sexta-feira, 22 de novembro de 2013

MANIPULAÇÃO GROSSEIRA NO COMUNICADO MUNICIPAL SOBRE A REDE DAS JUDIARIAS

Aqui

A Câmara Municipal de Évora fez ontem sair a público um comunicado em que embandeirava e se ufanava, delirantemente, de que fora eleita para os órgãos sociais da Rede de Judiarias, fazendo pressupor, dados os termos ditirâmbicos utilizados na sua divulgação, de que nela havia ganho uma posição de relevo e alguma capacidade decisória naquele órgão.
Ora tal não sucedeu e trata-se de uma acção de manipulação e desinformação grosseira em que o PCP é useiro e vezeiro no nosso distrito. O Município de Évora foi efectivamente designado para o mais insignificante e ínfimo lugar dos corpos sociais da Rede das Judiarias, sendo o relator do Conselho Fiscal da organização.
Para informação geral informo que a Direcção da Rede passou a ser constituída por Belmonte (presidência), Castelo de Vide (vice-presidência), Torres Vedras, Alenquer e Sabugal; na Assembleia Geral, a presidência foi a entregue a Tomar, a vice-presidência a Lisboa e o lugar seguinte à Comunidade judaica de Belmonte (a única existente no nosso país) e finalmente ao Conselho Fiscal preside Leiria, depois Lamego e finalmente Évora.
Por esta razão o Município eborense não quis indicar qual a função (a de menor relevo) que lhe foi destinada procurando atirar areia para os olhos dos eborenses, fazendo-lhes crer que alcançara um assinalável triunfo que muito o prestigiava. Limitou-se a apanhar as migalhas sobrantes. Igualmente ridícula é a afirmação de ser esta é a «primeira vez que tal acontece».De facto, esta é a primeira porque antes não podia acontecer dado que o responsável pela redacção do comunicado. parece desconhecer que a Rede das Judiarias de Portugal-Rotas de Sefarad, foi fundada em Fevereiro de 2011, e os seus primeiros corpos sociais saíram de entre os seus membros fundadores, nove municípios e seis entidades regionais de turismo. Os municípios de Évora, Reguengos de Monsaraz e Elvas, no Alentejo, só aderiram meses mais tarde.
Mas quem esteve presente na reunião de Belmonte, ocorrida na passada quinta-feira, não conta tudo. No meio da injustificada euforia intoxicante esquece-se de dizer que mesmo esse lugar não é seguro porque as eleições foram impugnadas e é possível que o caso vá para tribunal se não forem repetidas. E a culpa pertence em exclusivo a Ceia da Silva, que exercia a Presidência da Assembleia Geral em representação da Entidade Regional de Turismo do Alentejo e se “esqueceu” (?) de convocar para o acto eleitoral as suas congéneres do Norte e do Centro que no seu conjunto abrangem 186 municípios. Ceia da Silva tem levado nas orelhas até dizer chega. E num quadro em que tudo é possível. 
Finalmente intriga-me a questão da Casa dos Saragoças , antiga residência de Diogo Pires, conhecido judeu eborense, cuja recuperação e musealização do acervo foi candidatada a financiamento no âmbito das Rotas do Sefarad pelo anterior executivo municipal e cujas obras foram avaliadas em 280 mil euros. A garantia da comparticipação do EEA Grants, só foi conhecida na véspera das eleições autárquicas. Antes já a Câmara mostrara que não descurava o problema e em edital de 14 de Agosto de 2013, assinado pela Directora do Departamento de Obras e Projectos Estruturantes, Arquitecta Alexandra Leandro, por delegação de competências do Presidente, intimava Francisco Oliveira Nobre Saragoça, proprietário do respectivo prédio, sito na Rua da Moeda. 56,56 A, e 56 B e no nº3 da Rua de Alcoutim, para, «no prazo de dezoito meses», proceder à sua reconstrução integral e geral do mesmo. E alertava o proprietário que um eventual incumprimento da intimação para recuperação do prédio, por utilidade pública, seria punido com pesadas multas e coimas, previstas na lei, podendo os trabalhos vir a ser executados pela Câmara Municipal a expensas suas. Não podia, aliás, ser feito de outra maneira pois o imóvel não é património estatal ou camarário.( O respectivo edital está à disposição de quem o queira consultar na Internet).
Portanto, é totalmente falso e mentem com todos os dentes ( a não ser que sejam desdentados) aqueles que vieram bolsar que a anterior Câmara teria desperdiçado essa verba que afinal se mantém disponível e o projecto da Casa de Cultura Judaica Diogo Pires, continua, conforme se reconhece no comunicado emitido, a ser uma das prioridades deste executivo. 
Independentemente da questão partidária, a verdade é para ser dita. Repito-o, só o interesse da cidade me leva a vir para aqui levar pancada, ser insultado e enxovalhado por gente sem escrúpulos, sem um mínimo de dignidade, educação ou aprumo. Parafraseando Agostinho da Silva: «Podes e deves ter ideais políticos mas, por favor as TUAS ideias e não as ideias do TEU partido. O TEU comportamento e não o dos TEUS líderes... os interesses de TODA a Humanidade, não os de uma “parte”. E lembra-te de que “parte” é a etimologia de “partido”».

