quarta-feira, 1 de janeiro de 2014

"A voz que nasceu da planície": bom ano de 2014



Desejamos um feliz ano novo a todos os amigos.
Nós, coralistas, reafirmamos o compromisso de ser, e sê-lo cada vez mais, "a voz que nasceu da planície".

4 comentários:

  1. Em 2014, hei-de morrer em agonia numa estrada qualquer por falta da VMER.

    ResponderEliminar
  2. Este natal foi cavalos por todo o lado.
    Na estrada, nos blogs, ... ocuparam o espaço publico, como se os cavalos fossem pessoas.
    Como se os cavalos fossem donos disto tudo.
    É o estado a que isto chegou.

    ResponderEliminar
  3. A dívida da cme não pode ser desculpa para:

    - Não haver varredores na rua e manterem a cidade limpa
    - Não se calcetar onde faça falta e deixarem por meses buracos abertos nas ruas, nos passeios
    - Não se tapar buracos nas estradas
    - Não se reorganizarem serviços que levam à demora burocrática quando o cidadão a eles recorre
    - não trazer de novo para o centro histórico o departamento de obras públicas
    - não obrigar os senhorios a efectuarem obras e resolver o caso dos edifícios em perigo de ruir como aquele ao fundo da rua de machede entre outros
    - não acabar com a vergonha das praxes e das queimas das fitas e festas do género, não autorizando a câmara essas coisas dentro da cidade
    - não arranjar a envolvente às muralhas colocando lá terra, ajardinar e limpar, deixando aquilo degradar-se como tem vindo a suceder, qualquer dia está como antes das obras de intervenção
    - não proceder junto da direcção regional da cultura e da sua nova directora e resolver de uma vez por todas a questão da porta aberta ilegalmente na muralha para o condominio privado, sendo essa porta fechada de vez
    - não colocar os fiscais na rua que é o lugar deles para fiscalizarem o que se faz na cidade, colocar mais funcionários cá fora, varredores e de obras e diminuir os doutores de gabinete que nada produzem.
    - não continuar com a revista da cidade de évora agora em formato completamente digital, on line
    - não acabar com os palcos e festas na praça do geraldo onde incomoda o descanso dos moradores
    - não reparar, melhorar os parques de estacionamento em volta das muralhas
    - não acabar com a maioria do transito do centro histórico.

    não fazer estas e muitas outras coisas, não haverá desculpa e muito menos da dívida porque elas se fazem praticamente sem dinheiro, ou melhor, o dinheiro já se está a gastar por ser corrente e falta apenas lhe dar bom uso.
    Esperemos do senhor presidente inteligência, decência e vontade de trabalhar

    ResponderEliminar
  4. Em 2014 faço votos que o NOVO executivo Cumpra:

    Cidade Limpa

    Revitalização dos Mercados

    Revitalização da Feira de São João e São Pedro

    Animação do Centro Histórico

    Embelezamento dos largos e praças

    Restruturação dos serviços

    Rentabilização dos edifícios públicos no centro histórico

    Arranjo dos parques de estacionamento(teatro e portas de Avis)

    Arranjo dos espaços verdes.

    requalificação de passadeiras,sinalética horizontal em todas as rotundas(nova lei das rotundas)

    Feiras e festivais temáticos:

    Livro

    Artesanato

    Jazz

    Medieval

    Acção Social

    ResponderEliminar

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.