quinta-feira, 26 de dezembro de 2013

Évora: 3 mortos e 5 feridos em acidente de viação

Três pessoas morreram e cinco ficaram feridas com gravidade, na sequência de uma colisão de dois veículos ligeiros e um cavalo, ocorrida quarta-feira à noite nos arredores de Évora, disse à agência Lusa fonte dos bombeiros.
A fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Évora indicou que o alerta foi recebido às 20:55 e que os feridos foram transportados para o hospital de Évora e os três mortos foram encaminhados para os serviços de medicina legal daquela unidade hospitalar.
A mesma fonte indicou que o acidente ocorreu na Estrada Nacional 114 entre Évora e Montemor-o-Novo, na zona de São José da Peramanca, a cerca de três quilómetros de Évora.
Segundo a fonte do CDOS, no acidente morreu também o cavalo.
O trânsito na zona do acidente está cortado nos dois sentidos e está a ser desviado para outra estrada, de acordo com fonte da PSP de Évora.
Fontes da polícia indicaram ainda que um dos feridos graves é uma criança e que um dos veículos envolvidos na colisã frontal é da zona de Paio Pires.
As operações de socorro mobilizaram 31 operacionais, apoiados por 16 veículos das corporações de bombeiros de Évora, Montemor-o-Novo e Arraiolos, uma viatura Suporte Imediato de Vida (SIV), de Estremoz e um veículo do Serviço Municipal de Proteção Civil de Évora. (LUSA)

27 comentários:

  1. Á Atenção do Comando da GNR e PSP
    Cavalos ao abondono deixados por pessoas de determinada etnia, é vergonhoso, sem estarem presos é a revelia.
    UM acidente perfeitamente evitável, bastaria o dono do cavalo ser humano, mas é um o cabotino que ele sim devia ter morrido

    ResponderEliminar

  2. Mas por que carga de água têm medo de dizer a verdade? O que raio são "pessoas de determinada etnia"? Escandinavos? Indianos? Africanos? Não! São CIGANOS!

    Digam o que há a dizer: que essa gente é um estorvo à sociedade civilizada. Que essa gente é um bando de criminosos.
    Casam as filhas aos 12 anos e isso não é pedofilia, ninguém quer saber.
    Conduzem sem carta nem saber ler ou escrever e isso não é crime. Roubam e a polícia fecha os olhos.
    Os filhos faltam à escola e os professores assobiam para o lado porque até lhes dá jeito não ter lá essa gente. Muitos receberam grátis computadores Magalhães e foram imediatamente vendê-los.
    Um filho cigano é registado várias vezes para receberem vários abonos e isso não é denunciado.
    Ameaçam os funcionários da Segurança Social (podem crer que é verdade) para receberem subsídios sem terem direito a eles.

    Os ciganos são tratados com privilégios.
    São bandidos que recebem o dinheiro dos nossos impostos e ainda nos desprezam, ainda nos ameaçam e agridem, ainda se queixam de nós.
    Tenham a coragem de me dizer que é mentira!

    jmc

    ResponderEliminar
  3. Criminosos são aqueles que permitem tudo o que foi referido (jmc).

    ResponderEliminar
  4. Cavalo do grave provoca acidente gravissimo.
    Os todos poderosos graves sempre fizeram mal agora com seu desleixo destroiem 8 pessoas na força da vida.
    Ao menos indemnizem as famílias chulos da sociedade.
    O graves são piores do que os ciganos exploradores de mão de obra e laxistas.
    Que a GNR veja o cavalo deve ter ferro e xipe do dono, verdadeiro responsável de tal carnificina

    ResponderEliminar
  5. Lembrei-me logo que fossem ciganos os donos do cavalo, e assim orientei a pesquisa que aqui me conduziu.

    Portanto vamos ter um gravíssimo homicídio múltiplo que vai ficar sem castigo, porque a essa "gente" tudo é permitido.

    Eu não lhes compro NADA!

