quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

Cláudio Torres e Lopes Guerreiro entre a mais de meia centena de subscritores de novo manifesto político


Apresentação do manifesto 3D ontem em Lisboa 

O arqueólogo Cláudio Torres e Lopes Guerreiro, coordenador do movimento independente "Por Beja Com Todos", são dois dos subscritores do manifesto apresentado ontem em Lisboa que visa, explicitamente, como primeiro passo: "desenvolver um movimento político amplo que no imediato sustente uma candidatura convergente a submeter a sufrágio nas próximas eleições para o Parlamento Europeu".
O manifesto intitulado "Pela Dignidade, pela Democracia e pelo Desenvolvimento: Defender Portugal" (aqui) é subscrito por várias dezenas de cidadãos "sem filiação partidária", entre os quais se incluem Boaventura de Sousa Santos, Carlos Brito, Manuel Carvalho da Silva, Manuel Coelho, Mariana Avelãs, Isabel do Carmo, Pilar del Rio ou Ricardo Araújo Pereira.
Segundo os promotores, no imediato, para o Parlamento Europeu, "defendemos a constituição de uma lista credível e mobilizadora, que envolva partidos, associações políticas, movimentos e pessoas que têm manifestado inquietação, discutido alternativas e proposto acção"
E logo a seguir: "Temos como objectivo construir um movimento político que seja o mais amplo possível. Uma plataforma abrangente e ao mesmo tempo clara é realizável a partir das bases programáticas que enunciámos. Ela deve ser levada a sufrágio para lhe dar voz e força. Enquanto cidadãos e cidadãs sem filiação partidária, mas nem por isso menos empenhados e politicamente ativos, estamos prontos a fazer a nossa parte." (aqui também. E aqui)

43 comentários:

  1. Esperemos que nao seja mais um movmento divisionista, o apartidarismo de alguns proponentes, nao é real.
    Existem opções de voto na esquerda: A CDU;COM O PCP, o bloco de esquerda.
    Esperemos que este movimento consiga penetrar nos jovens e no abstencionistas.

    ResponderEliminar
  2. alguém anda apostado em duas coisas:
    1º o bloco de esquerda tal como o conhecemos é um movimento morto
    2ª as recentes sondagens que dão ao PC alguns votos a mais provenientes dos descontentes andam a colocar os defensores de uma frente de "esquerda" encabeçada pelo PS e muito nervosos

    ResponderEliminar
  3. Estas iniciativas que tem quase sempre os mesmo protagonistas, os mesmos media a defende-lo e projectar, sempre os mesmos jornalistas empolgados com a novidade requentada e a cheirar a bafio. Estas movimentações tiveram lugar nos anos 80 e vão prolongar-se por muito tempo porque os seus mentores, os seus ideologos só tem uma obsessão tentar dividir, tentar impedir que cresça a unica força politica de esquerda em Portugal que tem uma intervenção politica consequente e sustenta essa intervenção num projecto de sociedade. Ao contrario do que é afirmado nos media aqui não existe novidade pois existe um nucleo central deste projecto dos 3D e ja estou a ser generosos a chamar-lhe de projecto, porque o que de facto os une é o anti comunismo primario, todos eles tem passado politico, muitos deles tem um passado comum o oportunismo e a ambição de poder nada mais os preocupa e por isso a credibilidade desta gente é nula. Em tudo isto uma coisa me preocupa é k pessoas serias e de uma dignidade muito elevada se deixem usar nesta chapelada politica é calro k neste projecto so vejo 4 ou 5 pessoas mas outras podem vir. Porque o resto são espigas que ficaram no rostolho.

    ResponderEliminar
  4. Apenas alguns nomes que, por razões várias, perderam protagonismo, e que o querem de volta. Ora, como não se volta a comer no prato em que se cospe, há que arranjar novo prato.
    Objectivo? O mesmo de todos: tacho!

    ResponderEliminar
  5. Estou a gostar disto. A velha toupeira da história começa a mexer-se.

    ResponderEliminar
  6. Já alguém disse: refundação do Bloco de Esquerda?

    ResponderEliminar
  7. O PS tem que se Defenir agora que ACABOU a social-democracia.

    ResponderEliminar
  8. A coligação de Merkl com o SPD,foi o FIM da Social-Democracia..........e Agora PS?

    ResponderEliminar
  9. A encruzilhada da Esquerda....


    A queda do socialismo real.......e agora o FIM da social-democracia...


    A refundação da Esquerda......e o fim da tralha dita de esquerda.

    ResponderEliminar
  10. PSD e PS ainda fazem sentido?

