domingo, 17 de janeiro de 2016

Vitorino já decidiu - Não vota Marcelo

6 comentários:

  1. Onde mandam os comunistas,
    só os comunistas se safam.

    ResponderEliminar
  2. O acordo assinado entre o PS o Bloco,Verddes e PCP,tinha como objectivo o virar de página,nas politicas da direita.

    Ao ter conhecimento da nomeação de Rosa Matos para ARS/Lisboa,vejo que as os vicios e negocismo das velhas politicas continuam,como é possivel nomear esta senhora responsavel pela politica socrática na ARS/Évora.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É para que saibas!
      Só se desilude quem se iludiu.

      Eliminar
  3. Em 2011 com a derrota de Sócrates,o PS colocou a senhora nos Açores,vivendo em èvora a senhora vinha passar os fins de semana a casa (os contribuintes a pagar),agora é colocada na ARS/Lisboa,afinal este ainda não é um tempo Novo na politica.

    ResponderEliminar
  4. O DR. Robalo vai continuar ?

    ResponderEliminar

  5. Santa Casa da Misericórdia de Évora
    21 h
    COMUNICADO
    Com a participação da Congregação das Irmãs Franciscanas Hospitaleiras da Imaculada Conceição, e com base na sua comunicação oral e escrita, a Santa Casa da Misericórdia de Évora lamenta com surpresa, e após insistências desta para alteração da sua posição, informar os Irmãos da Misericórdia e a população de Évora em geral, da saída por sua iniciativa, das Irmãs Franciscanas que têm estado ao serviço do Lar Ramalho Barahona em Évora.
    Este fato deve-se, segundo a própria Congregação,... "à falta de Irmãs que possam assumir a missão associada à presença das Irmãs neste Lar. Nos tempos que correm, isso é praticamente impossível, devido à dimensão do número de Irmãs em atividade, quer por falta de vocações quer por existirem cada vez mais Irmãs limitadas pela idade ou pela doença."
    A Santa Casa da Misericórdia de Évora, apreciada a situação pela sua Mesa Administrativa, lamenta e não se conforma, em ser confrontada com esta realidade, fazendo votos para que a mesma evolua em sentido mais favorável para a Igreja e para a Sociedade Portuguesa, reconhecendo a obra ímpar de enorme riqueza humana e cristã que as Irmãs têm despenhado desde a sua abertura, até ao momento, no Lar Ramalho Barahona às quais agradecerá sempre.
    A Congregação das Irmãs Franciscanas Hospitaleiras da Imaculada Conceição reafirmou... "agradecer, muito reconhecida, a colaboração prestada a todas e a cada uma das Irmãs que passaram pela Fraternidade, durante os muitos anos de serviço conjunto, em favor dos idosos."
    Deus nos acompanhe e Nossa Senhora das Misericórdias nos proteja.
    Provedor,
    Francisco Lopes Figueira.

    ResponderEliminar

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.