sexta-feira, 24 de junho de 2016

Évora: Comunicado do BE e do Cantinho dos Animais sobre o regulamento da Feira de São João


16 comentários:

  1. Analisemos o documento:

    - Primeiro, vão encerrar o stand em protesto contra o espectáculo tauromáquico;
    - Depois, repudiam qualquer medida que possa ser um atentado à liberdade de expressão.

    Mas afinal?!? Não é o próprio espectáculo tauromáquico, uma forma de liberdade de expressão? Não será a vossa manifestação contra esse tipo de espectáculo, uma forma dissimulada de de repressão para com a liberdade dos aficionados de se exprimirem?
    Expliquem lá essa incongruência...

    ResponderEliminar
  2. É esta a "liberdade de expressão" da Esquerda. Só pode haver liberdade, se a expressão for a deles!
    Ao pé desta gente, o Salazar era um menino de coro...

    ResponderEliminar
  3. No saque aos cofres do Estado, PS, PCP e BE entendem-se perfeitamente.
    Mas depois arranjam umas disputazinhas, para aparentar que são diferentes.
    Quem não os conhecer que os compre!

    ResponderEliminar
  4. Os campos de concentração e extermínio das minorias eram "liberdade de expressão" dos nazis fascistas.
    A destruição e exploração dos países do Norte de África e Médio Oriente é "liberdade de expressão" da Europa imperialista e colonialista.
    Roubar ao povo para dar aos banqueiros é "liberdade de expressão" do capitalismo selvagem e predador.
    As touradas são "liberdade de expressão" de bestas disfarçadas de humanos.

    Será que esta canalha sabe o que significa liberdade de expressão?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sabe.
      Sabe perfeitamente o que é liberdade de expressão.
      Assim como também sabe que apelidar de "canalha" alguém sobre o qual não se tem qualquer conhecimento, é uma profunda falta de educação, que claramente ficou pelo caminho...

      Eliminar
    2. Perante a barbárie e selvajaria da tortura de animais e de humanos, o mais importante é ser "bem educado".
      Esta canalha acha-se gente de bem, muita fé e muito dogmatismo, muito caridosa para com eles próprios, o formalismo mais importante que a substância, e acha que merece o maior respeito.
      A verdade é que esta canalha não vale nada, são uma vergonha para a humanidade.
      Podiam ser património mundial, últimos exemplares de espécies culturais retrógradas, e em vias de extinção.

      Eliminar
    3. Tu é que estás preparado para construir um Mundo Novo. Um Mundo de loucos!

      Eliminar
  5. não gostaram do cartel, portanto...

    ResponderEliminar
  6. Por essa ordem de ideias matar o vizinho que faz barulho à noite também é uma forma de liberdade de expressão. Os aficionados que vão pondo as barbas de molho, mais cedo ou mais tarde as touradas vão ser ilegais. A evolução dos tempos tem destas coisas.

    ResponderEliminar
  7. Não percebo isto: no "A cinco tons" ainda não começaram a dizer mal da feira deste ano. Não se atrasem...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Aquilo realmente está munta bom. Muntinovadora.
      O Pinto de Sá é realmente um grande Presidente da Câmara. Trouxe frescura a Évora. O pasto agora é relva fresca.

      Eliminar
    2. Já desisti de ir à Feira há muitos anos. Nem me lembro que há Feira. Enquanto os comunistas estiverem a ocupar a Câmara de Évora a Feira não vai atualizar-se. Vai manter-se no séc XX, quando Évora já está no séc XXI há 16 anos. É claro que não retrata o séc XX como é lógico. É para ali uma coisa qualquer apenas para o Pinto de Sá dizer que cumpre a Feira.
      Évora precisa de entrar no séc XXI como o resto do Mundo.
      O Comunismo sufoca os eborenses e atrasa a cidade.
      Quem é que não consegue ver isso?

      Eliminar
    3. muitos anoa? então na era PS também não veio à feira, logo não será por causa dos comunistas que não vem à feira. Porque será?

      Eliminar
  8. A incoerência (ou será hipocrisia?) do BE não tem limites.
    Na única câmara que em tiveram a presidência - Salvaterra de Magos - o BE apoiou sempre as touradas. Em Évora, querem acabar com elas.
    Sendo que a solução para as touradas não pode ser a nível concelhio, estranha-se que o "Bloco de Esquerda que quer acabar com as touradas", não apresente na Assembleia da República uma proposta de LEI que as proíba em TODO O PAÍS.
    Ou será que o "Bloco de Esquerda que quer acabar com as touradas", nem os restantes membros do BE consegue convencer?
    Haja paciência para políticos e politiquices de faca e alguidar.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas a Esquerda é toda assim. Incoerente e hipócrita.

      Eliminar
  9. PARA REFLECTIR:
    António Gala, ex-toureiro, nascido em 1937, escreveu, na crónica dominical do Jornal "El País", a 30 de Julho de 1995 um artigo, no qual confessava a sua "Conversão" ao anti-taurismo: " E de repente (o touro) olhou para mim. Com a inocência reflectida nos olhos, mas também implorando. Era a revolta contra a injustiça inexplicável, a súplica face à crueldade desnecessária..."
    "A comiseração com os animais está intimamente unida coma bondade de carácter, que se pode afirmar que quem é cruel com os animais não pode ser boa pessoa" - Schopenhauer.
    Só os psicopatas gozam com os sofrimento dos outros, quer animais quer pessoas...
    Tu és um deles? Reflecte!
    O toureio é uma tradição degradante, que como qualquer outra semelhante teve e terá o seu tempo e como tal não deve continuar...
    O povo culto e mais instruído acabará com ela.
    A corrida de touros é matar por diversão...
    A festa taurina não é uma arte, como se diz, é a ciência da tortura.
    E nada na festa brava é genuíno excepto a dor...

    A. Gomes

    ResponderEliminar

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.