    ResponderEliminar
  11. A alta finança tomou estes partidos,esvaziou-os,passaram a ser grupos de administração do que resta do estado,é ridiculo continuar a chamar-se partido social democrata ou partido socialista.........interessa a alta finança que o PSD faça o papel de direita e o PS de esquerda..........é TEMPO de acabar com a FARSA.

    ResponderEliminar
  12. Abílio Hernandez, professor da Universidade de Coimbra e mandatário da candidatura Cidadãos por Coimbra; Alexandre Oliveira, produtor; Américo Monteiro, sindicalista; Ana Cristina Costa, economista e professora universitária; Ana Sousa Dias, jornalista; André Carmo, geógrafo; António Avelãs, professor e sindicalista; António Hespanha, professor universitário; António Eduardo Pinto Pereira, engenheiro; António Pedro Vasconcelos, cineasta; Boaventura de Sousa Santos, professor da Universidade de Coimbra e Diretor do Centro de Estudos Sociais; Carlos Brito, escritor e antigo parlamentar; Cipriano Justo, médico e professor universitário; Cláudio Torres, arqueólogo; Constantino Alves, padre, Daniel Oliveira, jornalista; Domingos Lopes, advogado; Eugénia Pires, economista; Fernando Bessa Ribeiro, professor universitário; Guadalupe Simões, enfermeira e sindicalista; Hélder Costa, dramaturgo/encenador; Hélio Samorrinha, consultor comercial; Henrique Sousa, investigador em ciência política; Isabel Allegro de Magalhães, professora catedrática da UNL (aposentada); Isabel do Carmo, médica, professora universitária; Isabel Tadeu, funcionária pública; Ivan Nunes, doutorando em Estudos sobre Cinema; João Almeida, assessor de vereação da C. M. Lisboa; João Arriscado Nunes, professor da Universidade de Coimbra; João Botelho, realizador; João Leal Amado, professor da Universidade de Coimbra; João Paulo Avelãs Nunes, professor da Universidade de Coimbra; Jorge Leite, professor da Universidade de Coimbra; Jorge Malheiros, geógrafo e docente universitário; José Aranda da Silva, farmacêutico; José Augusto Ferreira da Silva, advogado e vereador eleito pela candidatura Cidadãos por Coimbra; José Goulão, jornalista; José Lopes Guerreiro, consultor e ex-Presidente da Câmara Municipal do Alvito; José Luís Albuquerque, economista; José Maria Castro Caldas, economista e investigador; José Reis, professor universitário e membro da AM de Coimbra eleito pela candidatura Cidadãos por Coimbra; José Vitor Malheiros, consultor; Licínio C. Lima, professor catedrático; Luís Moita, professor da Universidade de Autónoma de Lisboa; Luísa Costa Gomes, escritora; Manuel Brandão Alves, professor da Universidade de Lisboa; Manuel Carlos Silva, professor universitário e sindicalista; Manuel Carvalho da Silva, professor universitário e investigador; Manuel Coelho, médico e ex-autarca; Manuel Sarmento, professor universitário; Manuela Mendonça, professora e sindicalista; Manuela Silva, médica psiquiatra; Mariana Avelãs, tradutora; Miguel Gomes, realizador; Nuno Artur Silva, autor e produtor; Nuno Fonseca, designer; Paulo Fidalgo, médico; Pilar del Rio, jornalista; Ricardo Araújo Pereira, humorista; Ricardo Paes Mamede, economista e professor universitário; Rui Caleiras, sindicalista; Rui Graça Feijó, investigador; Sérgio Manso Pinheiro, geógrafo e funcionário público; Teresa Medina, professora universitária; Teresa Pizarro Beleza, professora de Direito da Universidade Nova de Lisboa.
    http://manifesto3d.blogspot.pt/p/subscrever.html

    ResponderEliminar
  13. Todos os partidos tradicionais estão em causa....


    CDS......PPD/PSD......PS.....PCP.....Bloco

    ResponderEliminar
  14. É hora de ROMPER o Bloco Central.

    ResponderEliminar
  15. Contributo para uma Esquerda Humanista:


    Cortar com o MPLA(pertence a internacional socialista)...partido de Corruptos

    Cortar com a
    Coreia do Norte (dita comunista)Regime de Tirania tipo monarquia.

    ResponderEliminar
  16. Um movimento que pode ser util se souber quebrar a hegemonia do centrão que paralisa a esquerda (o duopólio PCP e PS)

    ResponderEliminar
  17. A China capitalista,angola corrupta e a monarquia tirânica da Coreia não podem fazer parte do ideário da esquerda.