    ResponderEliminar
  6. O cavalo está lá morto e tem xipe
    é fácil chegar ao dono . O meliante vai dizer que lhe roubaram o cavalo

    ResponderEliminar
  7. Já prenderam o casal que durante 26 longos anos Escravizaram um cidadão nos arredores de Évora?

    A comunicação social local já dedicou algum tempo e realizou trabalho no local sobre este Grave Atentado aos Direitos Humanos?

    ResponderEliminar
  8. Ao Jacinto Cardoso nada lhe vai acontecer. Escravizou o pretinho e vai-se sair a rir, só é de esperar a justiça divina a justiça dos homens é uma merda, está do lado dos ricos e poderosos

    ResponderEliminar
  9. Pelo chip, não chegam a lado nenhum.
    O microship normalmente é posto no animal ainda jovem pelo criador.
    Pode mudar de dono muitas vezes , sem que haja registo de transferência. A GNR, tem que investigar o(s) actuais donos/detentores do animal. Só assim e a eles podem ser pedidas responsabilidades.

    ResponderEliminar
  10. Hoje às 17,54H

    A PSP de Évora está a investigar as circunstâncias em que ocorreu o acidente rodoviário de quarta-feira à noite na EN 114, que causou três mortos e cinco feridos graves, desconhecendo ainda a identidade do dono do cavalo envolvido.

    Fontes policiais explicaram à agência Lusa que o acidente resultou da colisão de dois veículos ligeiros de passageiros e de um cavalo, à solta e que terá invadido a faixa de rodagem, sendo alegadamente o causador do desastre e que morreu.

    Segundo as mesmas fontes, apesar de o cavalo ter chip, "não é fácil identificar o proprietário do animal".

    "A Polícia está a investigar todo o processo, embora tudo indique que seja o cavalo a causa do acidente", disse à Lusa fonte da PSP.

    O acidente ocorreu às 21:00 do dia de Natal na Estrada Nacional (EN) 114, entre Évora e Montemor-o-Novo, na zona de São José da Peramanca, quando um automóvel ligeiro de passageiros embateu no cavalo, que atravessou a faixa de rodagem.

    Em consequência do despiste que se seguiu, registou-se a morte de duas pessoas, de 52 e 46 anos, que seguiam no veículo que embateu no cavalo, e de uma 83 anos que seguia no outro automóvel, com que o primeiro veículo chocou.

    Resultaram ainda cinco feridos graves, incluindo duas crianças, uma menina de cinco anos que se encontra com "prognóstico muito reservado", segundo as mesmas fontes.

    A outra menina de 14 anos, também transferida de Évora para o Hospital de Santa Maria, em Lisboa, está "estável", indicou à Lusa fonte do Centro Hospitalar de Lisboa Norte, a que pertence o hospital Santa Maria.

    Os outros três feridos graves, adultos, incluindo um médico, estão em estado considerado estável, referiu fonte do hospital de Évora.

    Segundo a fonte deste hospital, dos três adultos feridos no desastre, uma mulher, de 80 anos, está internada nos cuidados intensivos, mas estabilizada, enquanto os outros dois, uma mulher de 47 anos e um homem de 51, estão estáveis e serão ainda hoje transferidos para o hospital de Portimão, na sua área de residência.

    Em cada uma das viaturas envolvidas no acidente viajavam quatro pessoas. Num dos veículos seguia um casal da zona do Seixal, que morreu, uma filha de cinco anos e uma mulher de de 82 anos, indicaram à Lusa as fontes policiais.

