segunda-feira, 25 de janeiro de 2016

“Podíamos arranjar uma candidata engraçadinha, mas não somos capazes de mudar”


cadê o gajo da azia?

Anónimo
25 janeiro, 2016 11:28

7 comentários:

  1. Maria de Belém é a grande Derrotada,era a candidata de um dos maiores partidos de poder ,teve uma votação residual (4%),a estratégia do PC foi errática ,a três meses das eleições apresenta um candidato (embora com um trabalho notável junto dos mais carenciados)práticamente só conhecido na Madeira. Numa sociedade mediática como a actual,Marcelo vedeta de TV chega a presidência da Républica. É a vitória do Vazio .

    ResponderEliminar
  2. O gojo da azia é o zorrinho.

    ResponderEliminar
  3. O Público fala em arranjar carinhas larocas". O Expresso titula "“Podíamos arranjar uma candidata engraçadinha, mas não somos capazes de mudar”. Ora Jerónimo teria dito apenas «Podiamos apresentar um candidato ou uma candidata assim mais engraçadinha, com um discurso ajeitadamente populista que pudesse aumentar o número de votos. São opções e eu não as quero criticar. O que caracteriza este partido defensor dos interesses dos trabalhadores e do nosso povo e nessa coisa não somos capazes de mudar». O que é completamente diferente das picardias da imprensa e blogs com vista à reconstituição do chamado Bloco Central PS-PSD que Marcelo defende e preconiza.

    ResponderEliminar
  4. Portugal tem hoje um Presidente da Republica herdeiro do fascismo.

    Só a extrema direita e o BE é que não têm azia.

    Fizeram um bom trabalho.

    ResponderEliminar
  5. O problema da azia do Jerónimo é que é dirigida à esquerda e a Marisa Matias e não à direita e ao Marcelo. O PCP ficou em estado de choque por ver, na realidade, o que o partido vale quando não se esconde atrás de siglas que não são as suas. Entre três a quatro por cento do eleitorado (com abstenção elevada, senão ainda menos). O que lhe vale são os sindicatos, onde vai buscar o dinheiro e a carne de canhão para os desfiles.O PCP cada vez faz mais parte do problema e não da solução.

    ResponderEliminar
  6. O Capoilas Santos ainda não reparou que a campanha eleitoral já acabou.
    Passou há bocado um tempo de antena com dois irmãos que plantaram um figueiral onde aparece o Capoilas a rir-se e que é uma alegria ser Ministro e que agora com ele a Ministro basta fazer clic que aparecem logo 50 000 euros, etc..
    Isto agora é que vai ser figos com fartura. Graças ao Capoilas. E cada figo vale um voto.
    E depois ainda dizem que a televisão está nas mãos da Direita. É preciso ter lata,........para meter os figos.

    ResponderEliminar
  7. Em Espanha, o Rajoi não aceitou formar governo estando em minoria na assembleia.
    Será que os os alegados "vencedres" das eleições portuguesas PSD/CDS, aprenderam esta lição elementar da ética e das regras democráticas?

    ResponderEliminar

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.