quarta-feira, 14 de janeiro de 2015

Charlie Hebdo


O número pós-massacre de Charlie Hebdo já está nas bancas e na internet. Pode ser lido aqui

1 comentário:

  1. A que foi feito não tem desculpa, mas um estado secular, também que legislar no sentido de que a liberdade acaba onde começa a liberdade do outro.
    SE tenho Fé em Deus, para mim é como um Pai, não gosto de ver o meu pai enxovalhado. seria muito mais sensato não deixar fazer a apologia em madrassas subsidiadas pelos contribuintes fazer a apologia do ódio. Cada vez percebo menos os conceitos de integração ou guetização da França Alemanha e Inglaterra.
    A Somar houve aí o desastre da intervenção na Somália, No Iraque, na Líbia e na Síria, atira-se achas para a fogueira e não há plano b, pura incompetência ocidental

    ResponderEliminar

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.