quinta-feira, 25 de fevereiro de 2016

A passagem do tempo, crónica ao espelho

Cumpriram-se, no passado dia vinte e três, dez anos sobre a minha primeira crónica para a DIANAFM. Desde esse dia muita coisa mudou na nossa vida colectiva e muita coisa mudou na minha própria vida.
Lembro-me de chegar aos estúdios da rádio pelas dezoito horas e de ler a primeira crónica que só iria para o ar no dia seguinte. Durante alguns meses foi esse o ritual semanal até que descobri as vantagens de escrever e gravar em casa, para depois enviar por correio electrónico. 
Durante estes dez anos emiti opiniões na qualidade de mero observador do que me rodeia, com as certezas e as dúvidas do homem comum, especialista em coisa nenhuma. Foram só e apenas as minhas opiniões. Tão válidas como quaisquer outras.
Nos últimos dois anos nem sempre cumpri esta tarefa semanal e algumas vezes fi-lo quase por obrigação. Talvez me comece a faltar tempo e tranquilidade para observar o que está para além do que vejo e leio, que é o mais interessante como tema de crónica.
Nestes dez anos fiz crónicas sobre factos e nunca sobre protagonistas, ainda que, uma vez por outra, me tenha referido aos seus nomes. Nada me interessou as suas atitudes públicas, as insinuações sobre o passado de cada protagonista. Apenas me interessaram, como observador, as opções políticas e as suas consequências.
Por isso mesmo as minhas crónicas nunca foram sobre Passos Coelho ou Sócrates, Miguel Relvas ou Paulo Portas, mas sempre sobre as suas decisões e as consequências políticas das suas decisões.
O tempo que vivemos hoje é diferente do que vivíamos em 2006, desde logo pelo incremento de utilização das redes sociais no espaço virtual, que permite a divulgação da mentira e da suspeição de forma viral e cobardemente anónima.
As notícias de maior impacto e divulgação não são sobre coisas sérias, mas sobre o que pode potenciar essa nova forma de estar que é a inveja social. 
Recuso esse caminho. O caminho de falar sobre a vida dos outros utilizando os meus filtros morais como se fossem a moral aceitável para todos, alinhando naquela tão famosa atitude do cidadão sentado na esplanada a protestar contra alguém que acha que não faz nada, ignorando que trabalha doze ou dezoito horas por dia.
Sei que o que escrevo e leio aos microfones da DIANAFM é ouvido por algumas pessoas, lido por mais algumas e vasculhado nas entrelinhas por outras tantas e nem sempre tenho cuidado de arredondar o que escrevo para ninguém se picar.
Muitas vezes nem sequer revejo o que escrevo antes de gravar e enviar e lá vão erros e imprecisões.
Não mudei nada no mundo com estas trezentas e oitenta e nove crónicas, mas durante estes dez anos fiz quase tudo o que me apetecia fazer e ao fazê-lo aprendi a não me levar a sério para além do razoável e a duvidar das minhas próprias opiniões.
Um personagem de um livro juvenil, de Carlos Ruiz Zafon, afirma, no final, que a idade não nos torna mais sábios, apenas nos torna mais cobardes. Se concordar com o personagem, tenho de admitir que afinal não envelheci nestes dez anos. Continuo sem nada a perder a não ser as minhas próprias cadeias. E a bradar, proletários de todos os países, uni-vos!
Até para a semana

Eduardo Luciano (crónica na radio diana)

16 comentários:

  1. O senhor vereador só é bom para cronicas e viagens,não se admite familias acampadas na via e espaço publico sem que o senhor tome posição fazendo valer a lei criando e aumento problemas sociais e criminosos graves.Foi imposto o atual presidente contra a sua vontade hoje claramente percebo porque.

    ResponderEliminar
  2. A atenção da CME:

    Algumas passadeiras precisam de ser repintadas e aumentar a iluminação (junto da passadeira).


    arranjo de faixas de rodagem,algumas precisam de ser repavimentadas.

    Campanha de sensibilização,para uma cidade Limpa e combate ao vandalismo.

    Rossio de S.Bráz encontra-se em estado deplorável(limpeza e arranjo do piso,substituição de lamparinas fundidas).

