sexta-feira, 26 de setembro de 2014

Universidade de Évora: desenho mural de Álvaro Siza no Colégio dos Leões




Na sequência da palestra proferida no dia 24 de setembro, no âmbito das Conferências do Cenáculo, na Biblioteca Pública de Évora, o Arquiteto Álvaro Siza Vieira, galardoado com o Prémio Pritzer de Arquitectura (1992), foi convidado a deixar um testemunho no Colégio dos Leões.
O Arquiteto aceitou o convite e a partir de agora o átrio do Pólo dos Leões da UE exibe um desenho mural feito pela mão de Siza Vieira, que desse modo homenageia o Departamento de Arquitetura, a Universidade de Évora e a própria Cidade. (aqui)

11 comentários:

  1. Pólo dos Leões ou Pólo dos Ladrões ?

    ResponderEliminar
  2. e por que não dar o seu nome ao ÁTRIO?

    ResponderEliminar
  3. Eu respondo-te Platero:Porque nem a Universidade nem a câmara comunista estão interessados em reconhecer méritos pessoais.
    E no que à câmara diz respeito e como vai sendo por todos sabido à boca cheia, é dito da edilidade para fora que,por eles, estão dispostos a trabalhar para o colectivo.
    Também toda a cidade deveriam reconhecer o contributo deste arquicteto como das cooperativas no crescimento desta cidade a Poente com o projecto da Malagueira.Mas não.
    Quando as cooperativas adquiriram autonomia e passaram a gerir a sua própria vida e a câmara do «camarada» Abílio, com o arquitecto Jorge Silva e companhia, deixaram de cagar sentenças junto das mesmas, foi o abandono da Malagueira.
    Por isso ela está como está.
    Como tal entendo a parvoíce do «camarada» Abílio em ir mandar umas bocas naquela reunião junto do arquitecto Siza Vieira.Ele foi por nostalgia talvez e porque o partido o mandou,mas jamais poderá esquecer o abandono a que foi obrigado a remeter o complexo da Malagueira.
    Muito haveria para dizer sobre este assunto mas como sou Emanuel e pacificador, fico-me por aqui.
    Obrigado Siza Vieira, que apesar de ter sido maioritariamente reconhecido a partir deste projecto,muito deixou a esta cidade e a preços muito módicos,em apoio das cooperativas que iniciaram este trabalho.
    Uma palavra também para o apoio do ingénuo e bondoso Abílio que fez o que conseguiu fazer.
    Um demérito ao autarca actual, que desprezando aquele espaço por concluir, está uma vez mais a prestar um péssimo serviço ao concelho.

    Espero que te tenha sido útil Platero,com um abraço,em nome de velhos tempos.

    Emanuel

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tanta parvoeira. Entretanto repara que Câmara e a Universidade (através do CIDEHUS) co-organizaram, com a Biblioteca Pública de Évora e a Direção Regional de Cultura do Alentejo, esta vinda do Siza a que assististe.

      Parabéns a todas estas instituições pela excelente iniciativa!

      E, claro está, parabéns ao conferencista!

      Eliminar
  4. Luta pelo poder entre socialistas na associação de futebol de évora.

    ResponderEliminar
  5. Poqrue não o levaram a visitar a Malagueira?Tiveram medo!Eu proprio lhe entreguei um album de fotografias em um realatorio do estado miseravél do projecto.

    ResponderEliminar
  6. Guerra entre facções socialistas na AFE.......................................................

    Já agora quem é o campeão de viagens a Cabo Verde ?

    Quem Paga ?

    Os clubes ?

    A associação de Futebol ?

    Vão lá dar formação ?

    ResponderEliminar
  7. Na Malagueira, na Rua que dá entrada na Cruz da Picada, havia ali em tempos um parque infantil mesmo à direita da estrada. Poderia ser um espaço simples mas cuidado para belo prazer das nossas crianças.
    Não foi nem é . É sim um espaço degradado, podre com algumas tábuas que ainda restam do baloiço ali existente.
    Nem sequer tem a ver com o dinheiro que se poderia gastar mas não gasta.
    Não se faz, não se cuida, porque não há sensibilidade para este tipo de ações.
    Uma tristeza imensa na imagem duma cidade, que mais parece uma cidade que foi evacuada por qualquer motivo...
    Muito mau, muito degradante, tudo isto...

    ResponderEliminar
  8. Álvaro Siza homenageou "o Departamento de Arquitetura, a Universidade de Évora e a própria Cidade"? Ou terá sido homenageado? Quem é merecedor de homenagem?

    ResponderEliminar
  9. Seguro e Pinto de Sá fora da política,já!

    ResponderEliminar
  10. 27 Setembro, 2014 00:31

    O que interessa não é a forma. É o conteúdo.
    Alguem conseguiu congregar todas essas instituições em volta de uma ou mais discussões que se pretendem com mérito e que sirvam a cultura.

    Mas não sejamos ingénuos,nem no que respeita à competência dos protagonistas nem em relação a sinceridade com que proferem determinado tipo de discursos.

    Claro que estive lá e entendo alguns comentadores que aqui propõem que se leve à Malagueira o Arquitecto Siza Vieira. Aliás, ele próprio pressentiu o abandono do projecto por parte da câmara comunista em determinada altura.

    Ficou por cá o Arquitecto Nuno seu discípulo,na esperança de que as coisas tomassem um rumo diferente, mas como é timbre das gentes desta terra e dos governantes que deles provêm,o preconceito mesquinho de um provincianismo de que neste momento é simbolo máximo o Sr. Dr.Pinto de Sá e companhia, tudo se mantém estreito e tacanho,como estreitas e tacanhas são as ideias que desta gente emana.

    Fique-se com o elogio do que o/a preserva meu caro/a e preocupe-se em sobreviver, como é de vosso miserável contentamento.

    Emanuel

    ResponderEliminar

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.