terça-feira, 4 de novembro de 2014

Conservatório Regional do Baixo-Alentejo vai ter cursos de cante alentejano e viola campaniça em Beja e Castro Verde


O Conservatório Regional do Baixo Alentejo (CRBA) apresentou ontem, em conferência de imprensa, as novas apostas. 
Sem perder a sua vertente de formação mais “erudita”, o Conservatório vai ministrar cursos em guitarra eléctrica, baixo eléctrico, contrabaixo, guitarra portuguesa, viola campaniça, acordeão e cante alentejano, entre outros.
Os cursos funcionam em regime livre e adaptados às necessidades de cada aluno. As aulas são ministradas em Beja e na Fábrica das Artes de Castro Verde por especialistas na área da música popular e tradicional.
Francisco Duarte, presidente do Conselho de Administração do Conservatório, defendeu a “abertura à comunidade”. Com a aposta numa vertente mais tradicional, o Conservatório pretende inverter a “curva descente” e contrariar a “morte anunciada”, acrescentou o mesmo responsável.
Mauro Dilema, pianista, Director Executivo do Conservatório Regional, considera que esta abertura a novos estilos musicais importante. O mesmo responsável anunciou a criação, até final do ano, de um centro de investigação em Castro Verde na vertente dos instrumentos tradicionais.
As inscrições para os novos cursos do Conservatório já estão abertas. (aqui)

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.