quarta-feira, 22 de outubro de 2014

Évora: Cruzamentos / Crossroads #2 de volta


Hoje às 21,30H na Igreja de São Vicente em Évora
Na abertura da segunda temporada de Cruzamentos / Crossroads


Alexandra Lucas Coelho guia a leitura de «A inconstância da alma selvagem», de Eduardo Viveiros de Castro

Abrindo a segunda temporada dos Cruzamentos, o grupo de leitura de textos contemporâneos iniciado em 2013, a escritora e jornalista Alexandra Lucas Coelho propõe a leitura de uma das mais influentes obras do antropólogo brasileiro Eduardo Viveiros de Castro, teorizador do perspectivismo ameríndio, activista radical, «espécie de guerrilheiro nas redes sociais». 

Inscrições abertas (jaf@escritanapaisagem.net, ou 931 763 350). O texto é previamente enviado aos participantes.

Já está constituída a proposta da temporada 2014-2015! Podem contar com a presença das e dos leitores Alexandra Lucas Coelho, Ana Paula Amendoeira, João Paulo Príncipe, Christine Zurbach, Helder A. Fonseca, Antonio Sáez Delgado e Hélio Alves. Eis o programa:
22 outubro
Alexandra Lucas Coelho
Eduardo Viveiros de Castro, A inconstância da alma selvagem
12 novembro
Christine Zurbach
Pierre Bergounioux, O estilo como experiência
10 dezembro
João Paulo Príncipe
António Sérgio, Reflexões sobre o problema da cultura
2015
14 janeiro
Ana Paula Amendoeira
Hannah Arendt, A crise da cultura
11 fevereiro 
Helder A. Fonseca
Marta Macedo, Império de cacau
11 março
Antonio Sáez Delgado
Fernando Pessoa, Ibéria. Introdução a um imperialismo futuro 
8 abril
Hélio Alves
Luís Oliveira e Silva, Descobrimento, conquista, encobrimento e recobrimento: os caminhos da incompreensão
13 maio
Última sessão: leitor e texto a indicar

2 comentários:

  1. Gostava de saber onde encontrar os números relativos a pessoas que frequentam a Cultura existente em Évora , exposições , concertos promenade , teatros ... tudo onde a CME mete euros !

    Quantos por mês de um universo de +- 48.000 habitantes ?

    Jorge

    ( ciclista )

    ResponderEliminar
  2. Olhe, se calhar, podia passar a frequentar os eventos, para poder contar as pessoas...

    ResponderEliminar

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.