    ResponderEliminar
  18. Não entendo como PS e PC têm relações com esta gente.

    ResponderEliminar
  19. e até o PSD faz negociatas com os Angolanos do dito MPLA.

    ResponderEliminar
  20. e o CDS tem relações com o MPLA.

    ResponderEliminar
  21. Está na hora de IMPLODIR com o BLOCO CENTRAL.

    ResponderEliminar
  22. A esquerda tem que se libertar,dos corruptos do MPLA,da China capitalista e da TIRANIA da Coreia.

    ResponderEliminar
  23. Angola,China e Coreia.......nada têm a ver com os valores da ESQUERDA,são Regimes Corruptos e tirânicos.

    ResponderEliminar
  24. Acho muito bem! MAS SEM CDU ou PCP,pois esses NAO SAO DEMOCRATICOS!

    ResponderEliminar
  25. As pessoas serias e de esquerda que abandonaram ou foram corridos do PCP,tornaram-se anticomunistas,pois viram o PCP por dentro. Aquilo é um ambiente de terror e conspiraçao terrivel. Andam sempre em reunioes secretas para lixar alguem.
    Faz falta uma ESQUERDA em Portugal.PCP JAMAIS!!!

    ResponderEliminar
  26. Ao das 16.41:

    AH POIS É...MAS O PCP APOIA ANGOLA,CHINA,COREIA DO NORTE,FARC ETC...
    Ou seja o PCP assasinos,corruptos,violadores dos direitos humanos,ditadores,exploradores de mao de obra infantil...etc...

    COMO É POSSIVEL ESTE "PARTIDO" AINDA EXISTIR E ESTAREM NA ASSEMBLEIA DA REPUBLICA???

    E ainda lhe deram a camara de mao beijada...

    A direita ficou mais forte porque o PCP sem ser de esquerda,ocupa a esquerda,ENGANANDO ASSIM O POVO!

    PELA EXTINÇAO DO PCP,E POR UM NOVO E VERDADEIRO PARTIDO QUE REPRESENTE OS TRABALHADORES!

    ResponderEliminar
  27. Não fumes essas merdas que te fazem mal...

    ResponderEliminar
  28. PARA O COMODISTA DAS 20.07

    Deves pensar que ainda estás no tempo do gonçalvismo e da reforma agraria.
    VOCES JÁ FORAM DESMASCARADOS NO MUNDO TODO!
    EM PORTUGAL TAMBEM TEEM OS DIAS CONTADOS SEUS BANDIDOS.

    ResponderEliminar
  29. ho das 20.07 ficaste sem resposta eheh
    o mais sabes tu que o comunismo é uma aldrabice e tu,fazes parte disso.
    ficaste sem palavras.

    ResponderEliminar
  30. Estes gajos não se convencem que fumar essas merdas só lhes faz mal. A cabecinha já de si não é grande coisa. Mas depois com aquele fumo e aqueles químicos todos é o que se vê...

    ResponderEliminar
  31. o gajo das 21.32 é o pior do comunismo.a arrogancia e a falsidade faz deles seres execráveis,mentirosos,que nao inspiram confiança.eu conheço muitos ,nenhum trabalha,roubaram os sindicatos e vivem disso. é tempo de serem desmascarados.os trabalhadores pensam que eles os andam a defender,mas apenas estao interessados em lhes apanhar 1% do ordenado.é uma forma de viverem sem trabalharem.nao é só o governo
    de passos coelho ou socrates que nos fodem,estes teem-no feito desde o 25 de abril.eles sao SEMPRE os mesmos,só páram quano morrem,igual ás carraças.nao acreditem nesta gente que sao como a igreja universal.JÁ BASTA !!!

    ResponderEliminar
  32. Correram com grande homem da CGTP,CARVALHO DA SILVA.
    Neste momento,ele deixou o PCP.
    Está magoado e revoltado.
    Quando ele falar o PCP,vai abanar todo.

    ResponderEliminar
  33. professores universitários, funcionários públicos, teórios, reformados do funcionalismo....

    E agricultores? pequenos e médios empresários? engenheiros?


    Não me levam...

    ResponderEliminar
  34. 0 Bento Anastácio também já subscreveu...

    ResponderEliminar
  35. O Raimundo, o Diamantino, o Lóios, a Fernandes, o Abílio, toda a brigada do reumático não subscrevem. Só se o partido mandar. E quando o partido mandar far-se-á então a luz que iluminará o mundo.

