domingo, 15 de junho de 2014

Acerca do processo de extinção de posto de trabalho na TSF


Um dia deixaram de te telefonar
E raramente te marcavam serviços de agenda
E tu pensaste que era por acaso
E que a direcção devia estar muito ocupada

Depois de ganhares o prémio 'Gazeta' pela segunda vez
Proibiram-te de fazer “grandes” reportagens
Porque a direcção tinha um entendimento do direito de autor
Diferente do teu e do sindicato
E tu pensaste que com o tempo tudo se resolveria

Depois tiraram-te o carro de serviço
E nunca mais te destacaram para cobrir eleições,
Visitas presidenciais ou edição de noticiários
E tu ainda deste o benefício da dúvida

Depois começaram a comunicar contigo apenas por email
A fazerem-te um pedido de trabalho por mês
E o director a ligar-te quatro vezes em quatro anos:
Uma (depois de almoço) a dizer que o teu trabalho estava uma merda;
Outra a dizer que a esponja do teu microfone aparecia suja na televisão;
e duas outras a dizer que estavas na lista para despedimento
E aí começaram a desaparecer as dúvidas

A não marcação de trabalhos, a falta de contactos,
O isolamento, a contínua discriminação, a ausência de meios
Só tinham um objectivo: a extinção do teu posto de trabalho
E a tua substituição por quem, custando menos, se sujeitasse mais

E já não havia mais espaço para ter dúvidas:
No rolo compressor do poder
Só interessa quem custa menos, se submete,
Quem tem medo

Mas um dia destes alguns dos que agora fazem as listas
Também serão postos em listas.
Um telefonema pela manhã dir-lhes-á que já não fazem falta,
Que o seu trabalho não justifica o salário,
Que há sempre alguém mais barato do que eles

E já não terão ninguém para lhes mostrar solidariedade
Porque os que ficarem serão sempre

Os que melhor se deixarem submeter.

(Parafraseando Maiakovsky , Niemöller , Brecht…)

30 comentários:

  1. O PODER CORRUPTO ANGOLANO é hoje dono do Grupo.

    ResponderEliminar
  2. as mafias ligados aos grupos financeiros,mandam em Portugal,tornou-se um grande Bordel a mando da Alemanha,e das mãos Sujas de chineses e angolanos.

    ResponderEliminar
  3. Quem pensa incomoda sempre os filhos da puta.
    Mas vale mais estar do lado dos seres pensantes que do lado dos filhos da puta. Ainda que despedido. Nada paga andar na rua de cabeça levantada. O que não é o caso dos que fazem as listas.

    Carvalho

    ResponderEliminar
  4. Que eu saiba a Alemanha não tem um governo Socialista ou terá e eu não sei?
    Mas já a lavagem de dinheiro de Angola China e outros Paises isso é verdade.
    Mas vejamos chamam aqui Fascistas mas que eu saiba o PS é considerado de Esquerda em que é que ficamos?
    Angola neste momento domina o mercado em Portugal nos Bancos e nas grandes Empresas são SOCIALISTAS ou estarei enganado de novo?
    A China já detém algumas grandes Empresas em Portugal são COMUNISTAS ou estarei enganado de novo?
    Agora vejamos o que se passa na Venezuela andam a matar-se nas ruas mais um Partido Socialista na sua plenitude.
    Na Ucrânia esta-se a passar a mesma coisa pois tem o dedo do PCP OU PS da Russia que aqui nem se sabem de que partido são embora se digam Socialistas.
    O que pensam desta esquerda?

    ResponderEliminar
  5. Isto está bonito, está. a pouco e pouco a imprensa dita livre está num fosso sem saída. Riam-se dos funcionários públicos e dos reformados, mas a vossa vez também está a chegar... Parece mentira não é??, e esperem que ainda virão ai mais más noticias, aqueles que hoje se riem, irão chorar um dia também.
    Isto leva-nos a uma questão pertinente, o que é melhor, anda de cabeça caída mas com ordenado a fim do mês, ou de cabeça erguida e sem um tusto no bolso. Foi uma festa o fim da URSS? , mas esqueceram-se que com o daquela super-potencia, o equilíbrio de forças deixou de existir, agora só há uma voz e essa é a da prepotência de quer posso e mando. Isto está bonito, está....
    MdM

    ResponderEliminar
  6. 22:36,na Alemanha o poder é partilhado pela Angel e SPD(família PS).............Russia e Ucrânia governados por Mafias corruptas a ideplogia Neo-Nazi.

