segunda-feira, 19 de outubro de 2015

Arejar Belém

Sempre defendi uma candidatura à esquerda para as eleições presidenciais que fosse agregadora. As cartas estão em cima da mesa e estamos longe de considerar que existe apenas um candidato capaz de mobilizar toda a esquerda. O candidato que mais cedo apresentou essa intenção, foi sendo enfraquecido e deu sinais que pode não aguentar a sua candidatura até ao fim.
Perante o cenário político que temos hoje, e com uma necessidade forte de combater o candidato populista e retrógrado (que adjectivo tão correcto que a Catarina Martins utilizou para o descrever) da direita, e não havendo apenas um candidato à esquerda, o povo deve mobilizar-se ao máximo para o derrotar. À esquerda, todos os votos contarão e ajudarão a forçar uma segunda volta.
Tenho a certeza que a candidatura da Marisa Matias dará um belo contributo para esse combate, por tudo o que ela representa: Uma mulher de princípios, combativa, humanista, séria e competente; Uma mulher que colocará a política no centro do debate, sem medo e de cabeça erguida.
Também sei que a Marisa agregará votos que mais nenhum candidato iria agregar e como tal dará um belo contributo para forçar uma segunda volta e ajudar a impedir o passeio fácil que Marcelo julga ter pela frente. Conheço tantas pessoas que não tinham candidat@ até hoje. Ainda bem que agora têm. Mais uma má notícia que Marcelo recebeu! Fico ansioso pelos debates...
Por saber da sua competência e da sua estrutura de valores. Porque sempre combateu e combaterá pela justiça social e pelos direitos humanos. Porque luta por esses direitos em todo o mundo, com a sua visão internacional humanista em oposição à visão capitalista, Marisa Matias terá o meu voto e o meu empenhado apoio.
Vamos a mais esta luta com toda a convicção!
Até para a semana!

Bruno Martins (crónica na rádio diana)

5 comentários:

  1. É a Extrema Esquerda fora de tempo (sempre esteve fora de tempo) a tentar recuperar os tachos que aos papás vão escapando.
    Tão depressa somam votos com as peixeiradas da Catarina Martins como os vão perder a breve prazo. Quando os votantes perceberem que o Bloco de Esquerda não sabe resolver nenhum dos problemas de Portugal. Os bloquistas só querem tachos à custa dos votos dos incautos.

    ResponderEliminar
  2. Ao apresentar um candidato próprio, o Bloco de Esquerda não contribui para a escolha dos candidatos que irão à 2ª volta. Provavelmente, até contribuirá para que passem à 2ª volta aqueles que menos lhe agradam.

    ResponderEliminar
  3. Saberá o Bloco de Esquerda atrair a ala esquerda e social-democrata do PS ?

    Este PS não tem futuro,foi esvaziado por grupos de interesses e oportunistas ,o Bloco pode ser a Força maior das Esquerdas..

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O BE internamente são uma equipe de neo trotskistas e neo marxistas. Não atraem sociais democratas convictos mas sim gente zangada com com o PS. A Mariza Matias não vai atrair mais de 3 a 4% de votos, no fundo a base social dos bloquistas convictos.

      Eliminar
  4. Um enorme erro de casting. Devia ter sido a Catarina Martins. É quase como um anti-climax.

    ResponderEliminar

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.