sexta-feira, 5 de dezembro de 2014

Este sábado, às 11 H, na Praça do Giraldo

2 comentários:

  1. À atenção das autoridade policiais e de Saúde pública.
    Deambula de noite e dia uma jovem pelas arcadas completamente louca, a exigir tratamento.Ver uma situação destas é chocante ela grita bate com a cabeça nos vidros, deita-se na rua é uma situação a que urge pôr cobro.
    Somos uma cidade património mundial e que oferecemos aos turistas situações de horror e degradação humanaÀ atenção das autoridade policiais e de Saúde pública.
    Deambula de noite e dia uma jovem pelas arcadas completamente louca, a exigir tratamento.Ver uma situação destas é chocante ela grita bate com a cabeça nos vidros, deita-se na rua é uma situação a que urge pôr cobro.
    Somos uma cidade património mundial e que oferecemos aos turistas situações de horror e degradação humana.
    Ao invés CME pôr um pouco de luz na praça do Giraldo alusiva à quadra cada vez se vê menos , já nem parece Natal

    ResponderEliminar
  2. atenção da Administação Regional de Saúde.
    A degradação e desumanização dos serviços de "saúde" no hospital do Espírito Santo continuam.
    Desde incompetência gritante a desleixo, não dá para entender que médicos conhecedores melhor do que ninguém da situação deixem as suas vidas nas mãos de colegas cujo saber científico deixa muito a desejar.
    Todavia o que mais choca até nem a falta de conhecimentos é a altivez de cátedra da incompetência.
    Há exceções há sim senhor Graças a Deus, médicos dedicados e enfermeiros óptimos só que são uma minoria em vias de extinção.
    Basta utilizar os serviços médicos ou de enfermagem de um qualquer hospital público da capital para constatar a diferença abismal.
    Saber cientifico, simplicidade simpatia, não sei se têm a ver com o ser alentejano não sei só sei que é muito triste, até porque quem ali vai, vai em grande fragilidade

    ResponderEliminar

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.