sábado, 2 de abril de 2016

Sobre a sessão de esclarecimento sobre o traçado ferroviário Sines-Badajoz


Vamos lá...
Fui à sessão de esclarecimento sobre o traçado ferroviário Sines-Badajoz! 
1ª explicação- tanto os moradores, a câmara ou a Junta estão a favor da construção da linha e da sua paragem em Évora! Esta linha internacional de mercadorias beneficia a cidade pois pode contribuir para a fixação no concelho de empresas e consequentemente no aumento de postos de trabalho e de riqueza para a região! Estamos esclarecido quanto a isto? 
2ª explicação - uma ferrovia de mercadorias diminui em 2/3 a poluição em relação à rodovia, mais um factor para estarmos todos de acordo com a linha! Isto também ficou assente? 
3ª explicação - Todos concordamos que a construção deste eixo servira para dinamizar económica e tecnologicamente o concelho! Ficou claro? 
Então vamos lá ver com o que não concordamos...
Com o traçado e só!
Mas temos razoes para isso...
O traçado escolhido e apresentado ontem vai fazer-se pelo ramal de Estremoz que passa por dentro do Bairro Srª da Saúde. Esta linha electrificada de mercadorias vai ficar a 10 metros de algumas casas! Vai interromper a passagem de carros na ligação com o Bairro de Stª Luzia, Sto António, Comenda, 25 de Abril, Caeiro e dos Cotovelos. Todas estas ligações só poderão ser efectuadas a pé e por cima da linha, por meio de elevadores ou rampas. A unida ligação entre estes bairros e o resto da cidade para se fazer de carro só através de uma rampa construída sobre a linha na estrada de redondo a uma altura de 8 metros. 
E todos estes moradores ficam por baixo de cabos de alta tençao, ja que é uma linha eléctrica!
Ja estou ate a ver alguns dizerem quero lá saber não moro ai! Pois claro...mas se por ventura tiver que passar à rotunda da Mobil para ir para casa, pode contar com mais tempo de espera. É que depois ao transito ja caótico dessa saída da cidade juntam-se os quase dois mil moradores destas zonas de que falo e ai a coisa vai ficar linda...só uma entrada/saída daquele lado da cidade, vai ser um mimo.
Mas para estes que acham que o problema não é deles aqui fica mais um pormenor...os contentores vem de Sines (um dos mais importantes portos de aguas profundas da Europa) e vão para o Centro da Europa. E assim como transportam quinquilharia para as lojas chinesas, transportam nafta para as fabricas de plásticos. Ora vejamos se um destes comboios um dia tiver um acidente a minha casa esta entalada...mas não estou só, o perimétrico ditado pela protecção civil é de 1km, o que dá mantendo a posição da linha ate ao meio do Centro histórico! Isto já merece a vossa atenção? Bem me parecia! 
Porem há outras hipóteses...ate mais baratas parece-me a mim, que não percebo nada de ferrovia. Se em vez de se utilizar o ramal desactivado de Estremoz, se se utilizar o ramal desactivado de Reguengos, basta para isso desviar 700 metros logo à saída da estação ( o que não afecta a velocidade) o comboio deixava de passar em área urbana! Este é ja um ponto positivo, mas ha dois outros, não era necessário gastar dinheiro na construção de rampas ou de passagens para peões, não era preciso isolar a linha com protecções e a manutenção era muito mais simples. E claro o perimétrico de protecção em caso de acidente reduziria enormemente! 
Feito isto, levantam-se-me duas questões:
1ª Porque cargas de água querem as infraestruturas de Portugal avançar com esta proposta contra os moradores e contra a Câmara Municipal?
2ª Quando a proposta chegou à Câmara há 5 anos atrás, porque aceitou a Câmara esta opção?
Como conclusão da reunião, que diga-se em bom da verdade foi extremamente bem conduzida pela autarquia, os moradores e os presentes não concordam e tudo faraó para mudar a localização da linha!
Mais uma vez repito, queremos a sua construção, ela é fundamental para o País e para a região, não pode ser é à custa das nossas vidas!

Lurdes Nobre (aqui)

13 comentários:

  1. Os meus parabéns à câmara municipal e junta de freguesia por terem promovido esta sessão de esclarecimento e debate, sobre um assunto que interessa a todos nós.
    Infelizmente, há 5 anos, não tivemos a mesma sorte. A postura dos dirigentes de então privilegiavam outros métodos de informação e decisão. Para esses, em primeiro lugar estavam os interesses do seu próprio clã e só lá muito no fim vinham os cidadãos.

    Quanto às opções do futuro traçado pelo antigo Ramal de Reguengos, concordo com a Lurdes Nobre.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu também concordo com a Lurdes e com o Presidente da Câmara e com a Presidente da Junta e com todos os que sejam da CDU e do PCP e dos Verdes, etc..

      Eliminar
    2. 22:56
      Entretém-te lá com o teu ódio de estimação e não te metas em cavalarias altas...

      Eliminar
  2. Parabéns Évora. Há quem se preocupe com a qualidade de vida.
    Há quem pense com antecedência e salvaguarde o futuro dos eborenses.
    Há gente competente que se levanta em nossa defesa e em defesa dos nossos filhos.
    É assim que se gere a cidade. É assim que se constrói o futuro.

    ResponderEliminar
  3. Nas árvores floridas
    os passarinhos chilreiam em bailes nupciais,
    como é próprio dos passarinhos.

    Em Espinho,
    os gatunos estão reunidos em congresso
    a fingir que são honestos e democratas,
    como é próprio das associações criminosas.

    Estão desorientados, numa raiva incontída:
    Não há maneira do governo de esquerda cair
    e ainda por cima
    o Presidente da Republica (um traidor)
    e o Chefe do Governo (aliado dos comunas)
    dialogam respeitosamente e dançam uma dança nupcial,
    como é próprio dum estado de direito e civilizado.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vai cantando alegremente, vai.

      Eliminar
  4. Quer-se dizer que o Patinho vai comer o Pinto. De facto o Patinho tem o bico maior.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Os comunas andam assustados. Caím, caím......

      Eliminar
  5. Esta proposta tem mais de 5 anos, era Governo o PS e a gestão da cãmara.

    Quem quiser pode consultar as atas da assembleia de freguesia da senhora da Saúde ,está lá a oposição clara dos eleitos da CDU em relação ao traçado,nessa altura nem patinhos ou outros se opuseram,agora só por puro oportunismo esses cavalheiros vem se solidarizar com os moradores que residem nessa área da cidade.

    ResponderEliminar
  6. 18:13,O Patinho esteve sempre calado em relação a esta questão,que foi delineada por um governo do seu partido.

    Basta de hipocrisia e políticos que vivem ao sabor do seus interesses.

    ResponderEliminar
  7. Em 2010 quando se debateu esta questão onde andavam os patinhos?

    ResponderEliminar
  8. Pôxa. O PC e seus correligionários andam mesmo assustados com a possibilidade do Patinho concorrer por Évora. Será que também pensam como eu que o Patinho chega para correr com o Pintinho? Daqui a pouco começam com a lavagem de roupa suja e mentiras em que são hábeis para tentar destruir o ex-presidente de Portel. Mas a verdade é que já ninguém lhes liga tal é o teor das campanhas em que são sempre profissionais. Agora debater ideias é que não. Preferem sempre os insultos pessoais à discussão de ideias.

    ResponderEliminar
  9. 13:31,Fernando vai para Cabo-Verde........

    ResponderEliminar

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.