quarta-feira, 29 de janeiro de 2014

Quem é o PSD para decidir sobre a vida afetiva/familiar das crianças portuguesas?


Pena que o Dr. Hugo Soares, não peça um referendo para saber se os portugueses partilham da ideia e aceitam as mordomias em que os políticos vivem.
Pena que não faça um refendo sobre se as prioridades onde se gasta o dinheiro dos contribuintes. 
Porque é que o estado põe como prioridade construir auto estradas em alguns casos quase paralelas umas às outras e não há-de investir na escola pública?
Porque não fazer um refendo a questionar se concordam que pessoas sem concorrer a qualquer concurso público possam entrar diretamente no estado e ganharem salários de fazer inveja a qualquer mortal, só porque se é político?
Havia muitas questões que deveriam ser referendadas, essas sim de grande importância para a vida dos portugueses.
Quanto ao assunto que é a matéria do referendo direi: Quem é o PSD para decidir sobre a vida afetiva/familiar das crianças portuguesas? 
O que os incomoda?
Uma falsa moral judaica/cristã ressabiada e não fundamentada em nada de lógico e que possa ser um crescente de felicidade para essas crianças?
Como é possível estas criaturas não pensarem que muitas das crianças (não todas), que são adotadas, são filhos de heterossexuais, que as abandonaram, maltrataram, negligenciaram- nos em alguns ou muitos momentos das suas vidas?
Foram maus cuidadores, péssimos agentes afetivos, que na hora de amar quem não pediu para vir ao mundo lhe voltaram as costas.
Bem sei que haverá aqueles que são órfãos, mas uma grande parte são crianças mal amadas, muitas condenadas para viverem enclausuradas em instituições, até poderem dar voos mais altos.
É inconcebível que pessoas que deveriam ter uma certa formação moral e intelectual, usem este grupo desprotegido e com uma dose propositada de preconceito, tentem adiar ou mesmo retirar-lhe a estabilidade e o equilíbrio emocional que uma grande parte destas crianças encontra, quando tem alguém que a ame e aceite tal como é: incondicionalmente.
Estes políticos deveriam ter um pouco de vergonha, de bom senso e pensarem que há coisas que não são negociáveis nem referendáveis.
Penso que o que pretenderam não será legitimado pelo tribunal constitucional. Poderia o assunto ter ficado logo decido em Belém. Mas quis o nosso Presidente lavar as mãos deste assunto, para que não fique mal visto...
Assim sendo, dentro de dias teremos a resposta que ao ser contrária ao que pretende a bancada do arco da governação, poderá suscitar aos mesmos, mais uma derrota. Mas que é isso para gente que tão habituada está a tantas guerras com o T. Constitucional?...
Algo acontecerá em seguida.
Direi apenas para concluir: Ninguém tem o direito de roubar o sonho, o amor a família e a felicidade de ninguém. Muito menos desta forma que envergonha qualquer mortal que se preze...

Anónimo
29 Janeiro, 2014 18:29

24 comentários:

  1. Os gays, paneleiros ou o que lhequeiram chamar são diabólicos. Primeiro dão este passo da coadopção e a seguir fica o caminho aberto para a adopção... SOu filho de pais hétero, como não podia deixar de ser. Amaram-me como mais ninguém me poderia amar...sou pai de Hetero e ninguém ama mais os meus filhso que eu.... De repente parece que os casais perfeitos são os homossexuais e não os hétero.... e uma completa mentira. Os casais homossexuais masculinos separam-se muito mais que todos os outros, tem ciúmes , conflitos e pancadaria de três em pipa...e agora parece que são os melhores???? Mafiosos do caraças....e a população deixa-se ir atras da comunicação social... controlada por eles.... Estamos todos parvos ou o quê. Detesto o psd, e sei que fizeram por jogada politica, mas eu não iria querer que os meus ricos filhos fossem educados por bixas... de forma alguma... Haverá alguma ligação mais forte que a de sangue?
    As madrastas e os padrastos são melhores que os pais???? Tretas
    Parece que esta tudo maluco....
    Qualquer dia ate me sinto mal por ser heterossexual....
    Sabe-se alguma coisa como é que a educação feita por paneleiros??? E se não sabemos esta correto fazer experiencia com a vida de criança?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo das 22h57

      O que se sabe é que por exemplo enchem menos paginas de jornais com violência doméstica do que os casais "normais hétero". Não há semana nenhuma que não morram duas ou três mulheres, vitimas de namorados, companheiros ou maridos. Algumas destas mortes são presenciadas pelos filhos.
      Quanto a serem mafiosos, não sei se são. Poderão sê-lo tanto, como qualquer outro comum dos mortais.
      Não acho normal que se entenda que dois homens ou duas mulheres, tenham menos condições para educar e amar uma criança do que um casal hétero.
      As famílias, "ditas normais" tem tendência em se cruzar cada vez mais com todas as outras. Quer sejam de acolhimento, ou casais do mesmo sexo.
      O que se pretende é que crianças a quem nunca foi dada oportunidade de terem um pai ou uma mãe adotiva, a quem muitos heterossexuais, nunca lhe passou pela cabeça adotá-los, possam sê-lo à luz da justiça, por pessoas que as amem verdadeiramente.
      O que interessa é que as pessoas cuidadores e adotantes, sejam integras, equilibradas emocionalmente. Este requisito é extensivo a todos os seres humanos certo?...
      O preconceito é uma chatice em certas cabecinhas..
      Mas quer ele exista ou não a vida acontece e há coisas que são inalteráveis...

