quinta-feira, 10 de dezembro de 2015

Candidatos presidenciais do PCP e do BE hoje e amanhã em Évora





2 comentários:

  1. O Edgar Silva foi padre. Pronto, tudo bem, só ia à missa quem queria. O homem evoluiu politicamente e agora o PCP tem um militante de fé.
    A Marisa Matias foi o quê antes de defender os trabalhadores?
    Quem souber que diga, que é para nós operários termos a certeza que é bom votar nela.
    Só assim Portugal pode avançar no rumo certo.
    Agora se a Marisa ganhar as eleições, não ponham lá o Marcelo por favor.
    A Marisa quer tirar de Belém o cheiro a bafio e o Marcelo dá bufa que ferve.
    Arre burriquito,
    vamos a Belém,
    ver o deus menino,
    que a senhora tem.
    Que a senhora tem,
    que a senhora adora,
    arre burriquito,
    vamo-nos embora!

    E dá uma parelha de coices em cada um!

    ResponderEliminar
  2. Deixar de votar é omissão. Assim sendo, essa opção está descartada.

    PSD e PS são estrumes. Logo, nem pensar em nenhum dos dois.

    PCP prega a volta do Escudo e o fim do euro. Existe uma imbecilidade retrógrada nesse tipo de ideia. Porque alguém haveria de querer passar de uma moeda forte para uma moeda fraca? Simples, porque governantes incompetentes gostam de ter a prerrogativa de imprimir dinheiro toda vez que o mesmo acaba. Em vez disso, deveríamos ter governantes competentes e disciplinados, que gastassem só o que têm. Se não, vão imprimir dinheiro todas as vezes que precisarem e, com isso, gerar inflação. Lembram de como o Escudo estava a 200 para 1 em relação ao euro quando entramos na EU? Se passarmos ao escudo agora, vai ser a 400 para 1 e em pouco tempo vamos estar a 1000 para 1. Assim sendo, o PCP passa a ideia de ter pessoas incompetentes que, uma vez no poder, vão gastar mais do que possuem. O dia em que Portugal passar do euro para o escudo eu compro euros e guardo no colchão.

    Os outros candidatos são inócuos e o Paulo Morais é o melhor deles. Aliás, ele é matemático e doutorado em Engenharia e Gestão e são títulos reais, não da treta.

    ResponderEliminar

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.