quarta-feira, 29 de julho de 2015

E que comentários vos suscita a entrevista de Pinto Sá ao 'Diário do Sul'?


31 comentários:

  1. A entrevista do presidente Sá o Diário do Sul e de um vazio quer deste jornal quer do presidente , porque não perguntaram pela situação da limpeza da cidade porque não perguntaram o porque dos acampamentos em passeios e jardins etc...
    Foi um frete de propaganda por isso esse jornal já não entra mais cá em casa!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. @10:43
      Da próxima vez tu é que dizes o que é mais importante para o Presidente falar, está bem?
      Tu é que fazes a entrevista.

      Eliminar
    2. pela situação da limpeza da cidade porque não perguntaram o porque dos acampamentos em passeios e jardins

      Eliminar
  2. A entrevista não passa de uma campanha mal disfarçada do PCP. Não foi abordado nenhum dos temas mais preocupantes da cidade. Cinemas e centros comerciais, pães e circo... E a criminalidade que tem aumentado? Os indivíduos de etnia cigana que aterrorizam vários bairros da cidade? Os contentores do lixo que transbordam, sem que ninguém faça a recolha? A limpeza no Centro Histórico? O aumento de edifícios devolutos, sem que a Câmara tome posição em relação aos proprietários? Esta entrevista devia ser investigada por se tratar de campanha eleitoral fora das datas estipuladas...

    ResponderEliminar
  3. Mas o Carlos Pinto de Sá foi de férias não tem vic?
    Á atenção da CME e Policia de Èvora.
    Acampamento cigano na rua do Liceu, junto á escola André de Gouveia e escola Básica do Srª da Glória, onde durante as horas e maior calor fazem churrasco e bebem cervejas.
    As crianças andam por ali o que torna o trânsito automóvel perigoso para os automobilistas, pois essas crianças ninguém olha por elas.
    Que haja o decoro quando as aulas começarem a CME e a policia não permitir estes agrupamentos de nómadas juntos a escolas frequentadas por crianças, há sítios próprios para fazer churrascos e beber bebidas alcoólicas

    ResponderEliminar
  4. A maneira subserviente como os agentes do ministério público e os juízes de instrução tratam um criminoso da estirpe de Ricardo Salgado é um escândalo público intolerável, mas todavia demonstrativo daquilo para que sempre temos alertado: não há justiça em Portugal; há uma farsa de justiça com dois pesos e duas medidas: uma violenta e opressora para os trabalhadores e para a esquerda política, e outra justiça de lambe-botas dos serventuários judiciais para a direita e respectiva classe dos capitalistas.

    Salgado já tinha sido levado ao colo pelos agentes do ministério público e pelo mesmo juiz de instrução no Caso Monte Branco, de onde escapou à prisão preventiva mediante o pagamento de uma caução monetária. Os ricos podem pagar a preventiva, os pobres é que não têm com quê…

    Assim, o maior caso de banditagem económica e financeira em Portugal durante mais de um século corre para aquilo que já todos adivinhamos: uma absolvição judicial, seguida de condecoração de todos os criminosos, como Salgado, em Belém.

    E é este ministério público e, no caso, até o mesmo juiz de instrução que mantêm preso em Évora, vai para nove meses, o ex-primeiro-ministro José Sócrates, sem qualquer culpa formada e, mesmo quando fossem verdadeiras as imputações do Correio da Manhã, por causa de uns trocados, comparados com o roubo da quadrilha Espírito Santo.
    Arnaldo de Matos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A polícia não está à porta do gatuno para impedir a fuga do Ricardo Salgado.
      A polícia está a prestar-lhe guarda de honra e a protegê-lo dos apaniguados mafiosos.

      No estado capitalista, a principal função da polícia é proteger os interesses da minoria que detém o capital e o poder, e não os interesses da maioria dos cidadãos, como é lógico.

      A justiça e a segurança são um embuste para enganar os cidadãos.

