sexta-feira, 24 de abril de 2015

25 de Abril na Praça do Giraldo com Uxia e João Afonso (às 22HH)


Programa completo em www.cm-evora.pt

5 comentários:

  1. CENSURA de volta ?


    PS........PSD..........CDS...........parecem estar de acordo...........

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Só?
      Vai lá ver o blog anónimo de propaganda comunista MaisEvora...apagam tudo o que seja critica à camara, ao PCP, etc.

      Imagina só se eles mandassem a serio no Pais ou imagina, como seria se o 25 de Novembro não existisse, e eles os comunistas, depois de jogarem borda fora o resto da esquerda, fossem eles os donos do poder!

      Eliminar
  2. Em Évora é sempre assim. Há os Donos Disto Tudo, que por o serem, também se julgam donos do 25 de Abril. O PCP, nos sítios onde tem poder, faz sempre tábua rasa de todos os outros sectores de opinião e organiza a seu belo modo o 25 de Abril, querendo passar a ideia que é o único que o faz. Simula festas de unidade e almoços comemorativos onde apenas quem discursa e usa da palavra são os seus homens de fila. Hoje Pinto Sá, na qualidade de presidente da Câmara, usará da palavra na Praça do Giraldo. Amanhã o PCP organiza um almoço do 25 de Abril, usando uma das associações que utiliza quando se tenta mascarar, e aí também Pinto Sá vai botar discurso. Em Lisboa e em muitas terras há comissões para as comemorações do 25 de Abril, juntando os vários partidos e sensibilidades e com vários oradores (geralmente com alguém da associação 25 de abril). Em Évora é a miséria que se vê. Quem se dispuser a participar no 25 de Abril tem que levar esta noite com um discurso do Pinto Sá e se cair na asneira de ir ao almoço do PCP, lá será servido à hora do café mais um discurso do artista, que "por acaso" também é presidente de Câmara. E desta maneira se mistura tudo: o 25 de Abril, o discurso partidário do presidente da Câmara, o PCP e cada vez menos os cidadãos, a cidadania e o espírito de união que deveria presidir às comemorações de um dia que não é, nem nunca poderá ser, propriedade de ninguém nem de nenhuma força política.

    maria

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Maria, o PC lutou contra o fascismo e não lutou pela liberdade. Nunca um comunista lutaria pela liberdade.

      Se queres comemorar a liberdade nunca poderás ir a festas organizadas por comunistas

      Eliminar
  3. É um facto que já adquiri há muitos anos: Não vou a organizações do PCP!

    ResponderEliminar

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.