sábado, 27 de fevereiro de 2016

Relatório do Tribunal de Contas revela "graves ilegalidades" financeiras cometidas na CME por José Ernesto Oliveira, Manuel Melgão e Élia Mira


Relatório do tribunal de contas diz que foram cometidas graves ilegalidades financeiras na autarquia de èvora os indiciados no processo estão em baixo. Fica o relatorio para tirarem as devidas conclusões.
Aos indiciados responsáveis, o ex-Presidente da Câmara Municipal de Évora, José Ernesto Ildefonso Leão de Oliveira, à Vice-Presidente da Câmara Municipal de Évora, Élia Maria Andrade Mira, bem como ao ex-Vice Presidente e ex-Presidente da Câmara Municipal de Évora, Manuel Francisco Grilo Melgão; bem percebo porque não houve auditoria externa!

Anónimo
26 fevereiro, 2016 10:43

13 comentários:

  1. Tudo bons camaradas de esquerda o povinho desta cidade fica em silencio claro é do seu clube,imi a taxa máxima e outros para pagar doer isto?!No norte levavam por os corn... para aprenderem a não roubarem!
    QUE VERGONHA DE POLÍTICOS E DE CIDADÃOS QUE OS ALIMENTAM!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Qual caladinhos??? Começa o bailarico...! O que por aí vai...?

      Eliminar
    2. Hoje a notícia da cidade é a proibição do livro do Henrique Raposo! Mata, morre e ou suicida! O que tem a dizer a cidadania Alentejana sobre esta auditoria do Tribunal de contas? Esqueçam lá o Henrique Raposo...triste realidade!

      Eliminar
    3. Não passas de um cretino se soubesses ler perceberias que ninguém roubou nada, a regularidade tem a ver com o fato de ter permitido que um empréstimo de curto prazo não tenha sido pago até ao dia 31 de Dezembro do ano em que foi contraído, como a lei impõe.

      Eliminar
  2. Auditoria externa para se entalarem ?fizeram uma caseira e ficou porreiro!Capoulas o que fazia como presidente da assembleia que devia fiscalizar???Amigos amigos negócios a parte.

    ResponderEliminar
  3. Vice-Presidente da Câmara Municipal de Évora, Élia Maria Andrade Mira que esta a espera para se demitir,na verdadeira politica existe a ética!

    ResponderEliminar
  4. Os zombies estão na moda.
    Mortos vivos, vampiros, fantasmas, há monstros de todos os géneros e feitios.
    No telejornal da RTP1 é a Conceição Cristas, o Passos Coelho, o Paulo Portas, o Marcelo e ainda o Cavaco.
    Uns mortos, outros em coma, outros prestes a ganhar vida, outros já cheiram mal.

    Primeiro, os zombies assaltaram-nos e empestaram o país. Agora que foram expulsos, vêm para a televisão vomitar fel contra o governo.
    E o governo nem sequer tem direito de resposta.
    A televisão está às ordens dos zombies.

    (vai haver eleições nos partidos dos zombies; mas só há um candidato em cada partido, Cristas e Coelho; e só esses é que têm direito ao tempo de antena, para dizer mal do governo, tempo que lhes é "oferecido" pelos meios de informação; isto é uma democracia à zombie)

    ResponderEliminar
  5. É curioso constatar-se a reincidência de José Ernesto que continua, apesar de aposentado, a ser um grande aldrabão. Escuda-se que não teria conhecimento jurídico - argumento que o TC descarta, mas apresenta como domicílio o escritório de uma conhecida advogada, "de negócios e negociatas", com quem, por acaso é casado...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Inteiramente de acordo consigo. Que importam o que consta no relatório do Tribunal de contas? Cada um/a safa-se como pode e assim vai esta cidade cada vez mais falida de valores morais, profissionais, patrimoniais, e muito mais. Sendo assim, também ninguém se irá importar com a decadência da cidade Património Mundial. O que importa mesmo são as quintinhas com boas residências, onde vivem estes e outros. Há muito que estão ausentes das ruas da cidade, imundas, calçada destruída, prédios, paredes, tudo a ruir. Esta cidade agora vive na arruaça dos bares nocturnos, e pouco mais.

      Eliminar
  6. O que diz o miudo do bloco esquerda por a defesa dos cidadãos de Évora não são só os direitos dos animais!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. não diz nada de jeito, para manter a coerência

      Eliminar
    2. Sempre os Direitos dos Animais, porque os outros sabem defender-se muito bem, OLARILAS.

      Eliminar

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.