sábado, 28 de junho de 2014

Conselhos e conselhos


Em tempos alguém me deu o seguinte conselho: "fixa o que ouves, regista o que lês".
Na sequência da última reunião do Conselho Municipal de Juventude de Évora, tendo em conta o conselho dado, relembrei e revi algumas coisas que tenho ouvido e lido nestes últimos tempos.
Frases como "vamos dar voz aos jovens", "trataremos todos sem qualquer discriminação", "a lei tem de ser respeitada independentemente da cor política", cativaram muitos e deixaram-me expectante.
Sim. Expectante e na esperança que, embora muitos municípios continuem a menosprezar a importância da existência e do bom funcionamento dos Conselhos Municipais de Juventude, Évora continuasse a ser uma excepção à regra pela positiva.
Infelizmente, os meus receios e os de muitos confirmaram-se.
Évora viu o seu Conselho Municipal de Juventude transformado num órgão que funciona apenas pro forma em questões determinantes.
Em plena Feira de São João, grande parte da gestão da programação do espaco desportivo foi atribuída a apenas uma associação, contrariamente ao que tem vindo a suceder em anos anteriores.
Aos conselheiros apenas foi apresentada a decisão final, sem alternativas.
Ora, sendo este órgão composto em grande parte por associações e instituições representativas dos jovens do Concelho, e exercendo funções consultivas, porque não foi previamente ouvido?
Podia esta ter sido a única questão levantada nesta última reunião, mas assim não foi...
A esta decisão, seguiu-se um acto de total desrespeito por uma das instituições representadas acrescido da violação dos regulamentos gerais e internos actualmente em vigor.
Quando uma instituição, membro de pleno direito, vê o seu voto ser desconsiderado com fundamento numa formalidade inexigivel, respostas exigem-se.
E exigem-se porque um membro de pleno direito do Conselho Municipal de Juventude tem a sua presença e direito de voto automaticamente reconhecidos, não sendo necessárias mais formalidades para a prática do seu exercício.
Exigem-se porque, tendo essa instituição estado presente, com confirmação prévia, em reuniões anteriores, nunca ninguém alegou tal necessidade nem promoveu as diligências necessárias para a sua concretização.
Exigem-se porque nessa mesma reunião houve membros a tomar posse e a instituição em causa não foi contactada nesse sentido, nem sequer no inicio da reunião.
Ao que parece, apenas na altura "ligaram" ao assunto, sendo que nessa altura impediram a consideração do voto e da pessoa indicada por essa instituição como proposta para representante num Conselho Municipal.
Curioso é que, aquando da realização de actividades em que houve interesse na participação de um número elevado de associações e instituições, a opinião dos Conselheiros já tenha sido considerada, não se tendo olhado a cores políticas ou a formalidades às quais só se liga na hora.
Muito de novo se prometeu e até agora pouco de novo se fez.
É pena que parte desse pouco signifique desrespeito por órgãos municipais e instituições nele representadas.
Por isso relembro uma vez mais: "Fixa o que ouves, regista o que lês".
Rita Paias (aqui)

32 comentários:

  1. Não percebi nada. Não chama os bois pelos nomes. Parece que fala para quem lá esteva, ou então em linguagem cifrada.

    ResponderEliminar
  2. Rita, regista lá então isto:

    Os comunistas são grandes democratas...quando estão na oposição.
    Exigem o respeito pelas minorias, exigem ser ouvidos...quando estão na oposição.
    Exigem liberdade de falar...quando estão na oposição.
    Quando estão no poder, seja numa Câmara, numa Associação ou na direcção de uma das escolas desta cidade...transformam-se. Já não são democratas, são ditadores ferozes. Só a opinião deles conta, todos os que pensam de modo diferente são inimigos a abater. E recorrem a qualquer subterfúgio (como essa picuinhice da formalidade da regra não-sei-quê) para impedir os outros de se manifestar.
    Os comunistas são defensores da liberdade de pensar....desde que se pense igualzinho a eles. Qualquer um que queira pensar fora dos seus cânones, é afastado. O pensamento critico e criativo não é bem visto por esses lados.
    Registou?

    Carvalho
    (daqui a pouco aparecerá por aqui um imbecil a chamar-me coisas feias e a falar de azias e não sei o quê mais; não lhe ligues, é um cão raivoso; eu não vou estar cá para lhe responder, vou para o campo limpar a cabeça; bom fim de semana a todos)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Porque não tratas dessa AZIA crónoca e nos poupas às tuas raivas e aleivosias?
      Os 12 anos em que os teus amigalhaços estiveram a saquear e a desorganizar a CME e a levá-la à falência, não foram já suficientes?

      Eliminar
    2. Porque não tratas dessa AZIA crónica e nos poupas às tuas raivas e aleivosias?
      Os 12 anos em que os teus amigalhaços estiveram a saquear e a desorganizar a CME e a levá-la à falência, não foram já suficientes?

      Eliminar
    3. 18:50:
      essa conversa da azia já mete nojo. Vários comentadores já to disseram. Ou és estúpido(a) ou tens muito mau gosto. Não queres parar com a conversa de merda?

      Eliminar
  3. Bem vinda ao PCP. Quem lida de perto com comunistas,depressa os odeia !

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Rita informe-se do que o PCP fez nos sindicatos. De democratas NADA têm,digo-lhe eu.
      E muitos o lugar deles,era na prisão!
      Os comunistas,violam Estatutos,e qualquer lei,seja ela qual for!
      Para se manterem,ou alcançarem os orgãos de direção,eles actuam como criminosos de delito comum. Isto não é exagero da minha parte. É UM FACTO !
      CADEIA COM ELES!