    ResponderEliminar
  7. 22:57 Pois é, é partilhado não é governo sozinho pois se fosse levaria a Alemanha em meia dúzia de dias á ruína como fizeram aqui no nosso País e por onde passam deixam tudo de rasto.
    Esperem que o Toninho Costa lhes vai dar as papas.
    Se ganhar as eleições são 2/3 anos param que tenhamos de ser novamente resgatados mas desta vez vai ser a doer e depois estou para ver o que aqui será comentado. Agora o Toninho Costa vai ser a salvação e depois o que será?

    ResponderEliminar
  8. PC despede 200 trabalhadores em greve
    Publicação: 25 Março 14 09:33 | Sino
    Segundo o PC, é proibido decidir uma greve que «paralise um serviço fundamental para a vida de um País» ou que «volte os trabalhadores contra o governo».

    Pois é, esta foi a grande lição do eterno líder do PC, Álvaro Cunhal, enquanto ministro de um governo comunista.

    Quem havia de dizer, não é?

    Já vimos, com os casos das greves dos CTT e do Jornal do Comércio, quais os meios admissíveis e a que níveis pode chegar a repressão dos comunistas contra trabalhadores grevistas; hoje, vamos recordar a greve da TAP.

    Os trabalhadores dos CTT foram objecto de brutal repressão porque queriam «paralisar um serviço fundamental» e os do Jornal do Comércio porque, ao fazer greve, «estavam a fazer o jogo da reacção»; os trabalhadores da TAP foram militarizados e despedidos porque estavam a «prejudicar o processo de descolonização da Guiné-Bissau».

    É, assim, o PC quando está no governo, como em 1974 e 1975.

    O Primeiro Ministro desse tempo era o comunista de má memória, Vasco Gonçalves; Álvaro Cunhal, líder do PC, era ministro sem pasta; o ministro do Trabalho era o comunista Costa Martins, o tal que pôs os portugueses a trabalhar de borla não se sabendo ainda hoje para onde ou para quem é que terá ido o dinheiro desse dia de trabalho de borla; o secretário de Estado do Trabalho era o comunista Carlos Carvalhas, o tal que, sucessor de Álvaro Cunhal, chegou a secretário-geral, isto é, ao mais alto cargo no PC.

    Um dia de 1974, trabalhadores da TAP paralisaram o trabalho e, em plenário, elegeram um secretariado com competência para agir em situação de emergência.

    A reacção do governo comunista e do PC foi imediata e fatal:

    Começaram imediatamente as pressões no sentido de demover os trabalhadores da greve;

    O ministro de Trabalho, Costa Martins (PC) visitou, no mesmo dia em que começou a paralisação, as instalações da TAP no aeroporto da Portela;

    ResponderEliminar
  9. Depois do sec. XX ter sido dito como o séc. da comunicação e da informação; depois da comunicação social ter sido apontada como o 4º poder; depois de considerarmos o direito de conhecer o que diz respeito à coisa pública... somos agora confrontados com o domínio assumido, claro e até legitimo para muitos, do total controlo da informação e da comunicação pelas industrias do poder. Orgãos de Comunicação Social independentes? profissionais de comunicação com capacidade de iniciativa e de pensamento?
    Meus senhores acabaram as ilusões e os enganos. Quem manda aqui é o poder. E esse não reconhece, nem admite, nem o livre pensamento, nem a autonomia, nem os sonhos de liberdade...

    ResponderEliminar
  10. CONTNUAÇÃO DO COMENTÁRIO DE 16 Junho, 2014 01:23 Entre outros, acompanhavam o ministro do Trabalho o sindicalista comunista Daniel Cabrita, da Intersindical, hoje a CGTP de Arménio Carlos, e o futuro sucessor de Álvaro Cunhal no mais alto cargo da direcção do PC, Carlos Carvalhas;

    Publicamente, o ministro Costa Martins ameaçou os trabalhadores em greve avisando-os contra «as consequências políticas da greve, na situação particular em que o país vive», e chamando-lhes a atenção para o «carácter extra-sindical da greve».