José Frota (enviado por email)

60 comentários:

  1. É outro dos defeitos dos comunistas, colocarem-se em bicos de pés por tudo e por nada. Nas manifestações são os que fazem mais algazarra. No parlamento são os que gritam mais alto e mais ruído branco provocam no hemiciclo. E por aí.

    O que eu quero é ver daqui pra frente, é capacidade para atrair investimento e postos de trabalho para dar a volta à crise e ao desemprego. Não são eles - segundo eles - os que mais e melhor defendem o trabalho e os trabalhadores?

    ResponderEliminar
  2. Continuem a tomar anti-ácidos, com o tempo isso passa-lhe.

    ResponderEliminar

  3. Mas o que é que essa treta dos judeus e dos órgãos sociais dos órgãos da judiaria interessa aos eborenses?
    Imenso, como se adivinha. Estamos todos sem dormir à espera de novidades da parte da judiaria e do Frota que só sabe vomitar porcaria, seja ela qual for, desde que sirva para atacar os comunistas.
    Ó Frota, sabe onde é que pode meter a sua raiva e mau perder? Adivinhe...

    ResponderEliminar

  4. Não, não é aí. É um pouco mais abaixo...Continue a tentar...

    ResponderEliminar
  5. Este Frota é tão vaidoso que até para contestar um comunicado da câmara nos enche de informação que não interessa a ninguém, num exercício de pseudo-intelectualidade vazia, fútil e ridícula. O homem não se enxerga?

    ResponderEliminar
  6. Os gajos ficaram sentidos...
    Detestam que alguém os destape e lhes deixe o cu à mostra

    ResponderEliminar
  7. O Frota é um engano da natureza, um absurdo, um tipinho ridículo.
    De tudo se serve, cheio de raiva e a espumar pelos cantos da boca, para atacar os comunistas.
    Este ódio tem uma razão de ser.
    Um dia vai fazer-lhe muito mal. Problemas destes são graves, cai-lhe o cabelo, perde o tesão e fica com a voz ainda mais amaricada do que já tem.
    Devia consultar um psiquiatra. A sério.

    ResponderEliminar
  8. Está visto que a AZIA está a fazer mal ao Frota.
    Até uma Intimação da CME, para realização coerciva de obras, foi chamada ao barulho, sem que o Frota saiba o que significa uma "intimação".

    Mas já agora podia ter perguntado à sua "amiga" vereadora porque não se substituiu a CME na realização das obras da dita intimação, nem chegou a acordo com os proprietários para uma situação de aluguer em que o financiamento dos 280 mil euros pudesse ter sido usado para reabilitar o edifício?

    Mas isso o Frota não lhe interessa. A sua cegueira ideológica não lho permite.

    ResponderEliminar
  9. E não sei se repararam na competência dos "amigos" do Frota, que demoraram 2 ANOS (dois!) SÓ para fazer o EDITAL da "intimação".
    A vistoria foi feita em Outubro de 2011 e SÓ em Agosto de 2013 é que publicaram o EDITAL.

    Por estas e por outras é que os eborenses correram com eles... e puseram o Frota à beira de um ataque nervos.