      Eliminar
  2. 22.57

    Tu é que me saiste um bom paneleiro, ao pensares que só o teu modelo educativo é que vale. Vai pescar trutas no Sado, que a vida é mais larga do que a tua rua.

    ResponderEliminar
  3. 22:57

    Escuta este conselho de amigo, não te metas com paneleiros, fazem-te a vida num inferno.... Agora caem-se aqui ao paneleiros e as lésbicas de empreitada contigo, que vais dizer mal a vida...

    ResponderEliminar
  4. Anónimo das 22:57

    - "Sou filho de pais hétero, como não podia deixar de ser"
    - "como não podia deixar de ser"! Ah! Ah! Ah! Ah! Ah!

    ResponderEliminar
  5. Há aqui comentadores que deviam ver referendado o seu direito a deixar de ser imbecis...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Voto neste comentário como o melhor do mês, o que por ora quer dizer o melhor do ano! E também voto nesse referendo.

      Eliminar
  6. Oh primeiro comentador, tens mesmo a certeza que és heterossexual?
    Porque é que esperas pelo "qualquer dia" para te sentires mal com a tua heterossexualidade?
    Não te sentirás já mal com ela?
    Deves ser mais fascista que os jotinhas dp PSD?
    Razão tem o comentador atrás. A tua imbecilidade e de outros quejandos como tu é que devia ser referendada .

    António Gomes

    ResponderEliminar
  7. António Gomes

    Isso são mesmo comentários de paneleiro. Mas tens direitoa tê-los, se és, fazes bem em assumir para não te sentires mal contigo mesmo.

    ResponderEliminar
  8. @22.57
    Será que é mesmo hétero? ou é como muitos não quer experimentar com medo de gostar?
    A esse senhor gostaria de dizer o seguinte: eu sou heterossexual, considero-me igual aos homo, sou mulher tenho filhos e considero-me uma boa mãe, mas reconheço que existem casais héteros que têm filhos e nunca os deviam ter tido, sei que há n crianças institucionalizadas que podiam com familias que lhes dessem, carinho e um lar. Apelava aos comentadores para fazerem um debate sério sobre o superior interesse da Criança e não sobre a sexualidade de cada um. Será pedir muito ?

    ResponderEliminar
  9. 12:26

    Quem quer filhos vá pari-los.... Este grupo ultraminoritario qualquer dia acaba por impor o seu estilo e ocncepção do mundo aos outros, são piores que os ciganos...
    Vejam o que esta a acontecer em França.

    ResponderEliminar
  10. Há comentadores, cuja falta de civismo, ultrapassa os limites de um ser humano.
    Não sei se merecerão desprezo, se pena.
    Serão falhados?...
    Pra eles apetece-me, como Cicero, gritar-lhe: "Quo usque tandem, abutere, Catilina, patientia nostra?"

    António Gomes

    ResponderEliminar
  11. Ó anónimo, anódino das 12.10,
    porra que, te sentiste ofendido mesmo ofendido e lá vieste com ofensas gratuitas.
    Quando escrevi o meu comentário, era mesma para isso. Para mentecaptos como tu é o merecimento que esperam.
    Digo-te , utilizando a palavra abjecta que usaste, que não sou paneleiro,
    mas que o fosse não tinhas nada a ver com isso, assim como respeito, que sejas um heterossexual falhado.

    António Gomes


    ResponderEliminar
  12. PANELEROS SAO REPUGNANTES
    QUE NOJOOO

    ResponderEliminar
  13. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  14. Os paneleiros e as lésbicas cada vez tornam-se mais ousados... Por alguma razão Évora teve um tribunal da Inquisição...
    Por vezes há razões que a razão desconhece...

