quarta-feira, 25 de junho de 2014

Ó Serpa (Eurico Carrapatoso)



1.
Ó Serpa, pois tu não ouves
Os teus filhos a cantar, \\ bis

Enquanto os teus filhos cantam,
Tu, Serpa, deves chorar.

2.
Aqui tens meu coração,
Se o queres matar, podes;

Tu estás dentro dele,
Se o matas, também morres. \\ bis

(popular)

4 comentários:

  1. À atenção da CME e da Policia de Évora.
    Atos de vandalismo surgem com frequência no parque infantil do Bairro António Sérgio a que urge põr cobro.
    Esse vândalo está perfeitamente identificado é um adolescente que se vangloria de partir e danificar equipamentos do dito parque.
    Cabe a PSP chamar-lhe à atenção para os danos que causa para inclusivé ameaçar de internamento em centro de reabilitação, senão está-se a fazer um marginal.
    O adolescente em causa não tem nenhuma deficiência a única é a deficiente educação e formação.

    ResponderEliminar
  2. GOSTO

    da composição e interpretação

    - Viva SERPA

    ResponderEliminar
  3. JUVENTUDE de Évora o exemplo da Cidadania.

    Sócios recuperam Património........exemplo a seguir.

    ResponderEliminar
  4. ROTUNDA do CRUZEIRO/Bairro do Bacêlo,bermas cheias de Mato,DESLEIXO dos serviços e Pouco BRIO profissional.

    ResponderEliminar

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.