sexta-feira, 1 de abril de 2016

Sessão na Junta de Freguesia do Bacelo/Senhora da Saúde marca início da campanha eleitoral para as autárquicas?



Na reunião com a população, convocada pela presidente da Junta de Freguesia da Senhora da Saúde e Bacelo sobre o projecto ferroviário de mercadorias que vai atravessar a cidade, reactivando a antiga linha férrea - e que teve grande afluência -  marcaram presença para além do executivo municipal, um elevado número de militantes e dirigentes dos principais partidos políticos com peso local, do PCP, ao PS, passando pelo PSD. Todos de acordo: o projecto deve ser alterado. Ou, como no caso do novo Hospital, combustível para a próxima campanha eleitoral que se anuncia particularmente acesa no município de Évora?

33 comentários:

  1. A Refer anunciou que as obras de modernização do edifício de passageiros e interface da estação ferroviária de Évora deverão estar concluídas no início do segundo semestre.
    A Refer diz, em comunicado, que a remodelação da estação foi consignada à Tecnovia por 2.086.571,01 euros.
    As obras incluem a beneficiação do edifício de passageiros, os acessos às plataformas de passageiros através da construção de uma passagem superior pedonal parcialmente coberta, incluindo elevadores e escadas, e a construção de abrigo de passageiros na plataforma central.
    Os trabalhos incluem também a construção de um interface do lado norte, com 52 lugares de estacionamento e de um acesso pedonal à estação.
    A Refer salienta que a fiscalização e a coordenação de segurança da obra serão realizadas pelo consórcio Gibb/Ferconsult.
    Além de ser a estação terminal da ligação tradicional Lisboa – Évora do serviço de passageiros, a estação de Évora integra-se no novo corredor ferroviário Sines/Elvas-Caia para transporte de mercadorias.
    Está também prevista a sua ligação com a futura estação de alta velocidade de Évora.
    Onde estava o partido comunista durante o desgoverno de Ernesto?Isto foi publico e ninguém da autarquia se incomodou,agora andam com filmes gratuitos e de fraca qualidade!Tenham vergonha na cara!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Está mal informado ou muito enganado.
      Muita gente se "incomodou" e até se deu ao trabalho de apresentar abaixo-assinados, invocando as suas razões. Infelizmente a gestão ernestina do PS fez vista grossa e nem respostas lhes deram. Foi tudo para o caixote de lixo. Neste como noutros casos. E o resultado é aquilo que (quase) todos sabem.

      Eliminar
  2. Foi comoventem ver os vereadores e o presidente ficarem de pé de mão a frente tipo missa de domingo,cheira á eleições e o Pato de Portel já mexeu e bem com a estrutura comunista.

    ResponderEliminar
  3. Hipocrisia

    PS e PSD estiveram de acordo ao longo destes anos,durante a governação de Sócrates e Passos não houve dirigente que tenha posto em causa o traçado.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Desconhecimento, demagogia ou simples maledicência?

      O traçado previsto em plano municipal de 2000, foi alterado pela gestão PS sem ouvir nem querer saber das opiniões alheias.
      Como era hábito dessa gestão de má memória nem resposta davam às pessoas que questionavam ou contestavam as suas opções.

      Eliminar
  4. A gestão PS foi ruinosa,dividas(90 milhões),casos como da privatização da água,ilegalidades,passados 30 meses de 12 anos de má gestão tentam apagar o passado e aparecer com algum para-quedista?

    ResponderEliminar
  5. Hospital de Évora, como foi possível aprovarem a construção próximo do aterro municipal?

    Havia um terreno disponível na freguesia da Senhora da Saúde a gestão PS e o governo de Sócrates preferiu os terrenos junto do aterro.

    ResponderEliminar
  6. Apelar à participação da população nas grandes decisões sobre a cidade foi uma promessa eleitoral da equipa vencedora. A julgar por esta e outras notícias, estão a cumprir a promessa.

    Ver nisso o início de uma qualquer campanha eleitoral, apenas serve para revelar os maquiavélicos esquemas mentais de quem dá a notícia. Enfim, vícios de jornalismo de intriguices e criação de factos políticos que vamos tendo neste pobre país à beira mar plantado.

    ResponderEliminar
  7. Acho isto engraçado... Criticam-se porque lá foram... Se lá não tivessem ido, a crítica era porque não tinham lá ido...
    Eu cá, como cidadã e como eleitora, fico agradada por ver que lá foram. Se calhar, muitos não precisariam de lá ir, porque têm acesso aos documentos, mas foram lá e ouviram o que as pessoas tinham para dizer; e isso é importante.

