domingo, 27 de setembro de 2015

Dia Mundial do Turismo assinalado hoje em Évora

clique na imagem para aumentar

7 comentários:

  1. 1
    A Fundação Eugénio de Almeida, que é suportada pelo estado, para apresentar exposições de gente estrangeira, "oferece" entrada grátis aos domingos.
    2
    O Museu de Évora, que é do Estado, para apresentar exposições de gente portuguesa, só "oferece" entrada grátis no primeiro domingo de cada mês.
    3
    Conclusões:
    - para o governo, é melhor investir nos artistas estrangeiros do que nos portugueses;
    - para o governo, a cultura estrangeira é melhor do que a portuguesa;
    - para o governo, é preciso afastar os portugueses da cultura nacional;
    - para o governo, o estado é mau gestor;
    - para o governo, é preciso privatizar o museu de Évora.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A Fundação, e todos os espaços culturais em geral deviam de parar de mamar na teta do Estado. Já é tempo de pararmos todos de alimentar artistas sem qualidade, que se refugiam na sua pseudo-arte para não terem que vergar a mola...
      Não é só o museu de Évora que deve ser privatizado. São todos!

      Eliminar
    2. Pelo comentário das 18:37 se percebe o estado a que isto chegou, sem vislumbre de parar.
      Quando pensávamos que já tínhamos batido no fundo, que as pessoas tinham aprendido com os erros, que queriam mudar de rumo, percebemos que o fim do abismo afinal ainda está longe da vista.
      A cleptocracia governa, com raízes fundas e largas; está estável, viçosa, pronta para para durar, com total apoio do "povo".
      Está a cair de podre, e o país deixa-se levar de rastos.

      Eliminar
  2. Culigação para aqui, culigação para ali, haverá canzoada mais obscena?

    ResponderEliminar
  3. Capoulas Santos-VALE MESMO TUDO
    Hoje em Montemor-o-Novo uma cidadã com quem falei, e que conheço, disse-me algo que define bem o nível a que chegaram alguns políticos sem qualquer resquício de ética ou de principios.
    Tendo sido interpelada pelo cabeça de lista da CDU por Évora e tendo respondido que iria votar noutro partido, este perguntou-lhe se, então, ia votar no Sócrates.
    O miúdo Oliveira que nunca trabalho caiu numa de criança com birra!

    ResponderEliminar
  4. Há um erro numa das asserções do silogismo. A Fundação Eugénio de Almeida não é suportada pelo Estado!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. As iniciativas em si foram brilhantes!

      Eliminar

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.