    No outro veículo, seguiam outras quatro pessoas, tendo morrida uma, de 83 anos, e as outras sofrido ferimentos graves. (LUSA)

    ResponderEliminar
  11. Tanto ódio que por aqui vai, sem provas e sem qualquer fundamento relativamente a quem pertencia e referido cavalo, os pistoleiros do costume começaram logo a disparar contra os ciganos. Não sei se o referido cavado era dos ciganos se antes pelo contrário era do Sua Excelência a Senhor GRAVE. O que me parece mais real, já que o mesmo possui uma cerca com cavalos mesmo junto à sua quinta. Porém se o mesmo tinha Chip, este identificará o dono, sim, não comecem a inventar para proteger/culpar. Porque são obrigados por Lei a serem Registados, e se houver compra/venda é obrigatória a comunicação à Direção Geral de Veterinária. Mas o que mais me incomoda é o ódio e o racismo que existe escondido nesta cidade. Sei que os ciganos não são santos, mas também não são os diabos que aqui ficou registado. São humanos, logo tem atitudes e comportamentos como tal e erram tal como todos nós erramos. Já cristo dizia que quem não tem pecados/erros que atire a primeira pedra. Era bom que os ditos católicos e os cristãos em particular praticassem mais aquilo que apregoam.
    MdM

    ResponderEliminar
  12. Quando não tiveres dinheiro para comer da tua miseravel reforma, e vires um cigano a acenar-te num carro a caminho da segurança social para pedir o abono, justificado pela intimidação e registo compulsivo de vários filhos fantasmas, ai quero ver!

    TB

    ResponderEliminar
  13. Anónimo das 19:50
    O chip se for aplicado, é registado na Direcção de Veterinária pelo criador, mas não é obrigatória a comunicação da compra/venda à mesma Direcção.
    Acrescento que tal chip ainda não é obrigatório no caso dos equinos.

    ResponderEliminar
  14. MdM fala de que ciganos os nómadas ou os que habitam na nossa cidade,os nómadas são os verdadeiros ciganos os da nossa cidade a maioria são criminosos,a droga é o seu forte e todo o tipo de criminalidade associada a mesma juntando roubo de energia e da agua com ligações clandestinas, na Malagueira até se perde a conta os casos conhecidos.
    Não podemos misturar o trigo joio da merd,,,

    ResponderEliminar
  15. todos os comentarios falam do cavalo de quem pode ser o dono do cavalo dos ciganos da saguranca social dos carros dos ciganos mas ninguem se lembra das vidas que acabaram naquela hora e naquele dia e as familias que ficam a sofrer e tambem as criancas feridas e os adultos que estao no hospital antes de falarem pessem no que dizem

    ResponderEliminar
  16. Vamos lá a ver se nos entendemos, se estamos a falar em ciganos estamos a falar duma coisa mas se estamos a falar em vigaristas, ladrões, aldrabões então estamos a falar doutra.
    Não ou daqueles que diz que porque é ciganos é criminoso, assim como não posso dizer que se é negro é malandro (outra descriminação existente no nosso país). Há tantos criminosos ciganos como certamente há das pessoas ditas normais, para já tinha-mos que saber o que é uma pessoa normal, mas isso leva-nos para outro lado.
    Uma coisa é certa, existem em Portugal entre 30 a 50 mil ciganos, e o rendimento Mínimo é pago a cerca de 200 mil pessoas, afinal há mais ciganos que eu imaginava. Eu defendo os ciganos, mas não defendo os criminosos nem os ladrões, assim como não distingo entre etnias, uma coisa é uma pessoa ser criminosa, seja ela quem for, outra é vir para aqui disparar, ainda por cima sem se saber ao certa de quem era o animal, disparar a torto e a direito sobre uma etnia, que quer queiramos quer não são tão Portugueses como qualquer outro individuo, desde que nasça neste rectângulo.
    É abusivo e falta de princípios vir para aqui com dislates, que só fica mal a quem os profere.
    Não sou nem nunca serei a favor dos vigaristas, seja ele quem for,nem sou "amigo" de ciganos, não posso é deixar passar em claro o abuso de certas pessoas que se julgam acima dos outros e cheios de virtudes, quando se fossemos vasculhar a sua vidinha encontraríamos muito lixo debaixo do tapete.
    Vá lá, portem-se bem. e não digam asneiras, pensem primeiro no que vão dizer e ataquem quem devem atacar pois não podemos confundir a árvore com a floresta.
    MdM