    ResponderEliminar
  15. Se imbecilidade paga-se imposto o nosso governo não precisava de nos estar a roubar.
    Um tema como a co-adoção merece mais respeito por parte dos comentadores deste blog, e depois misturar uma coisa abjecta como a inquisição, com este assunto é mesmo de alguém que no mínimo nem sabe do que está a falar.
    Depois virem para aqui com palavreado insultuoso (paneleiros, lésbicas, etc), é mesmo de mentecaptos.
    Para esses mentecaptos é preferível uma criança ser abandonada ou mesmo violada pelos seus progenitores do que ser adoptada por um casal de homossexual.
    Será que não sabem que hoje em dia já é possível uma pessoa só possa adoptar uma criança e depois se essa pessoa viver em comunhão com outra da mesmo sexo já não pode, e se essa pessoa adoptar uma criança legalmente e depois essa mesma pessoa casar om outra do mesmo sexo, perde o direito à criança?. e se acontecer um problema com a pessoa que adoptou a criança morre ou ficar impossibilitada de tratar dessa criança, porque razão o seu companheiro/a não pode assumir essa função.
    Ou para estes mentecaptos é preferível uma criança ficar toda a vida numa instituição com todos os problemas que dai advém.
    Pensem um pouco sobre o sofrimento duma criança desprezada pela sociedade. PENSEM homens/mulheres que escreveram as barbaridades dos comentários anteriores.
    Pensem, coisa que parece que é cada vez mais difícil de fazer nos dias de hoje, talvez devido à alienação do nosso dia a dia com programas estupidificantes das nossas TV's (Não é por acaso que o maior lixo televisivo das nossa TV privadas, seja o programa mais visto em Portugal), por alguma razão isso acontece, e está bem patente nalguns comentários aqui existentes..
    MdM

    ResponderEliminar
  16. A maioria dos violadores de crianças são paneleiros.... Essa é a realidade. Entregar essas crianças a paneleiros é entrega-las diretamente aos criminosos
    Essa é a realidade.... Se os paneleiros quisessem crianças para criar tinha escolhido a via hétero e ter filhos como todos os outros casais.
    Ainda por cima os paneleiros e as lésbicas são um peso para a segurança social...

    ResponderEliminar
  17. ABAIXO A PANELEIRGEM E AS LÉSBICAS.
    SAO UMA AMEAÇA Á SOCIEDADE NORMAL..

    ResponderEliminar
  18. Que grande carga de imbecilidade e de burrice aqui vai na boca de alguns comentadores.
    Marialvas de meia tigela, que pensam que e o que faz com que um ser humano seja superior ao outro em termos de cidadania se mede com o que tem entre pernas e o que decidem fazer com tal.
    Não fará no meu entender destes, serem maiores homens ou mulheres, na sua dimensão pessoal. Seria impensável que um sujeito deste tipo adotasse fosse que criança fosse, pois a forma como verbalizam as suas emoções e pensamentos sobre o tema é de alguém que não tem o mínimo perfil para ser pai/mãe adotante, ainda que possam ser heterossexuais.
    Imaginem que estes cidadãos do mundo que tão bem se sentem com a sua masculinidade, e tão preocupados estão com a possibilidade de crianças serem adotadas por homossexuais, descobrirem um dia (caso adotassem) que o seu filho adotivo, filho de um casal puro de heterossexuais, fosse um dia gay?...
    Que destino lhe dariam quando soubessem?
    Queimado na fogueira?...
    Afogado?...
    Faziam-no desaparecer?...
    Fica a questão...
    É lamentável ainda haver gente com tão pouco conhecimento e tão limitado em termos de ideias sobre este assunto.
    Possivelmente serão pessoas que não estão bem na sua condição de machos latinos vá lá saber-se porquê?...

    ResponderEliminar
  19. Os casais apenas tem filhos paneleiros ou lésbicas, quando um dos elementos, o pai ou a mãe já não são puros. A homossexualidade é uma questão de identificação com o progenitor de referência, senão é feita como deve ser, a criança tem um comportamento desviante. Assim as sociedades não sobrevivem e a não se produzem substitutos para pagar as reformas depois...
    Esta teoria da identificação é da escola Behaviouristica americana, não é treta de trazer por casa...
    Pode haver alusn desvios, mas os verdadeiros laços são os de sangue, e mais nenhuns. Se esses falham agora imaginem os paneleiros que arranjam crianças como tb. querem ter aqueles brinquedos elétricos???

    ResponderEliminar
  20. paneleiro cala-te! se os teus pais fossem como tu,o mundo a esta hora nao tinha de te aturar.
    há coisas que nunca podem mudar! paneleiragem é uma aberraçao,e deve ser combatida pelo bem da humanidade.

    ResponderEliminar
  21. Que triste país o nosso com mentalidades da idade média. Para estes mentecaptos, só eles são os verdadeiros e puros machos latinos. Infelizmente a história tem-nos demonstrado que muito muitos deles desses moralistas são aqueles que agridem a esposa em casa e vão à missa todos os domingos comungar. e acabam um dia por ser descobertos que afinal são uns frustrados já que tem tendências homossexuais, só que não tem coragem de assumir aquilo que são e depois vingam-se através da violência doméstica e não só..
    Não nos podemos esquecer que segundo as estilísticas a homossexualidade está presente em cerca de 10 por cento da população. Por isso, cuidado amigos comentadores, pois ao seu lado pode estar um potencial e perigosíssimo homossexual, .
    Só falta dizer que estes comem meninos ao pequeno almoço, há espera quem come meninos ao pequeno almoço são os comunistas, então está explicado, todos os comunistas são homossexuais.
    MdM

    ResponderEliminar
  22. picolho cala-te!
    vai-te curar desse vicio nojento e repugnante!

    ResponderEliminar

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.