sexta-feira, 15 de maio de 2015

Évora: Demissão em bloco na oncologia


O responsável do Serviço de Oncologia Médica no Hospital do Espírito Santo de Évora, Sérgio Barroso, apresentou a demissão esta semana . Segundo fontes consultadas pelo LusoNotícias-Alentejo, pelo menos mais dois médicos do mesmo serviço apresentaram igualmente a demissão.
O Serviço de Oncologia Médica do HESE foi criado em Março de 2002. Presta serviços à população do distrito de Évora, 173 400 habitantes, mas, para as especialidades mais diferenciadas é a unidade hospitalar de referência do Alentejo, abrangendo uma população total de 434.800 habitantes.
Sérgio Barroso (na foto, o terceiro a contar da esquerda, num debate no decorrer da gala da Associação Oncológica do Alentejo), médico especialista de oncologia, dirige o Serviço desde o início da sua actividade.

10 comentários:

  1. A agencia Lusa ja foi uma referencia na comunicacao social...hoje està uma agencia que noticia mal e porcamente. É que o serviço de oncologia nem sequer pertence ao hospital. É uma empresa privada. Querem dar noticias? Entao estudem primeiro. Mostram a qualidade dos "profissionais" que só sabem passear de carro pela cidade.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O serviço de oncologia pertence ao hospital, bem como as pessoas k la trabalham, com excepçao das assistentes operacionais de uma empresa privada.

      Eliminar
  2. O médicos devem ser proibidos de darem consultas no ESTADO e no PRIVADO !!!!


    A quantidade de planos de saúde e seguros de saúde atraem médicos a arrebentarem com o sistema de saúde público !!!!


    No PRIVADO a esmola é maior !!!!!


    Jorge

    ( ciclista )

    ResponderEliminar
  3. Não entendo como podem publicar este tipo de textos. Esta gente não tem mais nada para escrever do que inventar histórias para criar o pânico!!! Não passa de uma fantochada!!! Por favor investiguem a veracidade destes textos antes de os publicarem.

    ResponderEliminar
  4. O PORCO DO PIDE DO MANOELHINHO CONTINUA A PRATICAR O FASCISMO NESTE BLOGUE. CENSURA NUNCA MAIS DIZIA O PCP . MENTIROSOS DE MERDA . COMUNISTAS/NAZIS/FASCISTAS !!!! TUDO A MESMA MERDA !!!! VAO LEVAR NO CU !!!

    ResponderEliminar
  5. O Montepio Geral está insolvente.Quem o diz é o João Rendeiro .
    Divulguem o artigo dele.

    http://joaorendeiro.com/wordpress/?p=2234

    ResponderEliminar
  6. O SNS está a ser destruido, na região Alentejo o senhor Robalo(socialista) é o responsavel e o executor das politicas deste governo,o senhor george diretor geral da saude(socialista) é outro responsavel no terreno pela destruição e privatização da saúde.

    ResponderEliminar
  7. Em 1995 junto ao templo romano,guterres prometia um novo hospital para évora,até hoje a promessa repete-se em vésperas de eleições.........................passados 20 anos este povo ainda acredita na MENTIRA destes charlatões que nos desgovernam ?

    ResponderEliminar
  8. Como foi possivel um "buraco" de 900 MILHÔES de EUROS na EDIA ?

    A Federação distrital de évora/ps sabe responder ?

    a actual ministra da agricultura acusa o ps de ter deixado a EDIA na bancarrota.

    ResponderEliminar
  9. O Serviço de Oncologia do Hospital de Évora é público como a cardiologia, a cirurgia, etc. O que é privado é a Radioterapia. Portanto o que está em causa com a demissão deste EXCELENTE Director de Serviços é o tratamento de centenas de doentes em todo o Alentejo. É o Coordenador do Alentejo para as doenças oncológicas. Claro que isto não diz nada a quem nada percebe do assunto, mas é de uma gravidade sem precedentes.

    ResponderEliminar

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.