domingo, 29 de dezembro de 2013

Orçamento da Câmara de Évora para 2014 com menos 10 milhões de euros relativamente a 2013


Reunida na passada sexta-feira, a Assembleia Municipal aprovou, apenas com os votos a favor da CDU, o orçamento para 2014 do Munícipio de Évora (o PS votou contra e o PSD e o BE abstiveram-se; nas Opcões do Plano toda a oposição se absteve) no valor de 93,220 milhões de euros -  menos 10 milhões de euros do que no ano passado (aqui). 
Logo no preâmbulo, o executivo refere que este é um orçamento restritivo devido a várias razões, entre elas, "uma restrição financeira orçamental decorrente da enorme dimensão da dívida e dos compromissos existentes no final do anterior mandato" no valor de 80.171.522,82 euros (ver quadro); "uma vertente de redução da autonomia financeira e económica" decorrente da diminuição das transferências do Estado (este ano no valor de 365.000 euros); o "contrato que o anterior Executivo Municipal assinou com o Governo no âmbito do designado PAEL", o que faz com que "fica bem evidenciado que, após integrar no OM todos os enormes valores comprometidos de várias formas até ao final do mandato anterior, quase não há margem financeira e económica para definir novas ações que tenham componente financeira. Em particular, e como atempadamente se tinha alertado, está praticamente impossibilitado o investimento público municipal de que Évora tanto carece para amenizar a brutal crise económica e social que lhe é imposta".

(clique para aumentar)

Para o executivo, "em 2014, passam 40 anos sobre a Revolução de 25 de Abril de 1974, acontecimento maior na História de Portugal e do Povo Português e na História do Alentejo e de Évora: comemorar o 40º Aniversário do 25 de Abril, de forma amplamente participada, e com um vasto e diversificado programa ao longo do ano, deve constituir-se como égide das OP e da atividade municipal em 2014".
Não há grandes obras de vulto (o Salão Central fica, mais uma vez, adiado), apenas intervenções pontuais. No mapa das receitas e despesas fica mais claro para onde são canalizados os dinheiros do orçamento camarário, seja ao nível das receitas, seja da despesa.

                                                                (clique para aumentar)

Pode consultar as Grandes Opções do Plano e o Orçamento da Câmara de Évora para 2014 (conforme documento apresentado e aprovado pela Assembleia Municipal) AQUI

13 comentários:

  1. Já se sabe a quem pertence o cavalo que provocou o acidente?
    A primeira cerca de cavalos dos graves, está fazia, porque será?
    Falta de condições de segurança detetadas pelas autoridades, ou para não despertar desconfianças? Qume não deve não teme.
    Senhores graves, o que é fato é que a cerca é rudimentar em termos de segurança se não fugiu pode fugir outro a via é de intenso trafego

    ResponderEliminar
  2. A primeira cerca está fazia? Qume não deve não teme? Mas de onde brotam estes analfabetos que têm sempre tanto que opinar na internet?

    ResponderEliminar
  3. sao os comunas que fazem esses comentarios ridiculos,para desviarem as atençoes das criticas ao PCP no post anterior.
    Sabem muita musica.

    ResponderEliminar
  4. Os comunistas há 37 anos que não estão no poder. Achas que são culpados da miséria a que chegou o País. Segundo me parece foi o agora revolucionário bochechas que nos meteu nesta desventura da UE, com o medo do papão comunista.
    Foi feito algum referendo para integração na UE? Ou para adesão ao Euro? se houve eu não fiu consultado.
    Essa gente Mário Soares, Cavaco e Guterres é que nos meteram nesta desventura. Se chegarmos a mais completa miséria , tem que haver ajuste de contas há responsáveis. O homem que não exerceu fiscalização sobre o Bpn e BPP que nos custam 10000 milhões é vice do BCE e nada lhe aconteceu. Neste País a incompetência é premiada

    ResponderEliminar
  5. Os comunistas há 37 anos que não estão no poder. Achas que são culpados da miséria a que chegou o País. Segundo me parece foi o agora revolucionário bochechas que nos meteu nesta desventura da UE, com o medo do papão comunista.
    Foi feito algum referendo para integração na UE? Ou para adesão ao Euro? se houve eu não fui consultado.
    Essa gente Mário Soares, Cavaco e Guterres é que nos meteram nesta desventura. Se chegarmos a mais completa miséria , tem que haver ajuste de contas há responsáveis. O homem que não exerceu fiscalização sobre o Bpn e BPP que nos custam 10000 milhões é vice do BCE e nada lhe aconteceu. Neste País a incompetência é premiada

    ResponderEliminar
  6. Acho sim,que foram voces,comunas os grandes culpados de a gente estar mal.
    Se voces nao tivessem ameaçado Portugal,Mario Soares foi obrigado a isso para nos salvar da vossa tirania.
    Além disso graças a voces nao existe esquerda em Portugal.
    Claro que com voces na esquerda,a direita só podia ganhar.
    Deram cabo dos sindicatos e levaram á falencia todas as grandes industrias do país.
    Voces nao sao,nem nunca foram alternativa.
    Voces,PÇP,foram e ainda sao o carrasco do povo portugues.
    Se voces nunca tivessem existido,o nosso país tinha seguido um rumo normal,e hoje nao estariamos na miseria em que estamos.
    Façam um favor aos portugueses,e extingam o PCP,antes que seja o povo a faze-lo.
    Voces se tivessem ganho,hoje eu nao estaria aqui a escrever...mas sim preso num campo de concentraçao comunista.
    Nao percebem que já ninguém os ouve?
    VAO-SE EMBORA!

    ResponderEliminar
  7. Já PRENDERAM o dono do cavalo?

    Já Prenderam o casal de Lavradores que em Évora durante 26 anos ESCRAVIZARAM um cidadão?

    Que eu saiba só os trabalhadores da higiene(lisboa) estão em greve.

    ResponderEliminar
  8. Com uma comunicação social local com tanta Qualidade,admira-me que não se interessem por estes dois casos.

    ResponderEliminar
  9. Os RICOS não são presos.........o Poder não julga aqueles que lhes põem a gamela.

    ResponderEliminar
  10. O dono do cavalo anda por aí..........os criminosos dos lavradores andam por aí....Viva a républica das Bananas.......

    ResponderEliminar
  11. É MESMO O CAVALO QUE TE INTERESSA MUITO...

    TAO ESPERTINHOS QUE ELES SAO.
    PARA MUDARES DE ASSUNTO,O CAVALO SERVE,NAO É?

    ResponderEliminar
  12. Além da dívida de 80 milhões de euros registada em Outubro de 2013, é preciso não esquecer que existem + 40 milhões de euros de compromissos assumidos, para pagar em 2014 (o que perfaz um total de 120 MILHÕES DE EUROS).
    Entre esses "compromissos", para 3014, estão os terrenos da EMBRAER comprados por mais de 6 milhões de euros à FEA e vendidos à Embraer por menos de 300 mil euros.

    ResponderEliminar

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.