terça-feira, 16 de dezembro de 2014

Évora: debate público sobre o IMI no Centro Histórico, esta noite


“Centro Histórico de Évora, classificação e o futuro” é o tema de um debate que se realiza esta noite no edifício da União das Freguesias de Évora.
A iniciativa realiza-se, a partir das 21:00, a propósito das comemorações da classificação da cidade como Património Mundial da Humanidade.
Segundo os promotores, um dos pontos em cima da mesa é a questão da isenção do Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI) no Centro Histórico de Évora.
Estão previstas intervenções de várias entidades, nomeadamente da união das freguesias, câmara, Direção Regional de Cultura do Alentejo, Movimento de Defesa do Centro Histórico de Évora (MDCHE) e da Associação Portuguesa para a Reabilitação Urbana e Proteção do Património (APRUPP).

1 comentário:

  1. Quem é quem
    Aumentou os impostos;
    Aumentou a idade da reforma;
    Amentou a divida pública;
    Aumentou o desemprego;
    Aumentou a emigração;
    Aumentou o número de ricos;
    Aumentou o número de pobres;
    Aumentou os descontos aos aposentados;
    Baixou os salários;
    Baixou os juros da dívida pública não só e Portugal mas também em Espanha, na Itália, na Grécia e no resto do mundo;
    Baixou o preço de petróleo em todo o mundo;
    Terminou com todas as obras públicas estruturantes para o desenvolvimento
    Não tinha dois mil milhões para o TGV, mas teve oito mil milhões para o BPN;
    Não tinha três mil milhões para novo aeroporto, mas teve quatro mil e quinhentos milhões para o BES;
    Ele é o grande Passos Coelho, tem muitos seguidores pois é um homem nunca visto pois Deus está com ele e vai brevemente recompensa-lo chamando-o para junto de si.
    Du Campo

    ResponderEliminar

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.