terça-feira, 9 de fevereiro de 2016

Pela liberdade dos marionetistas presos em Madrid


‪#‎LibertadTitiriteros‬

Na sexta-feira passada, no decurso de um espectáculo em Madrid, dois marionetistas da companhia "Tititeres desde Abajo" foram presos por alegada "apologia do terrorismo", quando levavam à cena uma peça baseada em Lorca: "La bruja  y Don Cristóbal". Os dois marionetistas continuam detidos ao abrigo da chamada Lei Mordaça. Em Portugal, e em Évora, terra de marionetistas, o grupo "Era uma Vez" e a Unima (União Internacional de Marionetistas - Portugal) já manifestaram a sua solidariedade activa. Está a circular um abaixo assinado que pode ser subscrito aqui.

Pela liberdade de expressão…. Toma,Toma,Toma!!!
No Teatro Dom Roberto em Portugal nos anos passados sob uma ditadura fascista, várias vezes foram proibidos de actuar os bonecos da cachaporrada. Bonecreiros chegaram a ser presos e seus bonecos queimados. Se formos ainda mais para trás no tempo, basta pensarmos que o grande escritor de óperas para marionetas António José da Silva morreu na fogueira. No teatro Dom Roberto o padre leva porrada, o polícia é morto, o diabo é morto e no final o nosso herói mata a própria morte. Tudo isto para dizer que estamos solidários com os titeriteiros presos em Madrid acusados de incentivo ao terrorismo.

2 comentários:

  1. A "pluralista" comunicação social portuguesa omite estes acontecimentos,nos paises ocidentais não existe prisões politicas ,tratam-se segundo eles de terroristas.

    ResponderEliminar
  2. O Fascismo avança na Europa,agora com outras roupagens.

    ResponderEliminar

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.