sexta-feira, 19 de junho de 2015

Évora: começa hoje a Feira de São João


(clique na imagem para ler programa para hoje)

Programa geral da feira aqui

10 comentários:

  1. Ou acabamos com o liberalismo, ou o liberalismo acabará com Portugal.
    O sistema actual reduziu a maioria da população a meros assalariados sem propriedade real (hoje representam quase 90% da sociedade), com a sua vida totalmente hipotecada e que acabou numa liberdade política teórica completamente aparente e fictícia.
    Sabemos que sem liberdade económica e sem propriedade, não há liberdade política real. Nos sistemas liberais o fim do homem é trabalhar até à exaustão, retirando ao Trabalho o seu papel original na ordem natural, tornando a vida e a existência artificiais.
    Para evitar a nova escravatura implementada pelo liberalismo económico, a solução é uma redistribuição da propriedade em base familiar, comunal, municipal ou corporativa limitando e controlando as grandes concentrações de capital, os trusts, os monopólios...
    O capitalismo é o grande inimigo da propriedade privada, esta a verdade que os marxistas não souberam entender, como podemos ver pela sua falsa e desastrosa alternativa. O capitalismo tem uma base filosófica que se caracteriza pelo "homo economicus", pelo materialismo, pelo darwinismo social e em última instância pelo neo-calvinismo.
    O maior inimigo da humanidade e dos povos foi, é e será o liberalismo em todas as suas formas, onde os mais fortes oprimem os mais fracos, enquanto estes não se sublevarem para acabar com os seus carrascos.
    Guilherme Koehler
    Publicado no Grupo “A BANDEIRA BRANCA”

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O que tu gostavas sei eu mas o povo escolhe qualquer coisa que nao seja comunismo

      Eliminar
    2. 17:33
      Tens de mudar de óculos, já que mudar de cérebro, não é fácil.
      A verdade é que, quem vê "comunismo" no texto acima, precisava mesmo era de um cérebro novo e... a funcionar.

      Eliminar
  2. O que é que isto tem a ver com a Feira de S. João ?

    ResponderEliminar
  3. Será que o partido comunista governa o país há 30 anos?
    Será por culpa dos comunistas que o país está falido, que o Sócrates está na cadeia?

    Será que o partido comunista governa o município de Évora há 15 anos?
    Será por culpa dos comunistas, que o município está falido? Que o Ernesto e os apaniguados estão em tribunal a defender-se das acusações de corrupção e dos negócios danosos?

    Agora a sério, não me lembro de ver a cidade tão limpa, os espaços verdes tão bem cuidados, as ruas paulatinamente a ser reparadas, a feira promissora, um prazer para a vista e para a alma.

    Bem haja este executivo que trata do que lhe compete, sem alardes de excelência, sem aldrabices, sem negociatas, sem roubar os munícipes.

    Bem haja este executivo que, falido e sem meios, com a prata da casa, mostra como o interesse publico pode e deve ser gerido, em democracia, com honestidade e competência.

    Se este executivo é de comunistas, então bem hajam os comunistas.

    ResponderEliminar
  4. @ 17:15
    Estavas a falar mais ou menos, concordo que ultimamente há um pouco mais de limpeza, mas caramba isso é a obrigação da autarquia, não é para isso que nós pagamos juntamente com a despesa da água, uma taxa chamada Saneamento e Resíduos sólidos??. Aliás, a limpeza é uma obrigação de qualquer Município. Agora quando falaste na "beleza" da feira, estragaste tudo, pois se há coisas que esta feira não possui é beleza, ou melhor esta é a PIOR FEIRA de sempre, não existe organização, é tudo ao molho e fé em deus, o pavilhão das actividades económicas é simplesmente uma lástima, poucas comerciantes/industriais, desorganizados e muito, mas mesmo muito pouco comparado com os anos anterior: Em minha fraca opinião parece mais que estamos numa feira de comes e bebes e não numa feira de actividades económicas, pois há tascas e tasquinhas por tudo que é sitio. Não vejam nisto uma critica ao actual presidente, mas lá que ele delegou mal lá isso delegou.
    Du Campo

    ResponderEliminar
  5. Discordo completamente que a feira esteja desorganizada, acho muito positivo a forma como se deu espaço a tudo. Do Metal no Jardim público, ao teatro, às associações. A feira não é apenas uma mostra económica, é também isso. O Pavilhão das actividades económicas são da responsabilidade da ANJE, e é normal que no momento em que estamos faltem grandes tractores e gado para venda. Acho que a Feira se tornou melhor, acima de tudo porque está melhor pensada. E acho que como critiquei opções da CDU antigamente, hoje digo bem da feira. A feira é, e tem de ser, um espaço de encontro, de comunhão de ideias, de partilha de participação e de reunião.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tudo bem, na perspectiva de que a feira é um espaço para beber um copo, então tudo bem, assim tb concordo com esta feira dos copos, pois de actividades económicas, ao fim e ao cabo a finalidade de uma qualquer feira, não podemos chamar de feira, antes mais um festival de cerveja..
      Du Campo.

      Eliminar
  6. Viraram as barracas ao contrário para dar a impressão de organização na feira. Provavelmente a pior feira de todas e a mais cara de sempre para os feirantes.

    ResponderEliminar
  7. Não sei do que é que se admiram. Há muito que a Feira se vem transformando num festival de comes e bebes, com alguns divertimentos à mistura. Não há muitos anos até chegou a ser entregue a uma marca de cerveja, a troco de uma dezenas de milhares de euros.

    ResponderEliminar

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.