      (a máfia governante, em conluio com o mafioso presidente, já chegou ao extremo de propor leis contra a corrupção, armadilhadas para serem "chumbadas" pelo Tribunal Constitucional)

      Eliminar
    2. 14.07 e 17.25
      mas não estávamos a falar do Presidente da CME?
      A quer propósito vem aqui o Salgado?
      Ou não estava a gostar da conversa?

      Eliminar
    3. 17.25 vai tomar o comprimido sff

      Eliminar
  5. Da última vez que falou , o CC era decidido em final de abril.

    Estes cromos da câmara são uns pândegos.
    É sempre para depois.

    ResponderEliminar
  6. A entrevista do presidente Sá o Diário do Sul e de um vazio quer deste jornal quer do presidente , porque não perguntaram pela situação da limpeza da cidade porque não perguntaram o porque dos acampamentos em passeios e jardins etc...
    Foi um frete de propaganda por isso esse jornal já não entra mais cá em casa!

    ResponderEliminar
  7. O Presidente Pinto de Sá, sobre a TOS, que continua a esmifrar os eborenses? disse nada!
    Sobre o IMI no Centro Histórico? durante o mandato do PS a CDU sempre defendeu a isenção, agora Pinto de Sá já defende que só deve haver isenção para quem preserva o património, o que sempre foi defendido pela anterior Câmara contra a posição da CDU.
    Sobre o Centro Comercial (não concluído no Parque Industrial)? Disse nada, sacrificando o mesmo aos interesses particulares da Câmara na venda dos terrenos à Porta de Avis..
    Sobre a Divida? Para alem de inflacionar os 74 Milhões que herdou (documentos oficiais de prestação de contas da CME)? informa na entrevista que, em 2014, reduziu a divida para metade... leu bem? para metade...
    Sobre na questão da fatura a pagar à empresa das Águas do Centro Alentejo? pode o senhor Presidente começar por mandar corrigir o erro estrutural cometido pela gestão do seu camarada Abilio que, vá lá saber-se porquê, decidiu juntar antes da ETAR de Évora a rede de esgotos com a rede de águas pluviais originando que o município pague à Aguas do Centro Alentejo, no inverno, uma enorme quantia de dinheiro pelo tratamento dás águas das chuvas.

    ResponderEliminar
  8. José Sócrates, sem qualquer culpa formada ,o dinheiro os milhares que viajava em malas e das contas do amigo era uma ato de amizade e amor profundo!

    ResponderEliminar
  9. Porquê o Diário do Sul não não perguntou se ainda existe serviço de fiscalização e vereador?O entulho de obras é espalhado no estacionamento de Avis junto a muralha e noutras barreiras a entrada de bairros ,os acampamentos de famílias de etnia cigana crescem como nunca por jardins passeios e outros espaço públicos.
    O presidente esta com cara de cansado e de olhar agressivo, a culpa é sua por deixou colocarem o seu lado incompetentes!

    ResponderEliminar
  10. Em todos os canais da TV, o Passos Coelho e o Portas a propagandear o programa eleitoral, nos telejornais, sem ser em tempo de antena.
    Esperemos que os outros partidos tenham o mesmo direito.

    (na SIC mulher estão a mostrar um coelhinho que não pára de fornicar todos os outros; o remédio vai ser castrá-lo)

    ResponderEliminar
  11. Perguntar ao Presidente porque é que a gestão da câmara é como se fosse nos anos 80?

    ResponderEliminar
  12. Perigo iminente de colisão no cruzamento da Av. Eng. Arantes de Oliveira com a Av. Batalha do Salado.
    Solicita-se à CME a reparação urgente dos semáforos pois este cruzamento é um dos de maior tráfico de trânsito em Èvora e os mesmos estão intermitentes à cerca de duas semanas. Basta estar ali cinco minutos para ficar de cabelos arrepiados pela velocidade a que aos automobilistas ali passam e a maioria das vezes desrespeitando a regra da prioridade. Convém recordar que em caso de sinais intermitentes tem lugar a regra da prioridade, pode ser uma verdade de la palisse, mas não é bem assim, ou é desconhecimento ou não sabem qual é a mão direita.Urge resolver com urgência, antes que haja feridos graves ou mortos. Quando eu era míudo para aprender qual era a mão direita colocava-se uma pedra na respetiva mão, alguns condutores devem voltar à escola de condução.

