quarta-feira, 20 de maio de 2015

O asseio e a cidade

Hoje vou falar-vos de um assunto que diz diretamente respeito a todos quantos vivem na cidade de Évora.
Refiro-me à limpeza e higienização da nossa cidade. Há quem ache que a cidade melhorou significativamente no que a este aspecto diz respeito com o regresso da CDU ao executivo da Câmara Municipal. Pois eu afirmo; não era necessário levar a cabo grandes medidas, para melhorar o estado das “coisas”. Porque os últimos anos da governação socialista na câmara municipal de Évora foram maus de mais, para poderem ser lembrados.
O certo é que Évora sempre fora tida e vista como uma das cidades mais asseadas do país. Recordo-me a este propósito de o meu avô paterno falar desta qualidade com vaidade e orgulho, e, defender que todos tínhamos o dever de preservar esta qualidade. Estou convencido de que a esmagadora maioria dos eborenses referem-se sempre com grande preocupação quando a cidade não prima pelo asseio que lhe é devido.
Não descuro o facto de que hoje em dia, com a inclusão dos movimentos pendulares, as pessoas que aqui se deslocam de manhã e que daqui saem ao final da tarde, a cidade de Évora alberga, todos os dias, mais de 70 000 pessoas. Esta realidade traz novas exigências à governação autárquica. São, portanto, mais pessoas a sujar e a produzir lixo.
No entanto, nas últimas semanas tenho constado que, nalgumas ruas e travessas do centro histórico, papeleiras e o chão, no início da manhã ainda se encontram por limpar. Esta situação não condiz com as exigências de qualquer cidade, muito menos com uma cidade que ostenta a qualidade de património da humanidade. Por isso, urge alterar rapidamente esta situação por óbvias e fundadas razões.
Com efeito, o executivo camarário tem o dever de persuadir os funcionários no sentido de se organizarem para que a limpeza e a recolha do lixo, até às 8H00 da manhã, possa ser realizada, pelo menos no centro histórico. Se isto for conseguido, estou certo que todos beneficiaremos com isso. Os que cá habitam e os que cá exercem as suas atividades económicas. Por outro lado, aqueles que nos vistam trariam mais gente à cidade de Évora, em virtude da boa imagem que daqui levariam.

José Policarpo (crónica na rádio diana)

14 comentários:

  1. É obvio que os únicos que acham que a cidade está mais limpa, são os comunistas encarregues de fazer propaganda.
    A verdade é que a cidade continua uma vergonha. E porquê?
    Porque os funcionários são na sua esmagadora maioria, são dominados pelo pensamento Comunista em que, o trabalho é para esticar e tem que dar para todos. E só pode demorar no máximo 35H por semana - que na prática dá umas 20H.
    Foi por isso que no reinado anterior houve tanta quezília entre funcionários da limpeza e gestão. Porquê? porque a mando do partido Comunista eram instruídos a fazer pirraça e guerrilha ao sistema que eles queriam fragilizar para poderem tomar o poder.
    Honra seja dada ao partido comunista: CONSEGUIU!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. De tanto mentires, já não dizes coisa com coisa.
      Cuidado, que a azia que está a derreter-te o neurónio que te resta...

      Eliminar
    2. Este senhor, José Policarpo, por reconhecer que a cidade está mais limpa (que nos últimos anos da governação socialista na câmara municipal de Évora) é comunista?

      Eliminar
    3. Uma grande verdade, os funcionários querem só trabalhar 35 horas semanais " marcar presença", realmente só trabalham 20, e muito mal.

      Eliminar
  2. É a realidade, o parque de estacionamento da rotunda de Avis é o espelho de todo o resto, garrafas roupa papeis por o chão é mato, o turista percebe logo o que vai encontrar.
    O vereador do pelouro anda em almoçaradas bem vestido sempre em festa e em cronicas uma vergonha!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E se não fosse a obra de excelência anunciada (e feita?) pelo PS para aquele local imagina só o que seria?

      Eliminar
    2. @08:53

      Muita sorte teve o Camões de não ter ficado sem os 2 olhos!

      Eliminar
  3. Como não é a produtividade do PCP que conta para receberem as transferências do estado - se a produtividade fosse a baliza, o PCP ainda tinha que pagar ao estado - ainda se vão queixar que têm falta de pessoas, mesmo trabalhando uma miséria de 35H/semana (que com os descontos deve andar pelas 20H).

    Puro desmazelo.
    Não é o PCP que manda naqueles serviços e nos representantes dos funcionários da limpeza?

    ResponderEliminar
  4. Este Policarpo também me saiu pior que as encomendas.
    Outra luminária do psd, amigo do passos coelho o aprendiz de feiticeiro, estas insignificâncias medíocres a governarem um povo, quer dizer a governar-se a si próprios e aos seus amigos e este povo submisso e meio néscio a dar-lhe o voto. Bem hajam pela vossa idiotice

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mate-se o mensageiro!
      Viva a Cuba!

      Eliminar
  5. «o executivo camarário tem o dever de persuadir os funcionários no sentido de se organizarem para que a limpeza e a recolha do lixo, até às 8H00 da manhã»

    O senhor Policarpo conhece alguma cidade do país onde a varrida das ruas aconteça antes das 8.00 da manhã?
    Acaso no tempo do seu "avô paterno", onde a limpeza era exemplar, a cidade era limpa antes das 8:00 horas da manhã?
    O senhor Policarpo terá a noção, por mínima que seja, das implicações duma medida desta natureza?
    Creio que não. Pois se tivesse não avançaria com ideia tão disparatada.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Conheço eu cidades onde a varrida é feita antes das 8:00: Qualquer uma da Europa civilizada ou mesmo dos Estados Unidos.
      ...Mas até chegar esta mentalidade a Portugal, terá que cair a mentalidade comunista de trabalho.

      Confesso que levará algumas décadas.

      Eliminar
  6. A limpeza da cidade melhorou,mas falta bastante para nos orgulharmos de uma Évora,Branca e Limpa.

    Os serviços de higiene tem que Fazer Mais,mas compete aos cidadãos contribuirem para uma cidade limpa.

    Não é aceitavel que alguns empresarios da restauração não tenham o minimo de cuidado com o transporte dos lixos para os contentores.

    O lixo da porta de Avis é resultado da falta de civismo de quem frequenta a relote do parque de estacionamento e das esplanadas da rua de avis.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A Limpeza o que?
      Mas alguém falou que os funcionários do partido comunista estão mais dominados?
      Antigamente era desleixo do PS...agora é falta de civismo dos outros!!

      Vão-se mas é catar Comunistas!

      Eliminar

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.