    Na comunicação social, toda controlada pelo PC, espalha-se o boato de que a ligação Lisboa-Bissau não estaria a funcionar, pondo em dificuldade o processo de descolonização.

    Este boato seria desmentido liminarmente pelos grevistas em futuros comunicados;

    Na madrugada do dia seguinte à visita do ministro comunista, tropas do COPCON ocuparam o aeroporto de Lisboa;

    Um comunicado informou, publica e profusamente os trabalhadores grevistas, que esta «força de choque do COPCON, completamente armada em moldes de entrar em combate imediato, era composta por uma companhia completa de comandos; uma companhia completa de paraquedistas equipados de camuflado, cada militar com quatro cartucheiras, faca de mato, e armados de metralhadoras G-3 e G-3 calibre 7.62 de coronha retráctil; cinco carros de combate chaimites com os ninhos de metralhadoras virados para os trabalhadores e cães polícia.

    Dois dias após o início da greve, o ministro do Trabalho e o comandante do COPCON, Otelo Saraiva de Carvalho, anunciaram aos trabalhadores grevistas que o pessoal da TAP era enquadrado militarmente, ficando sujeito ao Regulamento de Disciplina Militar.

    A célula do PC na TAP emite um comunicado em que denuncia a actividade na greve da TAP de «esquerdistas e aventureiros que estão objectivamente a fazer o jogo das forças mais reacionárias».

    O Partido Comunista também emite um comunicado em que convoca «ao fim da greve, ao repúdio de novas aventuras e tentativas de provocação, e à rápida normalização da situação na TAP».

    Em Setembro uma assembleia de trabalhadores decide uma paralisação total a partir das zero horas de 24 «se não for dada resposta ao caderno reivindicativo e retiradas as forças militares do aeroporto».

    A repressão amplia-se:

    O destacamento militar que guarda o aeroporto é reforçado em resposta à ameaça de greve;

    Sete trabalhadores são chamados a depôr para averiguações pelas autoridades militares;

    São despedidos 200 trabalhadores, todos das oficinas mecânicas, ao abrigo do Regimento de Disciplina Militar;

    Onde é que andava Arménio Carlos?

    ResponderEliminar
  11. O império com pés de barro [a Controlinveste] ruiu com a crise, mas os bancos injectaram lá milhões para manter o controle.

    A solução encontrada é política: a escolha para presidente da empresa de Proença de Carvalho — homem para todos os regimes do poder e do dinheiro (e advogado de Sócrates) —, e a escolha dum protegido do BES, familiar de Cavaco mas de facto com ligação ao PS socratista (como o revelaram as escutas da Face Oculta no CM) apontam para a mesma triste aliança obscura entre media e dinheiro e política dos poderosos.

    Agora despediram bons profissionais independentes ou de áreas políticas desafectas aos novos donos. Socratinistas e costistas ficaram lá todos.

    O mesmo em Espanha: os bancos, em conúbio com o governo Rajoy, tomam conta dos principais media. Sinal do século XXI: com a Internet e a fragmentação dos media, o poder mediático disseminou-se de tal forma que os poderes fácticos de sempre — o dinheiro e seus agentes políticos — precisaram de voltar em força ao controle férreo dos media e encontraram em alguns jornalistas bem pagos agentes sabujos para o exercer.

    Os poderosos servir-se-ão dos seus media, mas, mesmo que os cidadãos não os leiam, eles farão contas para ver se os negócios que ganharam pela porta do cavalo compensam os prejuízos com os seus media e as notícias ou "notícias" neles plantadas. Entretanto, como qualquer industrial do capitalismo selvagem, destroçam vidas, fazem concorrência desleal aos media honestos e enganam o povo

    ResponderEliminar
  12. 09:11
    Tanta cassete....estes comunas aproveitam tudo. Até a desgraça dos outros. Este palavreado todo para se tentarem fazer de santinhos.
    Vocés são muito piores que o capitalismo.
    A história já o provou.
    Tenham juizo e trabalhem como todo o mundo.
    Deixem essa doutrina doentia. Já ninguém os acredita. Desistam seu facinoras.

