quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

Noberto Patinho e Florbela Fernandes explicam porque querem presidir à Federação Distrital de Évora do PS


clique na imagem para aumentar

As eleições para a Federação Distrital do Partido Socialista de Évora são a quatro de Março. Até lá as acções de campanha prosseguem em todo o distrito.  Na cidade de Évora: Florbela Fernandes: 29 de janeiro (sexta-feira) | 21h00 | sede do PS em Évora; Norberto Patinho: 2 de fevereiro (terça-feira) | 21h00 | sede do PS em Évora

9 comentários:

  1. Mais Bloco,menos PS....................

    ResponderEliminar
  2. O PS já nada tem para dar, 40 anos de poder(vários poderes),vicios,primeiro meteu na "gaveta" o Socialismo a seguir a Social-Democracia..........vivemos tempos de incerteza mas tanbém de Esperança,o Bloco pode ser essa Força aglutinadora dos que pelo caminho foram desistindo.

    ResponderEliminar
  3. Esta Florbela é mais uma engraçadinha da nossa praça política.
    Não sabe o que diz, coitadinha. Foi contratada pelos Capoilas para ajudar a enterrar o PS.

    Já do Patinho não posso dizer o mesmo porque tem obra feita em Portel. Só é pena andar a perder tempo com um partido da treta.

    ResponderEliminar
  4. Os esganicados alucinados da esquerda vão mais uma vez pular fora do barco quando a troika voltar a entrar. Mais 3 anos e este país dos direitos adquiridos por decreto, vai voltar ao fosso. Oxala esteja enganado.

    ResponderEliminar
  5. Alguma vez esta Florbela tem a craveira do Patinho ? Este homem tem obra feita enquanto que a Florbela andou a pular de galho em galho à procura de tacho. Alguém de lembra de ela ser a pupila da D. Fernanda Ramos ? É uma cabeça de vento com péssimas relações por onde tem passado

    ResponderEliminar
  6. O meu apoio e o da maioria dos socialistas apoia o Patinho . Oh Florbela volta para o teu gabinete nas câmaras onde nada tens feito!

    ResponderEliminar
  7. Não sabia que a Florbela tinha saído do PCP... Agora quer ser "chefe" no PS?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Em regra, todos os que saem do PCP queriam usar o PCP como escada para os seus projectos e ambições pessoais.
      Das duas uma: ou foram identificados e corridos, ou saíram de livre vontade para o PS ou PSD, partidos onde os projectos pessoais e materiais estão acima da ideologia e do projecto colectivo.
      A Florbela, secretária da "Dra" Fernanda Ramos, passou pelo PCP, tal como o Dr. José Ernesto: Além da ambição pessoal desmedida, são ambos incompetentes e trapaceiros.

      Eliminar

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.