quarta-feira, 29 de abril de 2015

À atenção dos consumidores de gás Natural, domésticos ou industriais.


Há uma reunião da Assembleia Municipal de Évora (dia 30 de Abril, às 21 horas) se comparecermos em peso na dita reunião Poderemos perguntar a razão sobre o aumento de 500% da TOS (taxa de ocupação de subsolos). A Galp diz-nos que isso depende da diretiva 12/2014 que impõe esse valores brutais e que foi aprovado pela assembleia Municipal de Èvora. Será uma oportunidade de confrontarmos os nosso eleitos sobre a verdade.
Compareçam todos os que (se) sentem lesados.

Anónimo28 abril, 2015 22:11

16 comentários:

  1. 1-ª pergunta: quem foram os idiotas que aprovaram as leis que permitem este tipo de taxas?
    2ª pergunta: quem foram os imbecis que propuseram a aplicação dessas taxas no regulamento municipal e quem as aprovou?
    3.ª pergunta: desde a primeira aprovação, em 2008, que aumentos sofreram essas taxas?
    4.ª pergunta: se não sofreram aumentos nos últimos anos, como se diz por aí, porque carga de água a Dianagás aplica aumentos de 500%.

    Depois digam quais as respostas.
    Palpita-me que algumas "virgens" que por aqui andam vão sair de monco caído...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Lá está este com perguntinhas de merda.
      Mas alguém está interessado nessas respostas?
      O que interessa é dar sinal de vida. Até porque dentro de meses há eleições.

      Eliminar
  2. Dia 30 lá estarei para conhecer e ouvir o que o anónimo tem para nos dizer e para perguntar aos membros da Assembleia.
    Vamos lá ver se não é mais um daqueles tiros de pólvora seca...

    ResponderEliminar
  3. Hoje recebi uma carta da Autoridade Tributária e Aduaneira.
    Não, não era a carta de demissão do seu Director-Geral, Brigas Afonso.
    Era apenas uma carta para não me esquecer de pagar o IMI…

    Não vou aqui falar da injustiça de ser taxado por ter comprado um T2 na Horta das Figueiras, numa altura em que era mais caro alugar um apartamento do que pagar a prestação do empréstimo ao banco. Nem sequer questiono a necessidade de todos os proprietários pagarem IMI.

    O que me revolta é saber que provavelmente o Ricardo Salgado não recebeu uma carta idêntica…
    O que me revolta é saber que os fundos de investimento não pagam IMI.
    O que me revolta é saber que os estádios de futebol não pagam IMI.
    O que me revolta é saber que as igrejas não pagam IMI.
    O que me revolta é saber que as misericórdias não pagam IMI.
    O que me revolta é saber que os partidos políticos não pagam IMI.
    O que me revolta é saber que as IPSS não pagam IMI.
    O que me revolta é saber que os sindicatos não pagam IMI.
    O que me revolta é saber que as associações patronais não pagam IMI.

    Ou seja, o que me revolta é saber que em Portugal 560 mil imóveis não pagam imposto municipal e o meu T2 paga!...

    ResponderEliminar
  4. A Galp continua a ROUBAR os consumidores Eborenses,até quando ?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Rouba a mando da Camara de Évora do PCP

      Eliminar
  5. Numa terra de comunistas tudo é feito a passo de caracol.
    Só no dia 30 vão se reunir? Será que a conclusão a favor dos extorquidos é marcarem a data da próxima reunião patrocinada pelo PCP?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tem cuidado com o neurónio.
      Com pensamentos tão elevados e perspicazes, o coitado corre o risco de entrar em colapso.

      Eliminar
    2. Se eu fosse a ti lambia menos as botas do dono. Ainda corres o risco de ingerir alguma etiqueta duma multinacional do capitalismo e expulsam-te da matilha

      Eliminar
  6. A Polícia Judiciária está esta quarta-feira de manhã a realizar buscas no escritório do secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, Paulo Núncio, no âmbito do processo dos vistos gold.

    O gabinete de Paulo Núncio, no Ministério das Finanças, está a ser inspecionado pelas autoridades, tal como as instalações dos serviços do IVA, que funcionam no mesmo edifício.

    A investigação da alegada rede de atribuição ilícita de vistos originou várias buscas judiciárias e a constituição de, pelo menos, 11 arguidos. Em causa estão crimes de corrupção, branqueamento de capitais, abuso de poder, tráfico de influências e peculato.

    ResponderEliminar
  7. Espero que tenham coragem para terem convidado a outra parte a estar presente e a esclarecer , pois farto dos argumentos da CME estou eu !!!!

    Jorge

    (ciclista)

    ResponderEliminar
  8. Até agora as várias associações empresariais não se pronunciaram.


    Nere,Associação Comercial e Aresp

    ResponderEliminar
  9. Fui eu que fiz a directiva 12/2014 que permite aumentar a TOS em 500% na cidade de Évora.
    ASs: Zé mentiroso

    ResponderEliminar
  10. Sr. Jorge ciclista,
    O tema não está na ordem do dia da reunião (é publicada em edital... pode lá ir ver...); se são os cidadãos que lá vão para intervir no período em que o público pode usar da palavra, então como é que quer que a Dianagás lá esteja??!!!
    Isso está um bocadinho baralhado...

    ResponderEliminar
  11. O Nere, a Associação Comercial e talvez a Aresp, não defendem os seus associados. Estão a ver se no próximo quadro comunitário de apoio ganham algum, estúpidos são os associados que lhe dão poleiro aos vendidos, deixem de pagar quotas

    ResponderEliminar
  12. "Anónimo30 abril, 2015 10:22"

    Olhe , assim não vale a pena essas reuniões pois não existe contraditório e será o mesmo que um Polícia perguntar ao Ladrão se assaltou o banco ali da esquina .

    Acha que ele vai dizer :

    " sim fui eu pode-me prender "

    Só com o contraditório se consegue perceber o que aconteceu , quem não deve não teme !

    ( por esta hora já terminou a reunião ... mais areia para os olhos ? )

    Jorge
    ( ciclista )

    ResponderEliminar

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.