    ResponderEliminar
  10. Cada vez que se lhes descobre um "podre" (e são tantos) os novos secretários da Praça do Sertório ficam histéricos. É um gozo."Picam-se" que parecem flores virgens.

    ResponderEliminar
  11. @23:04
    Mas qual "podre"?
    Só se for a podre tonteria do post. É que, de todo aquele paleio chocho, não sai sumo nenhum. A única coisa que exala é um fedor a fel e a maus figados...

    ResponderEliminar
  12. Tanto encasinanço por 280 mil euros quando os socialistas desperdiçaram milhões. Porem-se em bicos dos pés! Parecem meninos do ballet! Fazer parte dos órgãos sociais da Rede é o reconhecimento da importância e da capacidade - e o lugar só interessa aos "tachistas" - quanto ao "Doutor" Ceia da Silva estamos falados, em nome da honestidade intelectual, não é?

    ResponderEliminar
  13. O Frota, depois das parvoíces que escreveu há umas semanas sobre este assunto, de que se destacam as insinuações maldosas sobre a DOREV e as mentiras sobre os responsáveis por Évora ter perdido 280 mil euros para recuperar um edifício da Judiaria, vem acrescentar meia-dúzia de lérias sem sentido nem conteúdo.

    Faltou-lhe a coragem e a verticalidade para pedir desculpas públicas pelas insinuações (e calúnias?) que proferiu no referido texto. Aliás este novo texto, só serve para alimentar os seus próprios fantasmas e disfarçar o incómodo que sente lá bem no íntimo pelas barbaridades que escreveu anteriormente.

    Mas enfim, é o Frota. E do Frota não se pode esperar muito mais...

    ResponderEliminar
  14. A Comunalha não vale mesmo a ponta dum charuto. Pela calada da noite, hoje e sempre lá vão denegrindo os opositores. Estalinismo puro embora se tentem passar por meninos do coro.

    Julgavam eles, pelo facto dos do PS serem uma carrada de bananas ou o PSD estar mais que queimado, que a passagem por cá ser mel.

    Força Frota e todos os Frotas desta Cidade!





    ResponderEliminar
  15. O cretino (23:37) amigo da xuxaria e seus serventuários, ainda anda por cá?

    ResponderEliminar
  16. O mais curioso é que estes secretários, continuando a linha de sempre, nao rebatem um único argumento de José Frota e atiram-se a ele como gato a bofe por questões meramente pessoais, como por exemplo "a sua voz fininha". Habituados a não debaterem ideias e fazerem combates que se ficam pela destruição moral e psicológica das suas vítimas, os comunistas pensam que podem sair impunes desta estratégia, mas não é verdade. Todos já os topam à distância e aos seus métodos criminosos.

    ResponderEliminar
  17. Quem paga agora ao funcionário do PCP que anda por aqui de antenas ligadas? o Partido ou a Camara?

    ResponderEliminar
  18. DESMASCARADOS E BATIDOS EM TODA A LINHA . AH,AH,AH,AH,ATÉ ESPUMAM!

    ResponderEliminar
  19. Não me destruirão moral e psicologicamente apesar de há muitos anos o tentarem, sempre escudados no anonimato.Agora até um mostrengo qualquer (anónimo de ontem das 22.27),um títere de segunda qualidade, um artolas de pechisbeque,"descobriu" que eu tenho uma voz "fininha", a tender para o "amaricado" que terá tendência para o agravamento nos próximos anos. Pelos vistos não me conhece. De facto não possuo um tom de voz tonitroante, como a dele, possivelmente, exercitada em comícios, arruadas, gralhadas e algumas outras palhaçadas de igual quilate, mas tenho voz grossa,embora de tom baixo. E uso bigode como o Zé da vossa paranóia. E tenho barba bem forte e cerrada.Mas eu percebo onde quer chegar o artista. Augura-me que qualquer dia me vai cair o cabelo e perder a tesão. Talvez, mas olhe que mesmo no último caso, ainda não se dá por isso. Testosterona é coisa que ainda não rareia por estes lados. E há algumas camaradas dele, que já tiveram ocasião de o testemunhar. Que não me puxe,pois, pela língua que eu sou capaz de revelar nomes. Fico-me por aqui.E este é um caminho pelo qual eu não quero, nem nunca quis entrar. Canalhices e comportamentos de bastardo não são da minha índole.
    Se ele conhece um bom psiquiatra,que recorra aos seus serviços quanto antes.Caso contrário, corre o risco de ser apanhado na rede da próxima rusga para apanhar atrasados mentais.

