sexta-feira, 5 de junho de 2015

Capa da edição desta sexta-feira do 'Diário do Alentejo'


5 comentários:

  1. Bom jornal. o único.

    ResponderEliminar
  2. O Alentejo poderá perder 2/3 da população até final do século?
    Olha que novidade.

    Peçam satisfações ao Partido Comunista, sobre o que andam eles a fazer aqui há 40 anos, tornando esta província como uma das mais pobres e miseráveis de toda a Europa, que só tem alguma coisinha devido aos subsídios dos capitalistas e dessa "cambada de reacionários e fascistas Europeus"!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois é, em Trás-os-Montes e na Beira Interior está a acontecer exactamente o mesmo que no Alentejo. Só não sabia que o Partido Comunista tinha tanta influência nessas regiões...

      Ou será, afinal, a imbecilidade de um argumento nascido na cabeça de um imbecil, que é incapaz de compreender que é actual forma de organização capitalista que concentrou a economia numa faixa litoral, entre Braga e Setúbal, desertificando TODO o interior do país, e não só o Alentejo?

      Eliminar
    2. Mas há alguma cidade Alentejana que se possa dizer "aqui uma coisa que o comunismo regional trouxe de bom"?

      Em qualquer ranking Europeu, o Alentejo surge sempre como a província mais miserável. Bem pior que a Beira Alta, Baixa ou Trás os Montes. Não é por acaso que o Alentejo TODO mete praticamente os mesmos deputados que Viseu.

      Este fanatismo religioso dos Comunistas deixa-me agradado. Mostram exatamente aquilo que são ou que viriam a ser se tivessem o poder todo nas mãos.

      Eliminar
  3. Lápis azul? Os meus comentários estão onde?

    ResponderEliminar

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.