    ResponderEliminar
  36. Se o caso Silveirinha fosse investigado o PS e PSD abanava Todo,em Évora desapareciam.

    ResponderEliminar
  37. Olha pergunta lá ao deputado do PC de Évora se sabe onde é a Silveirinha e o que foi lá fazer com aquilo em obras ? - eu estava lá a trabalhar e sei mas não digo.

    ResponderEliminar
  38. O quê ??? RAIMUNDO ??? LOIOS??? ABILIO??? JÁ AGORA ALEXANDRE,PAUSINHO ETC....
    FORA COM ESSA GENTE QUE REPRESENTAM O PIOR DO PCP !!!
    A gente quer é uma alternativa politica que nos livre dessa canalha toda, e nos deixe ter alguma esperança NUMA VERDADEIRA ESQUERDA !!! E nao essa gente que ´so tem afastado os que ainda sao honestos.
    Quem os conhece sabe muito bem o que estou a falar.
    JA NAO ENGANAM NINGUÉM!!!
    NAO TENHAM MEDO E DENUNCIEM -NOS AQUI !!!
    Pela DEMOCRACIA.
    PELA LIBERDADE.
    Por uma politica amiga dos trabalhadores.
    Eles nao representam nem a esquerda nem os trabalhadores,representam os cargos vitalicios no PCP e no Movimento Sindical,e nas Autarquias.
    VIVEM DISSO.

    ResponderEliminar
  39. «A brigada do reumático não representa nem a esquerda nem os trabalhadores mas os cargos vitalícios no PCP e no Movimento Sindical,e nas Autarquias»? Representam o pior do PCP?
    Olhe que, olhe que não! Você não passa de um verme, de um reles provocador ressabiado!
    Veja só:
    ABÍLIO FERNANDES, à beira dos 76 anos, oficialmente economista, na prática autarca e político reformado, 25 anos na presidência de Évora,mais 12 como membro da Assembleia Municipal,deputado da Assembleia da República de 2005 a 2009, membro do Comité Central do PCP de 1988 até 2004 e daí até 2009 pertencente à Comissão Central de Controlo do PCP. Desde 1976, ano em que aderiu ao PCP levou uma vida de sacrifício em nome do partido, sempre desinteressadamente em representação dos trabalhadores. Olhe que são 37 anos de grande dedicação ao Partido e a Évora.
    RAIMUNDO CABRAL, && anos, oficialmente operário agrícola (não se ria que o homem foi meloeiro em Alpiarça até aos 27 anos)funcionário do partido a partir de 1974 (já lá vão quase 40 anos e deputado à Assembleia da República eleito em 1980.1983,1985 e 1987) pelo círculo de Santarém. Apesar das suas limitações veio para Évora em 1980 para se tornar o grande mestre ideológico dos comunistas de Évora. Membro do Comité Central do PCP desde 1983 foi afastado em 2009 passando a integrar a Comité Central de Controlo do PCP,ocupando o lugar deixado vago por Abílio Fernandes. É uma função em que se sente como peixe na água pois toda a vida foi o fez melhor: controlar a vida dos outros. Responsável pelos processos de expulsão dos renovadores no distrito de Évora. Esteve três anos em Viana do Castelo de onde veio corrido pelos militantes daquele distrito. Todos temos muito a agradecer a este notável pedagogo político pelas enormes lições de vida que nos tem dado.
    DIAMANTINO DIAS, &3 anos, oficialmente operário metalúrgico (tenha tacto na galhofa que ele não solda uma peça desde há 40 aqnos), funcionário do partido desde 1976. Pertence ao Comité Central. Foi deputado pelo círculo pelo círculo de Évora na I Legislatura e na V por Portalegre. É desde há muito o responsável pelo gabinete de Imprensa da DOREV , grande chefe da propapaganda e da desinformação partidária e excelente editor de cassetes que distribui generosamente a qualquer órgão de comunicação que lhe passe por perto.
    ALEXANDRE RODRIGUES, &1 anos, oficialmente empregado de hotelaria ( lá está outra vez você a sorrir ironicamente), na verdade funcionário do Partido desde 1980, antigo membro do Comité Central do PCP e actualmente membro do Secretariado da DOREV.
    Da crónica e destemperada sindicalista, MARGARIDA FERNANDES, oficialmente arquitecta paisagista,julgo que deve conhecer bem a sua abnegada dedicação à cidade de que esta bastante tem beneficiada.
    Ora diz vocè que isto é o pior no PCP.Seja justo. Esta gente que esfalfa diariamente na Rua de Avis, entre duas minis, um prego ou um pratinho de alcagoitas, a fazer a análise da situação político-social do distrito,delineando estratégias, especulando e inventando, denegrindo e invectivando etc., merece um pouco mais de respeito. Não seja ingrato. Meta pois, a viola no saco e deixe-os trabalhar!
    J.F.