    ResponderEliminar
  8. António Serrano Prof da Universidade

    Fernanda Ramos

    Filomena (actual vice-reitora)

    disponíveis para candidatos PS por Évora.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Disfarça que eu assobio.
      Estás é com medo do Patinho!

      Eliminar
    2. O Tó Serrano é o CEO do agronegócio do Pingo Doce. Achas que vai largar o ordenado chorudo?

      A direitista Fernanda Ramos é odiada na cidade. Teria um resultado pior do que o do Melgão.

      A senhora D. Filomena é pouco ou nada conhecida na cidade. Só é conhecida nos claustros da Universidade.

      Eliminar
  9. Felizmente acabou o tempo em que estas decisões fundamentais para o futuro da cidade eram tomadas no segredo dos gabinetes, entre grupos de amigalhaços, nas costas da população.
    Ainda que alguns teimem em depreciar a participação pública, alegando inícios de campanhas eleitorais, esta é a forma mais clara e transparente de envolver a população na decisão sobre o destino da cidade.

    E não há qualquer dúvida que o traçado que vier a ser escolhido para a nova linha de comboio Évora-Badajoz é vital para o futuro de Évora.
    Na minha modesta opinião deve evitar-se a todo o custo o aproveitamento da linha de Estremoz (que compromete a vida nas zonas habitacionais existentes - Senhora da Saúde, Álamos, Comenda, etc. - e uma futura expansão da cidade em direcção ao Xarrama). A alternativa é o aproveitamento da linha de Reguengos até ao futuro IP2, desviando-se daí, para nascente, atravessando as freguesias de Nossa Senhora de Machede e S. Miguel de Machede.

    ResponderEliminar
  10. Não creio que pessoas com credibilidade dentro do PS aceitem candidatar-se em 2017 em Évora,pela simples razão,passado apenas um mandato sobre o desastre de 12 anos de gestão ruinosa do PS os cidadãos tem ainda bem presente o que representa esse descalabro.

    Pagam os impostos no máximo devido a gestão do partido socialista.Deixar o município em bancarrota com uma divida de 90 Milhões de Euros é uma Marca que nenhum "salvador" socialista conseguirá apagar.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É pá, o Patinho não é nenhum bicho Papão.
      Apenas e só, quer e vai correr, com os comunistas da Câmara, pá.

      Eliminar
  11. Falta de memória?

    O Partido Socialista deixou divida de 90 Milhões,querem Mais ?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. não sejas aldrabão, tira lá 20 milhões à herança e já agora aproveita e põe mais tabaco na mistura.

      Eliminar
  12. Anónimo das 7:41,consulte as atas da então Assembleia de Freguesia da Senhora da Saúde no tempo da gestão do Partido Socialista e pode constatar que a única força politica que não concordou com o traçado (em relação ao troço na área urbana) foi a CDU.

    ResponderEliminar
  13. Esta conversa da dívida é desculpa para tudo! Parece esquecer que quase metade do 90 milhões foi dívida deixada pelo Abilio
    Até para abafar a incompetência da actual CME!
    Ponham mãos à obra e deixem-se de desculpas!
    Não eram vocês os que se diziam mais competentes?
    Então para que é que precisam de desculpas!
    Espero que apareça um candidato a Presidente da CME que não precise de falar da dívida para justificar incompetências!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Falou a ignorância.
      Uma coisa é uma dívida de 90 milhões, dívida que é insustentável pelo orçamento municipal. Com esta dívida, não sobram verbas para o investimento e a aquisição de serviços, e a câmara fica de mãos atadas, limitada às despesas correntes.
      Uma dívida de 45 milhões, era perfeitamente suportada pelo orçamento municipal, e tinha a cobertura no património municipal, património esse que a câmara PS/PSD entretanto desbaratou.

      Seria mais acertado dizer que, o buraco que o Dr Ernesto nos deixou é, 90 milhões, mais o valor dos terrenos que o fulano andou a oferecer aos amigos, mais o valor das infraestruturas que ofereceu à Águas de Portugal, e mais o valor dos contratos ruinosos com que comprometeu o município, alguns para sempre.

      Hoje estamos a pagar essa dívida.
      Seria bom para o futuro de Évora que os cidadãos tivessem consciência desse roubo, em particular os que votaram no PS/PSD. São eles os primeiros responsáveis pelo prejuízo.

      Eliminar
  14. Este blogue está cada vez mais parecido com os macaquinhos que parecem existir na cabeça dos donos. Há um questão vital para o futuro da cidade: o corredor por onde deve passar a futura linha de comboio Évora-Badajoz, e estes senhores não conseguem melhor que ver nisto um acto antecipado de CAMPANHA ELEITORAL.

