quinta-feira, 8 de outubro de 2015

"Inadmissível manifestação de homofobia na RTP"


Muito boa tarde!
Ontem, no Telejornal, às 20:43, José Rodrigues dos Santos disse que Alexandre Quintanilha tinha sido eleito ou eleita.
Porque é inadmissível esta manifestação de homofobia por parte da televisão pública, devemos, no mínimo apresentar queixa ao Provedor do Telespectador: http://www.rtp.pt/wportal/grupo/provedor_tv/enviarmensagem.php.
Está a circular também um abaixo assinado de protesto junto da RTP. Quem concordar deve copiar a mensagem e enviá-la para: provedor.telespectador@rtp.pt

Caro Senhor
É inaceitavel que, num país democrático, sério e que se diz tolerante, pactuar com o comportamento do pivô da RTP1 José Rodrigues dos Santos acerca da reportagem onde mencionou de uma forma inadmissivel a apresentação do Professor Alexandre Quintanilha como deputado da próxima Assembleia da Républica.
Não preciso de reportar o valor e o papel fundamental que Prof. Quintanilha tem para a Ciência mundial e para a Internacionalização do nosso país porque é demais evidente. O Prof. Quintanilha é um Professor, um cientista e um cidadão exceptional e não podemos consentir que seja tratado desta forma horrenda numa televisão pública. É uma vergonha para o nosso país!
Exigimos que o Jose Rodrigues dos Santos peça desculpa publicamente ao Prof. Quintanilha ou seja de imediato demitido.
Com os nossos melhores cumprimentos


Muito obrigado pela atenção que possam dar ao assunto.
Com os melhores cumprimentos

jcs - évora (por email)

11 comentários:

  1. A camara parou. Dizem que está sem internet.
    Os empregados culpam os da informática. Os da informática dizem que o problema não é deles e que é da adral. Mas o que é isto da adral? É como os táxis?
    Uma coisa é certa é que aquilo está de cortar à faca e ninguém se entende.

    ResponderEliminar
  2. Ontem aconteceu em Montemor. Culpa do EDD-Évora Distrito Digital. Dizem.

    ResponderEliminar
  3. Parada já esta ela a muito tempo Pinto de Sá esta de saída,já garantiu que esta esgotado!

    ResponderEliminar
  4. Mais uma patada do mesmo vereador João Rodrigues,pintar passadeiras com tinta normal é um perigo,quando chove as passadeiras ficam rampas escorregadias por causa da tinta colocada,o senhor não dá uma para a caixa,eu não sei como o presidente o segura e aguenta!

    ResponderEliminar
  5. Os competentes não estão no PCP nem no PS nem no BE. Levantem a pestana!

    ResponderEliminar
  6. A cereja no cimo do bolo é que JRS diz que nem sequer sabia que Alexandre Quintanilha era homossexual. Escrevendo livros, como é possível que JRS não conheça o escritor Richard Zimler. Eu não acredito em histórias da carochinha.

    ResponderEliminar
  7. O Dr Pinto de Sá não consegue acabar com o desemprego em Évora como ele queria, mas se o PCP for para o Governo com o PS e o BE isso acaba logo. Está nos livros.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se lhe derem a pasta da Economia num futuro governo, talvez Pinto de Sá possa fazer diminuir substancialmente o desemprego em Évora.
      Como presidente de Câmara, cujas competência em matéria económica são nulas, não vejo como conseguiria resolver tal desiderato. Nem ele nem nenhum presidente de câmara deste país.

      Mas também sei que certos pescadores de águas turvas gostam de lançar poeira para o ar, para tentar esconder as responsabilidades dos ministros da economia nomeados pelos seus partidos.

      Eliminar
  8. 09.47 Claro vamos invadir e roubar as empresas e herdades os donos,vai ser uma reforma agrária tecnologicamente progressista avançada!

    ResponderEliminar
  9. É vergonhosa, mais ainda criminosa, a atitude do jornalista, ele é pago principescamente pelo povo português. Porém não sei o que pensar de tantos anónimos de partidos, que lutaram na AR contra a discriminação, e, assobiam para o ar, perante tamanho atentado à liberdade individual do cidadão português.

    ResponderEliminar
  10. O José Rodrigues dos Santos sempre foi um escroque, indigno, sem princípios.
    É um lacaio ao serviço do regime fascista que se está a instalar em Portugal.
    Este episódio de homofobia só confirma o mau carácter e a má formação.
    Ele ocupa aquele lugar, precisamente porque é uma besta.
    Se fosse um ser humano devidamente estruturado, nunca lá chegaria, ou teria sido despedido.
    É perfil escolhido pela televisão gerida pelos governos do bloco central.

    ResponderEliminar

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.