    ResponderEliminar
  13. http://www.alentejoemlinha.pt/extinta-talvez-nao/

    ResponderEliminar
  14. 10.000 Suicidios na EUA e Europa provocado pela Crise,segundo os media europeus.

    ResponderEliminar
  15. Peço desculpa por usar o Acincotons para este fim...Mas o blogue mais EVORA APAGA TUDO. Como tal publico aqui em forma de protesto e denuncia.


    "Este blogue é pertença do PCP e como tal no PCP democracia e liberdade de expressão não existe. APAGAM TUDO O QUE NÃO LHES FAVORÁVEL . UMA VERGONHA UM PARTIDO QUE ENCHE A BOCA COM OS VALORES DE ABRIL.
    ISTO SÓ POR SI JÁ DEMONSTRA QUE O PCP É UMA DITADURA SELVAGEM .
    MANOELINHO OU MELHOR DIZENDO: PCP DE ÉVORA RUA DE AVIZ 97.
    ASSIM NÃO VÃO LONGE. As pessoas escrevem aqui...no dia seguinte voltam e está tudo apagado. É uma desilusao este PCP ! "

    ResponderEliminar
  16. 16 Junho, 2014 11:46
    Como se vê, para o chupa pilas do centrão, é tudo comunismo e comunistas.
    Até o texto acima de Eduardo Cintra Torres, publicado no Correio da Manhã, é "doutrina doentia de comunistas".

    Olha lá, ó imbecilóide, porque não vais tratar essa paranóia, e nos deixas em paz?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tens cá uma tara: estás sempre a falar de pilas, pá. Tu é que sabes daquilo de que gostas....

      Eliminar
    2. Eu deixo-os em paz sim! Eu até os desprezo !!!
      O problema são voces mesmo que não deixam em paz o povo e os trabalhadores,dizendo só mentiras.
      São voces que não deixam em paz ninguém porque querem dominar e controlar as pessoas,tipo KGB. Voces andam nas escolas e nos centros de saúde e demais postos de trabalho,disfarçados de sindicalistas,a impingir fichas de inscrição no PCP. E o trabalho sindical,esse fica por fazer,pois vocés são elementos do PCP e não dirigentes sindicais. Neste campo deviam ir responder em Tribunal pois URSUPÁRAM funçoes. EU pergunto o que aconteceu aos dirigentes sindicais que nos visitavam no trabalho???? Que lhes aconteceu,pois desapareceram de um dia para o outro como mágica...vocés são uns bandidos e não cumprem as leis. EXCEPTO AS DO TRIBUNAL CONSTITUICIONAL. Mas um dia isso há-de ter um fim.

      Eliminar
    3. Se o chupa pilas, o diz, está confirmado que o critico de tv, Eduardo Cintra Torres, é um perigoso comunista.

      Eliminar
    4. 15:19
      Este comentador já começa a cheirar mal. O PCP incúmbio-lhe a tarefa de ofender quem comenta aqui ? Será que querem impedir a todo o custo o Direito consagrado de Liberdadade de Expressão na Constituição da Répública Portuguesa ( que tanto dizem defender ) ?
      Assim se vê a força do PC !
      ...e os fascistas são os outros....ou serão vocês PCP ???

      Eliminar
    5. ó chupa pilas essa tua paranóia anti PCP, a despropósito de tudo e nada, já enjoa.
      Vê se te tratas e nos poupas à tua imbecilidade fascistóide.