    ResponderEliminar
  20. Falta dizer que Ceia da Silva é DIRIGENTE do PS e "caiu" na Região de turismo como autêntico PARAQUEDISTA.

    ResponderEliminar
  21. O mesmo que em conjunto com a cãmara de Évora ,DESTRUIRAM o Museu do Artesanato,para o entregarem a um AMIGO.

    ResponderEliminar
  22. Quanto foi gasto com a revista MOSAICO?

    ResponderEliminar
  23. E quanto gastou a Gestão Abílio ao contratar o ex-jornalista Miguel Correia, do Diário do Alentejo para o ter como assessor de imprensa? Bastas centenas de contas para além de muitas mordomias.
    E como foi a negociata da Fábrica de Música? E quanto gastaram com as passeatas a Suzdal e aos países "irmãos"? E contem como foi a burla do Sindicato dos Trabalhadores Agrícolas, a maior mancha negra do movimento sindical português, extinto por decisão judicial e cuja história foi escrita por mim, e revelada ao EXPRESSO pelo... pasmem... vosso ex-camarada MANUEL CARVALHO DA SILVA,na altura secretário geral da UGT.
    Nem este gramava a tal de DOREV. Não sabiam? Pois ficam a saber.Mas se querem mais conversa estamos aí para as curvas.

    ResponderEliminar
  24. Perdão,emendo, MANUEL CARVALHO DA SILVA, na altura, secretário geral da CGTP/INTERSINDICAL.

    ResponderEliminar
  25. Os donos do acincotons estão de parabéns. Publicam vómitos deste verme, que se referem a um texto que não foi publicado no blog, que nem ele próprio publica no seu mural do facebook. Provavelmente para não se agoniar com os seus próprios eflúvios pútridos.
    É a última vez que aqui venho, que nojo!

    ResponderEliminar

  26. Força Frota.
    Força Frotas desta cidade e deste país.

    Vale sempre a pena desmascarar fazer luz - também pela via do jornalismo.

    ResponderEliminar
  27. Já agora que sabes tudo conta lá o negócio do sucia,cãmara e lusitano?

    ResponderEliminar
  28. Já Agora conta lá quem foi contemplado com os apartamentos ali para os lados do teatro.

    ResponderEliminar
  29. Já agora conta lá porque correram contigo do expresso?

    ResponderEliminar
  30. A comunalha não presta

    ResponderEliminar
  31. Alguém sabe explicar porque é que Frota está tão ressabiado?

    ResponderEliminar
  32. Os xuxas desapareceram da cidade, esfumaram-se ainda assim não lhes peçam responsabilidades :

    pelo afundamento da câmara,

    pelos 80 milhões de dívida, valor demasiado elevado para quem nada fez durante 12 anos,

    milhões de euros em multas e outros montantes que têm que ser devolvidos por actos administrativos que qualquer aprendiz sabe que não pode fazer,

    Mas deixaram alguns dos seus defensores a fazer o trabalhinho. Que ganhará o Frota com isto ? Saberemos daqui a 3 anos e alguns meses?

    O problema é que o Frota não percebe que tudo quanto escreve cheira a recado do PS e disto estão as pessoas fartas, tanto que correram com eles

    ResponderEliminar
  33. Frota explica lá o motivo porque foste corrido do expresso?

    ResponderEliminar
  34. Não conheço o José Frota, o que é certo é que dá a caras perante comentadores anódinos e anónimos, incultos, plenos de verborreia e que nada acrescentam ao que tal senhor escreve, faltando o contraditório que esclareça alguma coisa.
    A isso chama-se insulto.
    E o insulto só parte de alguém, que não pertence a um mundo que se quer mais educado, culto e pleno de cidadania.

    António Gomes

    ResponderEliminar
  35. "O cretino (23:37) amigo da xuxaria e seus serventuários, ainda anda por cá?" O fantasma da expulsão dos adversários (inimigos), ou do seu extermínio? Dótor NAZIA, sem remédio?

