segunda-feira, 14 de abril de 2014

Há outras évoras que (também) merecem

hoje está igual há dois anos atrás (aqui)

Senhor Presidente da Câmara

Nasci e tenho vivido nesta cidade já lá vão mais de 60 anos, para mim é o lugar mais lindo deste país, é com profunda tristeza que assisto ao definhar da nossa terra, basta passear pelo centro histórico e ver prédios abandonados,pavimentos degradados, ruas sujas, fora do centro histórico a situação em termos de limpeza ainda é mais grave, sujidade,passeios transformados em autênticos matagais.
Sei que tem feito um esforço enorme para mudar uma situação que herdou caótica, aquilo que lhe peço é que tente mobilizar os serviços de higiene e limpeza para um esforço redobrado e para que ao menos esta cidade a nível de higiene e limpeza apresente uma melhor imagem,como eu gostaria de ver a minha cidade pelo menos limpa..........com ruas onde desse gosto andar, sem lixos, porcarias e matagal.

Anónimo
14 Abril, 2014 13:27

10 comentários:

  1. Existem muita sabotagem contra o actual governo da cidade,antigos xuxas tem feito de tudo,muitos terinhos do pcp sem calo politico estão e andam a ser comidos as claras.
    Na quinta feira o acampamento ilegal aqui descrito rua duas arvores Malagueira foi mandado retirar por a autarquia e psp tudo identificado,a PSP ficou com a responsabilidade de vigiar o espaço e não permitir montagem de tendas e permanecia naquele espaço,hoje o acapamento cresceu com o fim de semana nem a PSP se aproxima,é uma VERGONHA a juntar o lixo e o resto,Pinto de Sá abre os olhos os teus meninos!!!

    ResponderEliminar
  2. Ai na rua das 2 arvores Malagueira o brilhante e experiente srºRusso presidente da União da freguesias h. figueiras Malagueira mandou retirar as pedras que impediam o acesso destes habilidosos de imoveis sociais,nesse mesmo dia da saida das pedras um familiar deu o sinal,a chegada de artistas não tem parado e aquele espaço a noite esta em lotação maxima e durante o dia fica a amostra de varias tendas.
    Valente e tremendo erro deste senhor do teatro que de politica e da cidade conhece ZERO!Pagam os moradores e quem visita a obra Siza Vieira e a cidade!

    ResponderEliminar
  3. @17.17
    É o costume,quando se apanham no poder e não resolvem os problemas só pode se por sabotagem da reacção. Os "sabotadores" são os que se atrevem a criticar.

    ResponderEliminar
  4. Èvora tornou-se uma triste e suja e degradada cidade a custa destes politicos de fraca personalidade e capacidade,este caso deste presidente de junta junta-se a outros casos parecidos como uma casa com quintal para um cão a exelencia e outras patacoadas conhecidas.
    Onde param os verdadeiros politicos que conhecem a CIDADE!???

    ResponderEliminar
  5. A POLICIA em Évora não existe .

    ResponderEliminar
  6. Estacionamento Ilegal no acesso ao Pingo Doce (BP)...Policia nada Faz

    Estacionamento Ilegal na Paragem autocarro Universidade....Mitra(junto campo de jogos do espirito santo)...Policia Nada Faz.

    Rua romão Ramalho,vandalismo,Bebedeiras,falar mal,rua transformada em estremaira....Policia nada Faz.

    Servem apenas para multarmultarmultarmultarmultarmultarmultarmultarmultarmultar

    ResponderEliminar
  7. "Évora bem merece o carinho Municipal para que os turistas a olhem como sinal de progresso,de cuidados na sua hospitalidade. É justo enaltecer a decisão da Cãmara Municipal e apela-se aos moradores que não a sujem e que cuidem dela como Évora merece.

    Cidade Branca foi a sua grande marca

    Voltará a sê-lo "


    Madeira Piçarra (Diário do Sul)

    ResponderEliminar
  8. Mas tem que haver coordenação e organização nas equipas de limpeza,já passaram na Malagueira,mas só fizeram algumas ruas e abalaram,assim é impossivél,quando voltarem de novo as primeiras estarão novamente a precisar de limpeza.

    ResponderEliminar
  9. ainda pior que as ervas, naturais com num ano chuvoso como este, e que as casas a cair no centro da cidade, foi o tipo de arquitetura escolhida para a construção das novos predios e bairros, autenticos monos que ficarão no futuro a brindar os olhos de quem infelizmente cá tem de viver, e das pessoas que nos visitam. Uma vergonha irremediável (e não vamos falar em rotundas...)

    ResponderEliminar

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.