      Eliminar
  4. Não percebi nada, mas é pouca a minha literacia.
    Esta Rita é uma jovem já velha. É mais uma xuxa... à procura daquilo que já se sabe.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. 08:09 nao percebestes porque és um bandido comunista

      Eliminar
  5. JOVENS pediram dinheiro ao Banco para os apartamentos das Pites a custos controlados,pagam a casa e não tiveram casa,tudo foi abafado pela gestão socialista.

    Quem fez isso DEVE ir para a PRISÃO.

    ResponderEliminar
  6. Se não fores sindicalizada na CGTP e/ou no PCP, não MAMAS népia!
    "Néribi". "Nicht". "Rien". "Nestum". "Não há pão pra malucos"

    ResponderEliminar
  7. Respostas
    1. O PCP vive das quotas dos sindicatos.
      Engana os trabalhadores.

      Eliminar
    2. E tal como os outros, também do erário público. E depois tudo é esfarrapado em propaganda e poluição. Já nem se limitam às eleições. Vão poluindo visualmente com propagandas as vilas e as cidades deste país.

      Ninguém tem tomates em Portugal para legislar contra este

      Eliminar
  8. À atenção dos serviços de obras da CME.
    Há cerca de um mês que os sumidouros metálicos da rua Unidade no Bairro dos três Bicos foram roubados.
    Torna-se perigoso e dramático especialmente para os moradores pois de carro não têm acesso às suas casas.
    Urge tomar medidas para minorar este problema, apela-se a entidade competente

    ResponderEliminar
  9. malditos comunistas que roubam,e ocupam tudo piores que ciganos

    ResponderEliminar
  10. Porra, que a azia nunca mais acaba!...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Azia tinha a porca da tua tia!

      Eliminar
  11. Mas, afinal, alguém percebeu de que se queixa a senhora?
    Eu tenho de confessar que não percebi paravina.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nem eu. Não percebi nada.

      Eliminar
  12. A denúncia sistemática dos atropelos da democracia é um acto de coragem.

    ResponderEliminar
  13. Os comunistas gostam de se afirmar como os únicos que combateram o fascismo, mas é preciso combater todos os fascistas estejam no PCP, na CDU ou no PS. O que não falta neste Alentejo são lobos disfarçados de cordeirinhos.

    ResponderEliminar
  14. Um texto maçador. Lixo xuxialista, para encher o ouvido. Falam muito, fazem nada, ou o que fazem, fazem ma!.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. 28 Junho, 2014 18:40
      Hó estúpido comuna,mostras bem o respeito que tu e esse partido/seita,(a que chamam PCP),tem por quem preza a verdade e vos denúncia.
      Além de seres mal-educado e ordinário,(imagem de marca dos comunistas),ainda tens o descaramento de te fazer passar por mais de um comentarista,quando és apenas UM,que andas aqui a tentar calar as pessoas,e a espiar para informares nas reunioes do PCP.
      Sabes que podes meter a AZIA,no cu da tua tia?
      Vai mas é varrer as ruas da cidade,porco.

      Eliminar
    2. 21:45
      A julgar pelo teu comentário «mal-educado e ordinário» nem consigo perceber como tens a lata de acusar outros por aquilo que efectivamente és.

      Eliminar
  15. A menina Rita não sabe escrever ou não consegue explicar o "problema" que a atormenta?
    Ou será que a menina Rita segue a linha daquelas doutas luminárias bem falantes, mas que à frente dos destinos da CME, nos últimos 12 anos, não conseguiram mais que fazer queixas, acusações, fretes a amigalhaços e... muitas DÍVIDAS, para OBRA NENHUMA?

    ResponderEliminar
  16. estes comunas.....faz falta outro SALAZAR para acabar com esta praga!
    dassse!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Salazares cor-de-rosa ou cor-de-laranja é o que não tem faltado por cá nos últimos 38 anos

      Eliminar
  17. Esses conselhos são pura fachada do social correcto,por trás manda a maquina,dos amigos da autarquia.
    Não se admite o que se passa na cidade que é publico e nos vários conselhos com responsabilidade nem se toca nas varias temáticas,na segurança é claro como agua.

    ResponderEliminar
  18. E não há ninguém que aconselhe (ou ensine) a menina Rita e escrever de forma clara e perceptível.
    Eu, pelo menos já li duas vezes, e não percebi nada do que a menina pretende dizer nas linhas, ou nas entrelinhas.
    Se é assunto doméstico, deve tratá-lo nos locais próprios, se é assunto público tem a obrigaçõa de o tornar claro e explicíto para TODOS (e, se não for capaz, peça a alguém que a ensine a escrever).

    ResponderEliminar
  19. Se não fores sindicalizada na CGTP e/ou no PCP, não MAMAS népia!
    "Néribi". "Nicht". "Rien". "Nestum". "Não há pão pra malucos"

    ResponderEliminar
  20. Anónimo28 Junho, 2014 22:31 - Este senhor, pelo que vejo, só aprendeu ou só lhe ensinaram a dizer mal. Nunca vi aqui um comentário deste Senhor, provavelmente engenheiro, como há outros por aí, a dizer bem. Há por aí tantas árvores pertencentes à Câmara a morrer de sede, tem aqui uma boa oportunidade para fazer alguma coisa, ofereça-se como voluntário e vá regar as ditas árvores. É um bom serviço que presta à sociedade. Vou ficar à espera para ver até que ponto este senhor segue o meu conselho. Um abraço

    ResponderEliminar

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.