    ResponderEliminar
  13. o único comentário que me apraz registar é lamentar o vazio de ideias , de estratégia, da incapacidade de tomar decisões, de incapacidade de governança com a agravante de já terem passados dois anos com Évora a marcar passar , para não dizer regredir em relação as suas congéneres nacionais. Em resumo vazio, vergonha e muita, muita propaganda . E por favor não me venham agora responder que é azia, pois para qualquer um minimamente inteligente que tenha lido a entrevista saberá concluir o mesmo porque ela fala por si. já me esquecia e quanto ao futuro nem uma ideia valida , nem um projeto, nem um investimento, nada, alias os que querem investir tem estado a ser afastados................ao que se diz na praça publica

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É o problema dos comunistas convitos: afastar quem tem capital e ideias. A praia deles é Cuba ou Venezuela. Está tudo dito.

      Eliminar
  14. O PCP português “será em conformidade com a vontade dos portugueses, sem nenhuma referência de modelo, mais acima ou mais ao lado”.
    Álvaro Cunhal deve rodar na campa, o partido comunista ficou sem ideologia e se tivesse que governar era aventura e se calhar até podia ser com politicas de direita o que interessa é o poleiro descaradamente!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Conversa deles. Amam a coreia do norte, são apaixonados por cuba. Odeiam de morte a Europa, os americanos, a alemanha, o soares dos santos e o belmiro, o cavaco e o soares...

      Eliminar
    2. Cunhal? Estalinista puro. So eles mesmos para se amarem uns aos outros

      Eliminar
  15. As mentiras são como a droga.
    O pessoal precisa de uma mentira nova, todos os dias.
    É preciso consumir, porque senão vem a ressaca.
    Depois de uma mentira é preciso outra, sem parar, dê lá por onde der.
    Mesmo que nunca se cumpram, mesmo que custem os olhos da cara.
    É preciso viver na ilusão.

    Quando aparece um político honesto e competente, que faz o que pode, e bem, gritam os drogados, que precisam de mais droga.

    ResponderEliminar
  16. Hoje correção da entrevista por o próprio presidente, está gestão comunista esta a bater no fundo, até o presidente já não sabe o que diz!

    ResponderEliminar
  17. E é por isso que digo: a gestão de Abílio, quando comparada com o arremedo desta gestão Pinto de Sá , foi um luxo.
    Muitos camaradas hoje sentem-se desfraldados e desiludidos com Pinto de Sá!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O PCP nos ultimos anos tornou se um bando de mentirosos . O que interessa é tachos para os camaradas, nem que para isso tenham que destruir sindicatos para viverem deles. Muitos comunistas e sindicalustas jà nao acreditam no PCP.

      Eliminar
  18. Os drogados já não vão de férias?

    ResponderEliminar
  19. O DS ( Diário do Sul) devia publicar que a Fernanda Ramos já começou a pagar indemnizações por despedimentos ilícitos

    ResponderEliminar
  20. O DS ( Diário do Sul) devia publicar que a Fernanda Ramos já começou a pagar indemnizações por despedimentos ilícitos

    ResponderEliminar
  21. O partido comunista revelou se uma grande mentira. Nada como ser militante activo e conhecer o pcp por dentro.

    ResponderEliminar
  22. Comité Central do PCP escolheu os meninos para acompanhar o presidente, um era cronista nunca exerceu a sua profissão advogado, o outro vivia na junta da torre e pouco ou nada vazia , resultado sobrou para o presidente , que agora já aguenta e esta no limite.
    Dificilmente termina o mandato vai mandar a toalha o chão!

    ResponderEliminar

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.