    ResponderEliminar
  17. retificativo
    Vamos lá a ver se nos entendemos, se estamos a falar em ciganos estamos a falar duma coisa mas se estamos a falar em vigaristas, ladrões, aldrabões então estamos a falar doutra.
    Não sou daqueles que diz que lá porque é ciganos é criminoso, assim como não posso dizer que se é negro é malandro (outra descriminação existente no nosso país). Há tantos criminosos ciganos como certamente há das pessoas ditas normais, para já tinha-mos que saber o que é uma pessoa normal, mas isso leva-nos para outro lado.
    Uma coisa é certa, existem em Portugal entre 30 a 50 mil ciganos, e o rendimento Mínimo é pago a cerca de 200 mil pessoas, afinal há mais ciganos que eu imaginava. Eu defendo os ciganos, mas não defendo os criminosos nem os ladrões, assim como não distingo entre etnias, uma coisa é uma pessoa ser criminosa, seja ela quem for, outra é vir para aqui disparar, ainda por cima sem se saber ao certa de quem era o animal, disparar a torto e a direito sobre uma etnia, que quer queiramos quer não são tão Portugueses como qualquer outro individuo, desde que nasça neste rectângulo.
    É abusivo e falta de princípios vir para aqui com dislates, que só fica mal a quem os profere.
    Não sou nem nunca serei a favor dos vigaristas, seja ele quem for,nem sou "amigo" de ciganos, não posso é deixar passar em claro o abuso de certas pessoas que se julgam acima dos outros e cheios de virtudes, quando se fossemos vasculhar a sua vidinha encontraríamos muito lixo debaixo do tapete.
    Vá lá, portem-se bem e não digam asneiras, pensem primeiro no que vão dizer e ataquem quem devem atacar pois não podemos confundir a árvore com a floresta.
    MdM

    ResponderEliminar
  18. MdM mas conheces um unico cigano que nao seja criminoso?
    Devias ser vitima deles,a ver se vinhas para aqui defende.los.
    Até parece que ou és cigano,ou um sacaninha com a tua própria raça.Olha que os teus amiguinhos ciganos nao defendem um unico branco,ou portugues,se pudessem acabavam conosco.E essa de nascerem cá,serem portugueses,uma ova!Sabes lá tu onde é que eles nasceram...é por parvalhoes como tu,que esses criminosos cada vez sao mais e cada vez praticam mais crimes. Continua a defende.los sim,pode ser que sejas a proxima vitima deles! Portugal está cheo de vadios,pretos,ciganos.Toda a gente sabe disso e NINGUEM os quer cá! Deixa-te de ser HIPOCRITA.
    Fora com esse autentico lixo"humano".

    ResponderEliminar
  19. Santa ignorância
    Afinal existe muito racismo escondido nesta cidade. É lamentável que assim seja, só pessoas ignorantes e com falta de princípios vêm para aqui expor a sua malvadez contra ciganos (afinal nem são brancos), negros e vadios (que etnia será essa??). Só faltam os judeus e vamos lá já agora os árabes/muçulmanos.
    Afinal Hitler comparado com esta gente hipócrita era um santinho.
    Há porem uma coisa que não foi dita, Portugal está cheio de.... e o Mundo não está cheio de Portugueses?, será que ainda há pessoas tão ignorantes que ainda não entenderam que vivemos num mundo global?. O tempo da outra senhora do orgulhosamente sós já lá vai. Hoje felizmente há uma certa liberdade para as pessoas poderem falar e circular pelo mundo civilizado.
    Pois se há vadios, pretos e ciganos e se os mesmos forem criminosos então a Lei deve ser posta em ação e julgados, tal como a restante população, agora querer julgar uma pessoa só pela sua aparência, isso só revela que quem escreveu essas linhas tem uma estrutura moral abaixo de cão, e isto sem qualquer ofensa para o meu animal, que tanto lambe a mão dum caucasiano como a de um negro.
    Infelizmente ainda há pessoas que não sabem viver em sociedade, e viver em sociedade implica saber respeitar o próximo, coisa que infelizmente nesta sociedade egoísta seja cada vez mais difícil.
    E já agora, depois dos ciganos, dos pretos e dos vadios, quem se seguiria na lista?, os deficientes?, os idosos?, enfim todos os que não sejam belos e perfeitos como o autor dessa linda prosa das 01.21???

