terça-feira, 31 de dezembro de 2013

Selfie

Selfie é a popular palavra para designar uma fotografia tirada a si próprio, normalmente com um telemóvel, um auto-retrato portanto, e que foi nomeada a palavra do ano 2013 pelo famoso dicionário da Oxford. E já que este é o último dia de 2013, dediquemos-lhe uma crónica.
Óscar Wilde, o romancista irlandês da segunda metade do século XIX, autor do famoso romance Retrato de Dorian Gray afirmou que "Um retrato pintado com a alma é um retrato, não do modelo mas do artista." Ora, um auto-retrato será, então e de acordo com esta opinião de Wilde, partilhada aliás por muitos pintores e fotógrafos, uma espécie de aparição ou de revelação a si mesmo. Se na pintura me parece possível a aplicação da máxima, já numa selfie quer-me parecer que há pouca preocupação com esse lado filosófico ou ontológico de descoberta do “eu” através da selfie.
Mas o que pôs selfie como palavra do ano no dicionário foi também o facto de estas fotografias, postas a circular nas redes sociais, se terem tornado virais neste tipo de canal de comunicação. Já são tantas as selfies, como as fotos de gatos e comida, imagine-se! E o que é certo é que também já se definiram regras para este tipo de auto-retratos. Um “dos and dont’s” para continuarmos na língua da palavra do ano, ou seja, um “a fazer e a evitar”. Parece certo fazer uma selfie em frente à Mona Lisa, ou deixar um espaço em branco ao seu lado para qualquer vedeta que inesperadamente possa passar por ali e ficar na foto; mas nunca se deve fazer pose de patinho, por exemplo, ou autorretratar o seu “traseiro” para o público. Admito que seja um código ainda em construção…
Tudo isto parece muito “ à frente” e fora do que realmente importa na vida, mas o que é certo é que as tecnologias vivem no quotidiano dos nossos jovens (e não só) e fazem-nos viver a um ritmo pouco equiparável ao da máquina de escrever. Por isso, quando julgamos por vezes estar a fazer algo de inovador e arrojado, afinal isso já é banal em qualquer parte desta pequena aldeia wireless que é o Mundo e o jovem de 16 anos lá de casa dá-nos lições sobre o assunto
O que, de facto, me surpreende mais nesta coisa das selfies é precisamente, afinal, o dispensar do fotógrafo. Uma espécie de declaração de independência dos outros, mas afinal uma dependência da máquina e da vontade de “estar na rede”. Uma aparente contradição entre pôr a circular numa rede de comunicação um testemunho, mais ou menos relevante para as nossas vidas, que se tirou sozinho para não ter que (ou porque não se pode) comunicar e pedir «importa-se de me tirar uma foto?».
Logo à noite, vão ser muitas as selfies neste mundo a assinalar o final de um ano e o recomeçar de outro. Partilhado ou vivido consigo próprio, desejo a quem me ouve ou lê, um Bom Ano! e, até para a semana!

Cláudia Sousa Pereira (crónica na Rádio Diana)

20 comentários:

  1. Olha qui coisa mais feia
    Mais cheia de sem-graça...
    Quando ela passa
    Tudo fica a vomitaaaaarrr...

    ResponderEliminar
  2. Podem-se sintetizar os artigos desta "doutora" numa palavra "banalidade"...

    Pelo menos sempre são melhores que a atividade dela como vereadora, que se pode sintetizar noutra palavra "tragédia".

    Portanto nem tudo é mau, os artigos sempre são melhores que a atividade dela...

    Há que olhar para os aspetos positivos das coisas, não devemos ser apenas destrutivos

    ResponderEliminar
  3. Faço Votos que 2014 seja um Ano em que a Justiça funcione,que sejam Responsabilizados os que levaram Évora ao Caos e Bancarrota.

    ResponderEliminar
  4. Os que fizeram o Negócio com as águas do centro Alentejo têm que ser responsabilizados pela RUINA causada ao concelho.

    ResponderEliminar
  5. LIMPEZA da Cidade e de vários Serviços da cãmara.

    ResponderEliminar
  6. Novo Ano,Vida Nova.......faço Votos que assim seja na nossa terra.

    ResponderEliminar
  7. posso fazer download da foto ?

    é para mostrar á minha mae...

    é que ela nao acredita em monstros!

    ResponderEliminar
  8. 18:02

    Tu (e pelos vistos a tua mãe) devem ser cá umas estampas. Nem sequer assinam, quanto mais fotos...

    ResponderEliminar
  9. Se eu visse que as pessoas nao gostavam da minha foto...sei lá...acho que punha a foto de outro bicho que fosse mais apresentavél que esta. Talvez,a foto de um javali...ehehe

    ResponderEliminar
  10. O problema nem é tanto a cara feiosa.
    É mais a feiúra da pessoa como um todo, o seu espírito, o intelecto corrompido. É a fealdade interior que nos faz ver a fealdade exterior.
    E esta é mesmo feia por qualquer lado que se olhe...

    ResponderEliminar
  11. Eu nao leio nem uma palavra do que ela escreve.
    É que a mulher NAO diz NADA DE NADA.
    É burrice dela escrever,uma vez que ninguem parece gostar nem ler.
    Mas ela é que sabe,coitada.

    ResponderEliminar

  12. Pois o problema é que ela não sabe. Ela não sabe escrever nem sabe nada, é uma inconsciente.
    Se o não fosse não tinha feito o que fez nos últimos anos: népia, pensando que era vereadora. E ninguém lhe disse que não era...

    ResponderEliminar
  13. Afinal de contas não há moderação de comentários...

    ResponderEliminar
  14. Na minha opinião, este tipo de comentários apenas denigrem que os faz. São prova de verdadeiro atraso mental e incapacidade de discussão seja do que for. Quando se prendem pela boniteza ou não de uma foto está tudo dito. É pura rasteirice. E o a 5 tons não apagar estes comentários só lhe fica bem, uma vez que eles apenas mostram a imbecilidade de quem os escreve, não de quem pretendem atacar.

    ResponderEliminar
  15. BRAVO PELO COMENTÁRIO ANTERIOR!
    Será que a imbecilidade tem direito a comentar?
    Será que estará incluída nos direitos de opinião e de liberdade de expressão?
    Deixo tais questões à consideração dos verdadeiros e conscientes opinion makers.

    António Gomes

    ResponderEliminar
  16. "O acincotons reserva-se o direito de eliminar qualquer comentário anónimo ou não identificado, que contenha ataques deliberadamente pessoais, que em nada contribuam para o debate de ideias ou para a denúncia de situações menos claras do ponto de vista ético." (!?)

    ResponderEliminar
  17. Pois...temos pena...mas que a foto é medonha,lá isso é.

    ResponderEliminar
  18. Olha qui coisa mais feia
    Mais vazia di graça...
    Quando ela passa
    Tudo fica a vomitaaaaarrr...

    ResponderEliminar
  19. CUCU !!! Vim aqui ver a foto mais um bocadinho.Mas...já me arrependi!
    POÇAS....és tao lindaaaa

    ResponderEliminar

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.