Portugal, seja PS, PCP,BE, PSD ou CDS - uma classe que tal como outras está em declínio e vive no receio de que algo lhe tire o poder.
    Vergonhoso.

    ResponderEliminar
  7. Porque e que o cincotons não denuncia esta fraude?? ou é conivente com a mesma???
    Liberdade de imprenssa é isso mesmo, denunciar as fraudes doa a quem doer..
    http://www.tsf.pt/sociedade/interior/jovem-conta-porque-denunciou-estagio-financiado-pelo-iefp-5356625.html

    MdM

    ResponderEliminar
  8. Pois pois, sabes muito ó Júlio
    Distrai a malta com a história do lixo a ver se o pessoal não repara e deixa passar isto:
    http://www.dn.pt/dinheiro/interior/iefp-ja-recebeu-tres-queixas-de-fraude-nos-estagios-5356563.html

    ResponderEliminar
  9. https://servicos.portais.ama.pt/Portal/AMR/situationReport.aspx

    ResponderEliminar
  10. Sem usar herbicida não é possível acabar com as ervas nos passeios.
    Agora peçam responsabilidade a quem fez a campanha demagógica para deixar de usar os herbicidas nos espaços públicos.

    PS: às vezes, depois de ter já ter visto tanto, penso que já nada me espantará neste mundo. Mas com isto das ervas ainda me conseguiram espantar. Não é que, alguns dos que andaram por aí a alarmar as populações e a reclamar contra o uso de herbicidas (única forma de acabar com as ervas), andam agora a reclamar contra a existência de ervas nos passeios.

    ResponderEliminar
  11. Sem herbicida?O tractor com o deposito e o funcionário da autarquia devem andar a regar as ervas, a única forma?Para que serve as enxadas as roçadoras as mão e outros antigamente era assim que se tratava das ervas. Existe um problema sério de gestão,foi tudo de férias cabe na cabeça de alguém até o presidente virou as costas ou ir para o lazer ignorando a realidade!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. 07:48
      Deves ser muito inteligente e muito habituado a trabalhar com enxadas e roçadoras. Só não deves saber é quantas pessoas seriam necessárias para realizar esse trabalho em todo o concelho, apenas com enxadas e roçadoras.
      Também não deves saber quantos operacionais dispõe a autarquia para realizar estes trabalhos, nem deves saber que, por imposição do PAEL, a autarquia está obrigada a reduzir as despesas com pessoal em 3% ao ano (o que significa que não pode contratar ninguém, ou que só pode contratar 3% menos do que aqueles que se reformarem).
      Mas, enfim, mandar umas bocas num qualquer blogue é fácil, barato e, pelos vistos, alivia as frustrações.

      Eliminar
  12. Olhando para a fotografia com um bocadinho de atenção, percebe-se que sim, que há ervas na rua, mas também se percebe o estado em que está o quintal, com ervas ainda maiores que as da rua... E a verdade é que o controle das ervas à porta de casa, se não queremos que lá estejam, não é possível de fazer só com o serviço dos cantoneiros de limpeza municipais. Lembro-me, desde sempre (em Évora e fora daqui), de ver a minha família e os vizinhos a apanharem as ervas à sua porta, ou a deitar-lhes um punhado de sal para as conter, porque o ritmo de crescimento das ervas é mais rápido do que quem as corta.
    Eu não apanho muitas vezes as ervas da minha porta, mas volta e meia faço-o. E faço-o com a consciência de que ao regar o quintal ou ao lavar o pavimento, estou a criar escorrências para a rua que alimentam as ervas e com a noção de que as plantas rasteiras e herbáceas que estão no meu quintal facilmente se propagam ao passeio, pelo que também tenho uma quota parte de culpa.
    O que se vê na fotografia é normal em sítios onde há casas desocupadas. Ou, como se diz aqui no Alentejo, em casas de gente desmazelada.

    ResponderEliminar
  13. O PSD o quê ? Há anos que reclama pela limpeza ? Devem estar com problemas de amnésia porque enquanto o Dieb fez de 4º vereador do PS nunca os vi reclamar fosse do que fosse. Agora que ficaram de fora do governo da republica e da cidade é que acordaram para a vida? Tarde piaram porque a cidade esteve nesta miséria durante o consuldado do Ernesto e do Melgão e o PSD manteve-se caladinho. A dor de cotovelo custa muito a aguentar, não é?

    ResponderEliminar
  14. Olha o PSD acordou!!! Então não tem um vereador no executivo municipal? Alguém o ouviu alguma vez abrir a boca... ou impor-se nas reuniões de camara sobre a limpeza?

    ResponderEliminar
  15. O psd não tem um vereador no executivo municipal com pelouros,se calhar é hora do psd ser governo na autarquia, porque a esquerda só da merd... desta que vivemos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. lol!
      o psd na camara?... era como o governo do Portas e do Passos Coelho até as colunas do templo romano vendiam

      Eliminar
  16. 00.34 Então o que fizeram os socialistas e os comunistas o património da autarquia de Évora?Só tem lembro do negocio Isabel dos Santos junto da cadeia de Évora,queres melhor,chegou a hora do psd ou um independente,o PCP e o partido das xuxas tão completamente queimados!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O PSD tem um vereador na Câmara. Não é o Jaleco? Alguém já ouviu o homem abrir a boca para dizer alguma coisa de jeito?

      Eliminar
    2. O PSD tem um vereador na Câmara. Não é o Jaleco? Alguém já ouviu o homem abrir a boca para dizer alguma coisa de jeito?

      Eliminar

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.