domingo, 28 de setembro de 2014

Cheias na Malagueira: moradores responsabilizam Câmara por manter parque abandonado

14 comentários:

  1. Isto é culpa ainda do Zé Ernesto?
    Da Câmara CDU não é com certeza, a Câmara CDU é do melhor que há, disseram eles há um ano.
    E vão dizer o mesmo daqui a 3 anos!

    ResponderEliminar
  2. A senhora está a chorar por causa do parque infantil?
    Mais uma infâmia típica do profissional da desinformação que a escreve.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Talvez este comentário evite o seu nível de estupidez.
      A lama vem sobretudo do parque abandonado, entope as sarjetas e não deixa a água escoar, formando um verdadeiro lago que inunda as casas. Cada vez que chove um pouco mais, repete-se a situação. Desta vez os bombeiros, para escoar a água, tiveram que levantar todas as tampas das sarjetas, tal era o lixo e a lama acumulados..

      Eliminar
  3. Se o drºSá como presidente tivesse sentido de responsabilidade os responsáveis estas segunda era demitidos,é indigno ver o sofrimento destas famílias e na autarquia continuar tudo igual.
    Porra sabem dos casos em que o saneamento tem problemas graves por dimensão de tubagem versus caixa,todos os meses existem equipas a passar por esses bairros a fazer a limpeza e manutenção,do que estão a espera?existe o imi e taxa de saneamento,acabe com este vergonhoso circo!

    ResponderEliminar
  4. A lama vem sobretudo do parque abandonado, entope as sarjetas e não deixa a água escoar, formando um verdadeiro lago que inunda as casas. Cada vez que chove um pouco mais, repete-se a situação. Desta vez os bombeiros, para escoar a água, tiveram que levantar todas as tampas das sarjetas, tal era o lixo e a lama acumulados..

    ResponderEliminar
  5. É uma vergonha o que se passa com as sargetas nesta zona da cidade em que foi feita a reportagem.
    Dignem-se a passar pela azinhaga que fica paralela à escola da Cruz da Picada e verifiquem o estado das sargetas. Nem praticamente aparecem, com a quantidade de terra batida, lama, folhas, pastos, pedras, tudo o que alguém possa imaginar.
    Esta parte da cidade que fica circundante à escola Cruz da Picada, penso chamar-se Rua Maria Malveira, está há muito esquecida da Câmara.
    Os arbustos são enormes, de tal maneira que se arrastam-se pelo chão, com lixo de toda a ordem.
    Aparecem de 3 em 3 meses a varrer, mas não aparam, nem cortam os arbustos que devem como é obvio ter manutenção.
    Esta zona parece uma zona abandonada, sem qualquer interesse da parte da Câmara, que sabe apenas aumentar os IMIS ainda este ano aconteceu e não faz qualquer limpeza ou manutenção.
    Como munícipe, sinto.me defraudada, pois ainda este ano paguei mais 65 euros de IMI. Para quê?
    Esta zona necessita de um arranjo grande, de limpeza e pavimento no chão. Cada vez que chove bastante, as terras são arrastadas com pedras, porque a zona não está empedrada, nem tem alcatrão. Há uma rampa nesta zona que fica em frente da Rua Maria Malveira, que mais parece uma vereda de cabras numa serra de difícil acesso.
    Não faria mal ao senhor Presidente da Câmara e à sua equipa, saírem dos seus confortáveis gabinetes e encontrarem-se com a realidade, da cidade que tutelam.
    Há que fazer. Há que colocar os desempregados a trabalhar, pois há muito que fazer nesta cidade em matéria de limpeza...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. pagou "65 euros de IMI"?
      Uma sortuda a senhora! Eu paguei quase 500 euros e não vivo em nenhum palácio.
      E, segundo me consta, para o ano que vem novo aumento. Porque o Passos quer dinheiro para pagar as dívidas da banca e o senhor doutor que por cá passou meteu a câmara num buraco sem fundo que a obrigou a empenhar num PAEL que dá dinheiro à empresas das Aguas à custa do bolso dos eborenses.
      Preparem-se que isto ainda vai piorar bastante...

      Eliminar
  6. O jornalista (?!) que assina este blog continua a fazer o seu papel? Já decidiu o nome da candidatura? E o seu amigo Luís Garcia vai ser finalmente um vereador? E o Eduardo a presidente? Vá meus amigos, temos espaço para isso tudo.
    É preferível do que andar aqui a criar notícias de não notícias.
    Mas como não tenho o pé preso a nada, continuo a estar desempregado, eu posso dizer:
    - A camara não pode gastar dinheiro, a solução daquele parque é levantar um muro à volta e comprar a maioria dos equipamentos, assim como colocar relva. A Camara não pode gastar dinheiro nisso, porque o PAEL não deixa.
    - Se contactassem a camara como eu contactei aquando dum cano rebentado teriam a resposta dos serviços como eu tive, e escusavam de andar aqui a papaguear.
    - Aquilo precisa de uma solução, é obvio, mas a camara precisa de saber, e isso não se descobre num site de oportunistas (sim, eu lembro-me da felicidade de alguns escribas de aqui fez ontem 1 ano), mas na denuncia À camara e à junta, mas claramente vocês o que querem não é ver a melhoria da cidade no último ano, é criticar o que ainda não foi resolvido.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Podias treinar o português para a gente perceber o que queres dizer. Assim não dá. Mas percebe-se a intenção: branquear o que está (e continua) mal.

      Eliminar
    2. Olha o funcionário D. hoje levantou-se cedo...

      Eliminar
  7. Comentador das 8h 47min:

    Queria dizer, que paguei mais este ano do que o ano passado, 65 Euros. Pago quatrocentos e tal euros...

    ResponderEliminar
  8. Ainda hå aqui alguem que acredita no corrupto PCP?
    Eles criticavam a anterior Camara.mas somente para arranjar empregos para os comunistas e suas familias.
    De resto a merda tem o mesmo cheiro!

    ResponderEliminar
  9. Isto aconteceu por toda a cidade. E nao venham dizer que é culpa da anterior camara. É culpa sim da actual camara comunista que nada fez desde que ganhou o tacho,sim o tacho. Porque foi para isso que quiseram a camara.Para empregos para os camaradas e restante familia.E para ajudarem o PCP a terem autocarros gratis para a maldita festa do avante. PCP/apenas mais uns mentirosos como os outros.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Aconteceu por toda a cidade e por todo o Alentejo. E, no dia anterior, até tinha acontecido por toda a cidade de Lisboa.

      Por isso está mais que provado que o Ernesto não tem culpa nenhuma e que a culpa é dos comunistas de Évora.

      Haja paciência para aturar alarves que chegam a conclusões destas e suas alarvidades.

      Eliminar

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.