segunda-feira, 17 de fevereiro de 2014

Dizer não ao Tratado. Um desafio para as Europeias

Nas últimas semanas temos assistido ao início de uma campanha de propaganda ao Governo que continuará até ao final do actual programa de resgate financeiro e consequentes eleições para o parlamento europeu.
A mentira da retoma económica será repetida até à exaustão com o apoio da comunicação social e dos habituais comentadores de serviço.
A verdade é que a continuação da actual política, à semelhança do que aconteceu na Irlanda, irá continuar a degradar o Estado Social, a reduzir os níveis de vida das camadas da população mais vulneráveis (camada que será cada vez maior), a alimentar o desemprego e a empurrar para fora do país cada vez mais pessoas.
O Governo não está muito interessado em saber se existirá outro programa de resgate, ou programa cautelar, ou o que quer que seja, pois sabe que o caminho será determinado pelo Tratado Orçamental Europeu. Um Tratado que exige uma elevada carga de austeridade. Passos Coelho, Portas & Companhia estão confiantes, pois sabem que o caminho da austeridade e do controlo europeu sobre os orçamentos e défices nacionais tem o apoio do PSD e do CDS, mas também do PS de António José Seguro.
Será difícil enfrentar a mentira, mas cá estaremos para lutar com todas as nossas forças. Este Tratado Orçamental não nos serve, e será em torno do debate sobre este atentado europeu que a esquerda se deve unir. Esquerda que mais uma vez não se enquadra, infelizmente, neste Partido Socialista, que continuará a dizer uma coisa na oposição e a fazer outra enquanto governa. António José Seguro procurará falar pouco sobre o tratado Orçamental. Cá estaremos para o confrontar, pois ele, à semelhança de Passos e Portas são os grandes obstáculos ao crescimento, à prosperidade e à justiça social.
Porque é urgente Desobedecer à Europa da Austeridade…!
Até para a Semana.

Bruno Martins (crónica na Rádio Diana)

8 comentários:

  1. ULTIMA HORA.

    POLICIA de CHOQUE na CCRDA.

    ResponderEliminar
  2. Passos Coelho envia a Policia de Choque para CCRDA,tem MEDO do quê?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se calhar é para manter á distancia os ordinarios

      Eliminar
  3. Quem comanda, o capitão maltês?

    ResponderEliminar
  4. Poiares Maduro veio a Évora escoltado pela policia de Choque e vários Agentes do SIS...quem tem CU tem Medo.

    ResponderEliminar
  5. Os comunistas são seres perigosos e em via de extinção,mais vale prevenir que remediar,Évora é um bastião comunista por isso a sua autrquia esta na falencia.
    A esquerda desde o 25 de abril tem conseguido torrrar a cidade já falta pouco para o sonho,quanto pior melhor,mas aqui em Évora só terra queimada vai sobrar garantidamente!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E os tontos e cretinos estão em que vias?
      E nem estou a pensar naqueles que desgovernam o país há mais de 3 décadas, mas sim nos pobres tontos que lhes servem de capachos.

      Eliminar
  6. os comunas ainda nao perceberam que estao no fim

    ResponderEliminar

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.