    ResponderEliminar
  20. Santa ignorância
    Afinal existe muito racismo escondido nesta cidade. É lamentável que assim seja, só pessoas ignorantes e com falta de princípios vêm para aqui expor a sua malvadez contra ciganos (afinal nem são brancos), negros e vadios (que etnia será essa??). Só faltam os judeus e vamos lá já agora os árabes/muçulmanos.
    Afinal Hitler comparado com esta gente hipócrita era um santinho.
    Há porem uma coisa que não foi dita, Portugal está cheio de.... e o Mundo não está cheio de Portugueses?, será que ainda há pessoas tão ignorantes que ainda não entenderam que vivemos num mundo global?. O tempo da outra senhora do orgulhosamente sós já lá vai. Hoje felizmente há uma certa liberdade para as pessoas poderem falar e circular pelo mundo civilizado.
    Pois se há vadios, pretos e ciganos e se os mesmos forem criminosos então a Lei deve ser posta em ação e julgados, tal como a restante população, agora querer julgar uma pessoa só pela sua aparência, isso só revela que quem escreveu essas linhas tem uma estrutura moral abaixo de cão, e isto sem qualquer ofensa para o meu animal, que tanto lambe a mão dum caucasiano como a de um negro.
    Infelizmente ainda há pessoas que não sabem viver em sociedade, e viver em sociedade implica saber respeitar o próximo, coisa que infelizmente nesta sociedade egoísta seja cada vez mais difícil.
    E já agora, depois dos ciganos, dos pretos e dos vadios, quem se seguiria na lista?, os deficientes?, os idosos?, enfim todos os que não sejam belos e perfeitos como o autor dessa linda prosa das 01.21???

    ResponderEliminar
  21. Peço desculpa mas esqueci de dizer que o Post anterior é meu.
    MdM

    ResponderEliminar
  22. Esta conversa toda sobre os ciganos serve apenas para desviar atenções do essencial da questão: a responsabilidade pelo acidente e pela morte (até este momento) de três adultos e uma criança.

    ResponderEliminar
  23. Já veio no correio da Manhã que o cavalo não tem dono.
    A policia disse-me que o cavalo têm chipe, sendo assim senhores da PJ, é ir no encalço do dono, ou as transações a que o cavalo foi sujeito até chegar ao dono. Seja o dono um Grave, ou seja quem seja a justiça tem que ser igual para todos

    ResponderEliminar
  24. Há suspeitas de crime (homicídio?) logo a PJ pode investigar.

    ResponderEliminar
  25. A PJ devia fazer um levantamento dos cavalos existentes junto à estrada.
    Tem que haver um o inventário dos animais existentes antes do acidente
    confrontando com atuais e verificar se falta algum.
    Fazer visitas aos veterinários que regularmente vêm os animais, não deve ser muito difícil a achar se falta um e meia dúzia

    ResponderEliminar
  26. Acabei de ver alguns comentários sobre o acidente em évora junto a s. José de Peramanca e estou chocado, como é possível haver gente tão mal formada e com tanto ódio e preconceito contra pessoas que nem sequer conhece? Aproveitar esta desgraça para destilar o ódio e os complexos que têm vamos lá saber porquê sobre pessoas, famílias ou etnias. A esses mal dizentes, que nem sequer se apercebem da injustiça que estão a cometer, vai um pedido e uma sugestão, não acusem sem provas, não aproveitem a desgraça alheia para satisfazer os vossos ódios e as vossas frustações tentem não odiar aquilo que não conhecem e não levantem falsos testemunhos.





    ResponderEliminar

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.