    ResponderEliminar
  40. PARA O COMENTADOR DAS 17.30.

    Primeiro que tudo deixe-me agradecer-lhe a sua exìmia descriçao do que sao verdadeiros parasitas da sociedade.
    O senhor deu-se ao trabalho de os desmascarar e mesmo chamando nomes pouco dignos ao comentador das 22.13,acabou por reafirmar e confirmar tudo. NAO TRABALHAM JÁ VAI PARA 40(QUARENTA) ANOS!
    Lamento muito,mas este tipo de gente,para mim,valem ZERO!
    Sao altamente prejudiciais á sociedade.
    Tenho esperança que eles desapareçam do mundo. É uma questao de tempo.É pena que até isso acontecer ainda vao destruir muitas coisas.
    Nao assine com JF porque sao apenas duas letras inventadas por si.Deve pensar que somos parvinhos...

    ResponderEliminar

  41. O perigo do comunismo é real e muito mais perigoso e destruidor que o capitalismo.
    Sabes uma novidade? O PCP NAO É UM PARTIDO DEMOCRATICO! obriga os militantes a votar de braço no ar.Ai de quem votar contra ou se abster;destroiem-lhe logo a vida e expulsam-no e declaram-no inimigo mortal do PCP. Por isso as votaçoes sao sempre em unanimidade! Chamas a isto democracia???Eu chamo fascismo e ditadura.
    A maior parte dos documentos nem sao lidos,pois distribuem-nos no momento da "votaçao".Muitos militantes vivem do partido,nao só eles como os filhos e genros etc...e nao podem piar,senao a vida deles vai pelo cano abaixo. Esta é uma realidade que se passa no PCP e...nem o Salazar faria melhor!
    Fazem exactamente o mesmo nos sindicatos!
    "LUTAM CONTRA A DITADURA DOS OUTROS,PARA PODEREM IMPLANTAR A DELES!
    pcp=a merda.

    ResponderEliminar
  42. Para o comentador de 22 de Dezembro das 21.51.
    Você não entendeu o tom de brincadeira com que eu me dirigi ao meu interlocutor.Não chamei nomes pouco dignos ao comentador, longe de mim tal intenção.
    Antes,ironizei com toda a situação. Intencionalmente nas idades até troquei o & por outro signo. É na realidade a brigada do reumático que nada faz há 40 anos.
    E desta feita também me pulou o pé para entrar na paródia dos marretas.
    J.F. são mesmo as iniciais do meu nome e se é frequentador deste blogue sabe perfeitamente quem e que costumo assinar sempre que o escrevo. Não me diga que ainda não descobriu ?
    J.F.

    ResponderEliminar
  43. Para o comentador das 20.48.
    Eu entendi que ironizava ao comentar.Só nao encaixei aquela do "verme" ao respectivo comentador,mas vejo agora melhor que era parte de ironizaçao.As minhas desculpas.
    Parecia mesmo um comunista fanático eheheh.
    Mas realmente revolta ver como estes individuos,se teem aproveitado das pessoas,principalmente dos trabalhadores que ingénuamente acreditam que eles se preocupam com eles.Ora,quem os conhece de perto e de dentro,sabe bem o quanto isso é a maior das ilusoes.
    Basta ver que estes homens que se dizem "camaradas"sao PIDESCOS uns para os outros,mesmo no seu seio.Basta ver que destruiram os sindicatos para os usarem como arma e meios de arremesso politico aos governos(sejam eles quais forem).Mobilizando assim os trabalhadores,para greves puramente politicas,que só prejudicam os trabalhadores.
    Neste momento SANEARAM os dirigentes sindicais,e substituiram-nos por elementos do comité central do PCP,assegurando assim APENAS os interesses do PCP.
    Custa ver os nossos colegas BURLADOS a descontar para um sindicato que apenas quer a cota mensal deles.Só por aqui se vê a tremenda desonestidadade desta gente QUE NAO TRABALHA Á QUARENTA ANOS!
    O 25 de Abril podia ter sido bonito...se nao fosse esta e outra gente que sem escrupulos,aprenderam a viver SEM TRABALHAR. OU MELHOR, A VIVEREM DO TRABALHO DOS OUTROS. AVANTE CAMARADA heheheeh.

    ResponderEliminar

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.