    Importante parece ser a discussão dos circos com animais ou o CC às portas de Aviz. Aí não há vestígios de campanha eleitoral. Haja paciência para tanta cretinice.

    ResponderEliminar
  15. 11:29,está enganado,não conheces o PS Évora,são vários grupos de interesse instalados que se degladiam entre si por lugares,a gestão PS na cãmara é prova disso, parte do PS nunca aceitou a liderança de José Ernesto.

    Os barões do partido muitos deles com poder desde os idos de 74,quiseram sempre controlar tudo e distribuir lugares por familiares ,o "filme" repete-se a 18 meses das autárquicas os vários grupos do PS/Évora já começaram a movimentar-se para escolher o seu candidato, para poderem saciar os seus homens de mão.

    A partir de agora nomes não vão faltar,o que tiver mais influência no largo do rato vai ser o escolhido.

    ResponderEliminar
  16. TVI lança candidatos ?

    O socialista José Caeteno Prof. da Universidade ,o socialista está preocupado com o troço,mais um candidato a candidato ?

    ResponderEliminar
  17. Felizmente acabou o tempo em que estas decisões fundamentais para o futuro da cidade eram tomadas no segredo dos gabinetes,e a oposição politica onde andava?Existe muitos rabos de palha na autarquia onde mistura todas as cores politicas.Antes desta reunião já existia um grupo de moradores a defender outra solução e não é por o presidente Sá querer ajudar que o mesmo grupo vai desistir de ter uma opinião própria independente da ideia politica.

    ResponderEliminar
  18. Confesso que não percebo...se os políticos decidem sem dizer nada aos cidadãos, esta mal. Se informam explicam e pedem opinião, esta mal também? Vamos a decidir qual o tipo de politico queremos, assim esta dificil! Eu cá prefiro que me informem esclareçam e peçam opinião e não vejo isto como campanha e sim como politica participativa que é o que defendo!
    Lurdes

    ResponderEliminar
  19. Grande balburdia vai na tra. da Alegria,o ritual repete-se,vésperas de eleições os grupos e grupinhos começam a preparar o "assalto",sempre assim foi.

    A estratégia de alguns socialistas é começar a "queimar" concorrentes,o Patinho é um deles, o grupo que perdeu as recentes eleições parece apostado nisso,outros nomes apareceram logo a seguir,isto chama-se a guerra pelo poder.

    Durante estes quase 3 anos de mandato nem uma proposta,nem um debate sobre o concelho, compreendo 12 anos de desastre ser difícil vir debater com os cidadãos.

    ResponderEliminar
  20. O melhor candidato do PS em Évora é o António Serrano,o resto nada vale.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Querias!
      Querias que fosse esse Serrano o candidato do PS para lá ficar outra vez o Pintainho, mas não vais ter sorte.
      O Patinho vai ganhar, limpinho, limpinho.

      Eliminar
    2. Mas então os apoiantes do Patinho que antes tanto barafustaram pelo facto de o Pinto de Sá ter três mandatos em Montemor, agora ainda não repararam nos mandatos que o Patinho fez em Portel.
      Haja algum decoro...

      Eliminar
  21. se os políticos decidem sem dizer nada aos cidadãos, esta mal?Leu o comunicado da Refer em cima é de 2011 estamos em 2016 e inicio de preparação de novas eleições,em 2011 ninguém se moeu não havia eleições e a orgia socialista com tgvs e quintais para cães dominavam o panorama politico da cidade.Estes políticos são uma vergonha parecem vampiros o sangue das vitimas,porque em inicio de mandato não debateram o corredor de mercadorias?????O parque nómada?A guerra dos não pagantes de agua etc...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se os políticos são maus, tu consegues ser ainda pior na ignorância e na maledicência.

      Se não repara:
      Perguntas: «porque em inicio de mandato não debateram o corredor de mercadorias?»
      Não será porque só agora, por iniciativa do actual governo, o assunto da construção da nova linha Évora-Badajoz veio para cima da mesa?
      E, se foi, como julgo, que efeitos teria uma discussão feita há 2 anos atrás, quando ainda ninguém sabia qual a solução a adoptar, após o abandono do TGV?

      Enfim, entretém-te lá com o teu ódio de estimação aos ciganos e não te metas em cavalarias altas, para as quais decididamente não estás preparado.

      Eliminar
    2. Quem não é do PCP não está bem preparado.

      Eliminar

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.