    ResponderEliminar
  36. ALGUÉM PERCEBEU O COMENTADOR ANTERIOR?...
    Que Deus (que me desculpem os crentes), ilumine tal cabecinha pensadora.

    António Gomes

    ResponderEliminar
  37. Sim, Toucinho do Céu Lacrau e sequazes, dada a vossa insistência eu vou passar a explicar em traços gerais como saí do Expresso ao fim de 21 anos de ser seu representante no Alentejo.Estava-se no final de 2008 quando o jornal me comunicou que, por efeitos de uma reestruturação na vida interna, desejava fazer cessar o funcionamento do único escritório ainda existente na «província» ( o de Évora) deixando eu de fazer parte do quadro de jornalistas permanentes,mas sugerindo-me que aceitasse fazer parte dos tarefeiros (jornalistas pagos à peça) pois continuavam interessados nos meus serviços.Recusei peremptoriamente e saí.
    Acabava-se assim com a estrutura do grande jornal que chegara a tirar 200.000 exemplares por edição, em finais do século XX e princípios do actual, e em que para além da sede na Duque de Palmela, mantivera uma pujante delegação no Porto, escritórios em Coimbra, Évora e Faro e colaboradores, no Minho, Trás-os-Montes, Açores e Madeira. Tinha chegado ao fim um período que se abrira em 1987 em consequência da adesão de Portugal à CEE e à possibilidade da criação da regionalização no nosso país e o Expresso queria estar presente em todo o lado.Recordo a propósito o que foram os festejos do 25º.aniversário em 1998.
    A partir de 2004 a filosofia do jornal mudou, depois de Balsemão ter recebido os conselhos e as orientações de "especialistas" do "Washington Post" e do "El País, que o convenceram a modernizá-lo em todos os aspectos, começando pela transferência do sua sede para uma zona na periferia que agrupasse todas as publicações do grupo, assumisse um postura europeia e acabasse lentamente com as estruturas regionais porque Portugal era uma só região e o resto era conversa. O velho semanário que fora moldado sob a matriz do inglês " Sunday Times", no qual os seus fundadores e primeiros jornalistas tinham estagiado começou lentamente a desaparecer. À uma foram acabando todas as suas delegações e escritórios e o de Évora, foi o último.
    Entretanto insatisfeitos com o rumo dos acontecimentos José António,José António Lima e Mário Ramires saíram para fundar "O Sol". O movimento de saídas e afastamentos foi intenso.
    O Expresso transformou-se naquele produto híbrido e desinteressante que é hoje e cuja quebra de tiragem e de leitores vem acusando anualmente.
    Quero acrescentar que o meu nome continuou a constar da ficha técnica até finais de 2010 apesar de múltiplos apelos feitos por mim para que fosse retirado. Em princípios de 2009 "O Sol" convidou-me para desempenhar as mesmas funções que havia desempenhado no Expresso e a minha contratação chegou a ser anunciada aos restantes membros da redacção. Mas eu nessa altura já me havia comprometido em fazer a "Évora Mosaico" que com todas as virtudes e defeitos foi um projecto criado por mim. E eu não sou pessoa para voltar com a palavra atrás, ainda que saia prejudicado.
    Por outro lado nada é eterno, nem sequer a qualidade de membro do Comité Central,não é Toucinho do Céu Lacrau? Tudo tem o seu tempo. Mas tenho o orgulho de ter sido o homem que apagou a luz dos antigos escritórios e representações regionais.
    E tu, conta lá, a excelência dos teu desempenhos partidários em Viana do Castelo e em Viana do Alentejo!

    ResponderEliminar
  38. O PCP quer somar pontos de qualquer maneira. Qualquer coisa vai servir para fazer show-off, desde uma simples reposição de calçada resultante de uma reparação de canos, à monda de umas ervas no passeio. Tudo irá servir para documentar "obra" realizada.

    As vacas gordas que existiam até 2001 acabaram-se e agora vão mesmo ter que pôr à prova as capacidades e a imaginação. Se é que este elenco as possui; e os antigos autarcas do PCP com provas dadas, já estão na reforma.