      Eliminar
    6. 21:43 Queres calar-me? Adoravas saber quem eu sou,não é? Será que sou um camarada teu,de dentro do PCP,sentado a teu lado nas reuniões secretas do partido? Serei algum latfundiário a quem vocés fizeram mal?
      Serei de Évora? De Montemor? De Arraiolos? Das Álcáçovas? Serei um só? Serei de outro partido? Ahahah! Uma coisa tens tu a certeza....conheço-os demasiado bem e os vossos podres todos. Não tens como me calar,porque NÃO CONTROLAS A INTERNET,e isso para vocés é inadmissivél. Mas desengana-te porque há muita gente a publicar,( os comentários não são todos meus). Vocés adoravam controlar o Acincotons não era? Que chatice....olha temos pena. Fica com o Mais Évora onde podes apagar tudo. Até amanhã camarada....

      Eliminar
    7. És apenas um chupa pilas cretino e paranóico, que vem para aqui destilar ódio, insultar e acusar sem provas nem fundamentos. Á boa maneira salazarenta, todos os que te contrariam e aqueles com quem não concorda são um bano de comunas e gente do PCP.
      Vê se tratas e nos poupas à tua imbecilidade fascistóide. Porque senão afugentas os leitores e visitantes do blogue.
      É que, por mais que zornem, vozes de burro não chegam ao céu.

      Eliminar
    8. profissionais do PC são mandados parasitar os blogues cá do sítio não deixam passar nada, ocupam o espaço, enchem-no e no deles .... apagam o que não gostam! guerra dos blogues, PCP tipo PC Chinês...

      Eliminar
    9. O cretino chupa pilas levantou-se cedo e regorgitou o primeiro vómito do dia.

      Eliminar
  17. Fórum Democracia & Sociedade

    PRIMÁRIAS NO PSD.
    Na sequência dos resultados eleitorais que demonstraram um alheamento substancial dos eleitores em relação aos grandes partidos do arco da governação Rui Nunes defende que também o Partido Social Democrata deve iniciar um processo de revisão dos estatutos que permita que as próximas eleições para a presidência do PSD possam decorrer com a participação de militantes e de simpatizantes. Defende ainda que este processo de revisão estatutária deve iniciar-se de imediato, com serenidade e transparência, de modo a evitar qualquer cenário de desestabilização política.

    ResponderEliminar
  18. Há uns senhores que enchem a boca com a palavra precariedade.

    São aqueles que na cme só admitiram nestes 8meses mais de 50 poc's.
    Se isto não é precariedade; então o que é?
    Os resultados estão à vista:
    Lixo+ lixo+ ervas + buracos - obras.
    E eu pensava que se tinha batido no fundo!

    ResponderEliminar
  19. Já foi criada uma consulta médíca para CURAR as pessoas do vicio do facebook.
    Os americanos estão a desenvolver um estudo para criar uma consulta para curar comunistas,em que envolve cirurgia para retirar a tão famosa,mas cancerigena cassete comuna.
    Passos Coelho aderiu ao estudo,e prepara-se para enviar 1000 comunistas portugueses para os Estados Unidos,para serem submetidos a testes. A escolha de comunistas portugueses,deve-se ao seu grave estado de doença crónica.
    Finalmente,existe uma esperança na cura desta doença,que tantas vitimas tem causado no nosso país.

    ResponderEliminar
  20. Ai se o PCP pudesse....
    Não estavamos aqui a escrever.
    Estariamos talvez numa Sibéria qualquer a partir pedra e a levar chicotadas nas costas.
    Democracia e liberdade de expressão são dois valores muito incómodos para o PCP.
    Na Coreia do Norte também não ligam muito a isso eheheh
    Em Cuba por acaso também não...
    Acho que tenho arranjei uma boa solução para a felicidade do PCP e seus seguidores....EMIGREM PARA A COREIA DO NORTE,e sintam-se no PARAÍSO....mas vão todos,mesmo!
    Resolviam 2 problemas .
    Voces estavam felizes...e o Povo portugués via-se livre de vocés para sempre!
    Digam lá que não sou vosso amigo? Quem tem boas idéias? Quem tem? Digam lá...

    ResponderEliminar
  21. Na primeira noite eles se aproximaram e ofereceram-nos promessas
    E não dissemos nada
    Na segunda noite, disseram que as promessas têm um preço
    E nós pagámos
    Até que um dia já não nos deram promessas
    Porque nos secaram
    E dizem-nos que temos oportunidades
    E nós o que fazemos?

    ResponderEliminar

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.