quarta-feira, 2 de março de 2016

Corte de água em Évora


De uma forma arbitrária e ilegal a Câmara Municipal de Évora faz dinheiro à custa dos Munícipes desprevenidos.
Violando o estipulado na lei, ontem dia 29 de Fevereiro, procedeu ao corte do fornecimento do serviço do bem essencial ÁGUA.
Hoje dia 1 de Março, após arrecadar uns cobres, está a restabelecer a ligação envolvendo três funcionários e um equipamento de elevado porte e custo.
Senhor consumidor solicite o reembolso de qualquer pagamento que tenha feito indevidamente, sobre coacção, uma vez que as dividas evocadas estão prescritas.
Para tal coloque o seu problema ao Centro Nacional de Informação e Arbitragem de Conflitos de Consumo (CNIACC) ao CACCL - Lisboa em: http://www.arbitragemdeconsumo.org

António Mourato possuidor do n.º 01285706 no Cartão de Cidadão imposto por José Pinto de Sousa (conhecido por Sócrates).
(recebido por email)

16 comentários:

  1. É normal que não paga tem essa penalização é de lei,não falamos de pobres com fome,sem tem dinheiro para automoveis cerveja e outros vicios agua devia ser prioritaria.
    Não tenho pena!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olhe que não é de lei o que a CME está a fazer.

      Eliminar
  2. Existe alguma Associação de Munícipes Desprevenidos?
    É que sou um pouco amalucado e gostava de pertencer.

    ResponderEliminar
  3. Na falta de água, este "consumidor" deve tomar algum produto menos recomendado. Depois, é o que se vê!
    Coisas...
    Mas bate certo com o tom do "a cinco tons"...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Faz como eu e coloca aqui o n.º do teu Cartão de Cidadão em vez de te esconderes no anonimato.

      Eliminar
  4. Olha este a querer água sem pagar.
    Está a acabar-se o regabofe de consumir e não pagar, é o que é.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olhe que não!Quero é que a CME cumpra com o que está estabelecido por lei não cortando arbitraria e ilegalmente a ÁGUA.

      Eliminar
  5. Quantos tiveram anos seguidos sem factura na autarquia de Évora era metros e metros cúbicos para piscinas e todo o tipo de gasto passou os 6 meses e autarquia recebeu ZERO!Acordaram!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Lamentavelmente todos os comentários IGNORAM O QUE A LEI ESTIPULA sobre em que condições e de que forma a Água como bem essencial pode ser cortada. A CME está a cometer uma ILEGALIDADE.

      Eliminar
    2. e a Autarquia não exige atempadamente o pagãmente não o pode vir a fazer passados mais de 6 meses sobre o consumo. É o que a lei estabelece na defesa dos desprotegidos das arbitrariedades do poder local.

      Eliminar
    3. Para quem ainda tem duvidas sore a ilegalidade cometida pela CME consulte: http://www.deco.proteste.pt/casa/agua/noticia-flash/camara-municipal-de-evora-cobra-consumos-de-agua-com-mais-de-6-meses

      Eliminar
  6. A quem não paga a água que consome, acho muito bem que a câmara lhes corte a água.
    Se não o fizer, isso significa que seremos TODOS a pagar pelos caloteiros. Pela minha parte, não quero pagar por caloteiro nenhum.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois, eu também não quero pagar pelos caloteiros que têm estado sentados na cadeira do poder na CME. Consulte a legislação e constacte as arbitrariedades e ilegalidades na cobrança que está a ser feita pela CME.

      Eliminar
  7. Não percebo, mas cortaram porquê? Porque não pagaram, se assim é acho muito bem, se cortaram sem enviar factura já acho mal.~
    No que me toca todos os meses recebo a respectiva factura que paga sem bufar..
    Agora se há pessoas que não recebem ou dizem não receber a factura já é outra coisa o que sinceramente duvido.
    Sejam honestos e paguem, até porque em Évora, o preço da água é dos mais, se não mesmo o mais baixo de todo o país.
    Du Agris

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Encaminho-o para o artigo publicado hoje pelo Cinco Tons sobre o assunto com origem na DECO

      Eliminar
    2. Sobre este assunto encaminho-o para o artigo publicado no Cinco Tons com origem na DECO

      Eliminar

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.