segunda-feira, 4 de janeiro de 2016

Évora: demissões em Junta de Freguesia do PS


É a primeira cisão nas União de Freguesias no concelho de Évora. Do executivo eleito pelo PS em São Manços e São Vicente do Pigeiro demitiram-se o secretário e o tesoureiro, dois dos três membros do executivo, por divergência com a presidente da União.
Em comunicado, José Calado, até então secretário desta União e que até 2013 presidiu à junta de freguesia de São Vicente do Pigeiro, justifica a renúncia ao cargo por "total e frontal discordância, com a forma como alguns procedimentos e práticas, vinham sendo adotados em nome do executivo, e que ao serem implementados, lesavam gravemente o património da autarquia". Sem pormenorizar, o eleito afirma que uma auditoria externa recente confirma esses prejuízos e revela que a tesoureia do executivo também se demitiu de funções. Cabe agora à Assembleia de Freguesia encontrar novos membros para que a União de Freguesia continue em funções, caso contrário serão realizadas eleições intercalares.

8 comentários:

  1. Neste caso devem ser realizadas eleições,em nome da Transparência e da Democracia.

    ResponderEliminar
  2. O PS/Évora é isto,vários grupos e grupinhos,o PODER em vez da defesa dos interesses dos cidadãos.

    ResponderEliminar
  3. O presidente da freguesia de S.Manços, se for da família do Granadeiro, então age de acordo com a sua natureza.
    O que admira, é o povo continuar a eleger incompetentes e corruptos.
    A tragédia, é o povo continuar a cavar a cova em que se enterra.

    ResponderEliminar
  4. Que democracia é esta em que a informação publica e privada está a apoiar, em bloco, o fascista Marcelo Rebelo de Sousa.
    Depois do debate, seria de esperar que a informação e os comentadores destacassem a valente sova que Henrique Neto pregou ao Marcelo, caladinho que nem um rato.
    Pelo contrário, tratam a coisa como se fosse um debate sem interesse.
    O 4º poder, os media, também está completamente refém das forças criminosas que nos exploram, que nos lançaram na miséria, e que suportam a candidatura do fascista Marcelo.

    ResponderEliminar
  5. http://manifesto74.blogspot.pt/2016/01/marcelo-o-candidato-deles.html

    ResponderEliminar
  6. È preciso Mudar na freguesia de S.Manços,para isso o Povo deve ter a palavra,passa por eleições.

    ResponderEliminar
  7. O Povo de São Manços deve exigir eleições para acabar de vez com a Podridão na Junta.

    ResponderEliminar
  8. O PS está muito caladinho sobre este assunto. Devem ser lindas as conclusões da auditoria, devem. A Sra Florinda Russo fez, no seu facebook (pasme-se !! ) um comunicado patético, sem conteúdo, igual à própria autora que é uma cabeça de vento, leviana, inconsequente e que , ao que consta em S. Manços, contrata o marido para obras da junta sem o mínimo problema. Tenho cá para mim que o problema da demissão deste homem, que me parece ser um homem sério, deve ter a ver com uma gestão mafiosa com a qual ele não se identificou. O PS devia aprofundar bem esta questão e retirar a confiança à D. Florinda se não se quiser afundar com ela. Se não o fizer é conivente com as inconformidades, ou desconformidades, assinaladas no relatório da revisora oficial de contas constante da auditoria. Onde é que o PS tinha a cabeça para apresentar uma mulher sem qualquer nível , sem preparação, sem inteligência, sem visão e, sobretudo, completamente inconsequente? Em S. Manços o PS tinha, pelo menos, mais 3 pessoas muito mais capazes do que esta oportunista. Não me quiseram ouvir, insistiram nesta criatura, paciência. Ai PS, PS, onde irás parar ? É só desilusões...

    ResponderEliminar

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.