    ResponderEliminar
  3. A atenção da CME

    as obras nas arcadas estão paradas,qual o motivo ?

    ResponderEliminar
  4. Évora Rossio São Brás Descrição
    Lote de Terreno Urbano c/1080 m2.
    Localização de Excelência.
    Projecto aprovado p/construção de 5 moradias T4 de luxo e uma unidade de serviços.
    Excelente Oportunidade de Investimento
    Estão a vender o rossio que se passa na autarquia de Évora!?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O grau de iliteracia nas coisas que a gente aqui lê por aqui é preocupante. Este até julga ter lido que a câmara está a vender o rossio, para construção de 5 moradias de luxo. Santa ignorância...

      Eliminar
  5. Évora 30 anos de Património Mundial

    tempo suficiente para outro tipo de comportamentos em relação a higiene e limpeza do centro histórico.

    os comerciantes continuam a colocar as embalagens nas arcadas.

    os empresários da restauração continuam a sujar as calçadas com o lixo até aos contentores.

    o mercado mensal continua a ser uma lixeira mensal.

    Até quando ?

    ResponderEliminar
  6. A atenção da D.Regional de Cultura

    a muralha (junto a escola de enfermagem) está a ruir,urge intervir,os responsáveis esperam que aconteça uma tragédia,para depois virem lamentar o sucedido ?

    ResponderEliminar
  7. Évora 30 anos de Património Mundial

    Igreja de Santo Antão está ao abandono,autêntica Vergonha.

    ResponderEliminar
  8. A muralha (junto a escola de enfermagem) constitui um perigo para as centenas de cidadãos que diariamente por ali passam, é vergonhoso os responsáveis nada fazerem,aquelas fitas não evitam qualquer acidente que possa ocorrer.

    ResponderEliminar
  9. Os 10 países com mais presos.


    EUA 2.239.751

    China 1.640.000

    Rússia 681.000

    Brasil 548.003

    India 385.135

    Tailândia 279.854

    México 246.226

    Irão 217.000

    Africa do Sul 156.370

    Indonésia 144.332

    ResponderEliminar
  10. Está cidade é uma vergonha, a vergonha da sua governação

    ResponderEliminar
  11. A atenção do Dr.João Soares(ministro da cultura).

    Évora comemora 30 anos de Património Mundial,e muito do seu Património precisa Urgentemente de manutenção,espero que tenha isso em consideração.

    ResponderEliminar
  12. 16:37,a anterior gestão vendeu o lote de terreno junto ao hotel D.fernando,mais um negócio da equipa Ernesto/Fernanda/Libório.

    ResponderEliminar
  13. Realtorio do tribunal de contas diz que foram cometidas graves ilegalidades finaceiras na autarquia de èvora os indiciados no processo estão em baixo fica o relatorio para tirarem as devidas conclusões.
    http://www.tcontas.pt/pt/actos/rel_arf/2016/arf-dgtc-rel001-2016-1s.pdf

    Aos indiciados responsáveis, o ex-Presidente da Câmara Municipal de Évora,
    José Ernesto Ildefonso Leão de Oliveira, à Vice-Presidente da Câmara
    Municipal de Évora, Élia Maria Andrade Mira, bem como ao ex-VicePresidente
    e ex-Presidente da Câmara Municipal de Évora, Manuel Francisco
    Grilo Melgão;bem percebo porque não houve auditoria externa!

    ResponderEliminar
  14. Quero saudar a decisão aprovada por unanimidade pelo executivo em relação ao traçado da linha de mercadorias,(mais um erro da gestão anterior) não tem cabimento uma linha de mercadorias atravessar parte de Cidade é um absurdo,a qualidade de vida dos cidadãos da freguesia da Senhora da Saúde/bacêlo nunca mais terão uma vida com qualidade se o comboio atravessar a sua área de residência.

    A linha tem que passar por Évora (isso não foi posto em causa) mas é inconcebível atravessar parte da cidade.

    ResponderEliminar
  15. Isabel Moreira deputada do ps aderiu à rede social Tinder e lá publicou umas fotos em poses escaldantes deve ter sido efeito da geringonça,esta bonita a nossa politica e o nosso pais!

    ResponderEliminar

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.