    ResponderEliminar
  39. Não sejas tótó,não me chamo Raimundo Cabral,nem sequer sou do PCP,parece ter engolido a cassete,quem não concorda com o senhor é logo conotado com o pcp,tenho pena de si.........

    ResponderEliminar
  40. O Frota pirou de vez...

    ResponderEliminar
  41. 20:19

    Se não te chamas Raimundo Cabral, como sabes que o Frota se referia a esse senhor? Eu tenho lido o folhetim e nunca me lembraria de tal. Tens alguma dica especial, ó tu que nem sequer és do PC, quanto mais o Raimundo Cabral?

    ResponderEliminar
  42. O que foi(ram) fazer autocarro(s) da câmara de Évora a Lisboa no dia do comício (culto da personalidade) de Alvaro Cunhal. Com autorização de quem? quanto pagaram?
    O senhor Pinto de Sá sabe disto?

    ResponderEliminar
  43. @22:11
    Se o Frota não se referia a Raimundo Cabral, referia-se a quem quando alude aos "desempenhos partidários em Viana do Castelo e em Viana do Alentejo"?

    ResponderEliminar
  44. Isso és tu que sabes porque pertences ao "millieu". Eu, por exemplo, não fazia ideia de nada disso. E Viana do Alentejo porquê? Não era o D. quem lá fez uma perninha?

    ResponderEliminar
  45. " Não era o D. quem lá fez uma perninha?" Pelos vistos também pertences ao "millieu".

    ResponderEliminar
  46. O Senhor Frota grande jornalista e com CORAGEM............exite dois temas que nesta terra nunca foram tratados na comunicação social local.

    Primeiro: como foi possivel num fim de semana aprovar um complexo desportivo (silveirinha) onde não se podia construir .

    Segundo:Como foi afastada a Condessa da Administração da Fundação e mais recente expulsa dos seus aposentos.


    Senhor Frota dois temas que gostava de ver analisados pelo Senhor,HOMEM de CORAGEM.

    ResponderEliminar
  47. Porra,para quem não pertence ao "milieu", o Frota sabe muita coisa. Direi mesmo que demais. Como o homem não vai abaixo com insultos,nem com calúnias, ou ameaças, o remédio é proceder à sua eliminação física. Comunada, é altura de o calarem definitivamente, matarem-no ou ao menos, darem-lhe uma carga de porrada tão grande que o deixem em prolongado estado de coma, acabando-lhe com o pio.

    ResponderEliminar
  48. 11:31
    Em terra de cegos quem tem olho é rei.
    E, pelos vistos, o que há mais por aqui são cegos.

    ResponderEliminar
  49. Já agora deve saber quem foi comtemplado com vários apartamentos?

    ResponderEliminar
  50. Fundação Eugénio de Almeida ,mete MEDO aos "jornalistas" cá do burgo..........silêncio absoluto.

    ResponderEliminar
  51. A Condessa foi mal tratada,e muitos enriqueceram..........

    ResponderEliminar
  52. Despediram um funcionário por saber os pôdres do funcionamento da instituição.........tudo abafado.

    ResponderEliminar
  53. Então e se fosses ao urologista tratar urgentemente do estado dessa próstata? Já reparaste que só mijas às pinguinhas? Um pequeno fluxo às 17.27, duas gotas às 17.28 e uma réstia às 17.29.Estás caduco e senil. Tem pena de ti, ao menos. Poupa-nos a tão triste espectáculo!

    ResponderEliminar
  54. @17:40


    ahahah


    Tá otima :)

    ResponderEliminar
  55. Exm.º Senhor Presidente
    da Câmara Municipal de Évora

    Em nome de vários moradores do Bairro das Coronheiras, vimos por este meio informar a Câmara Municipal da seguinte situação:
    No Bairro das Coronheiras mais propriamente na Avenida Fernando Pessoa no Prédio nº.27 com as fachas em azul Alentejo ao pé do parque infantil em frente á igreja de Nossa Senhora de Fátima, nesse prédio no R/C esquerdo, mora um casal de etnia cigana que é feirante e vende sapatos.
    Por trás do prédio montaram uma enorme tenda onde estacionam a carrinha, junto ao prédio ao pé das janelas tem um monte de lixo (caixas ferros trapos velhos e muito mais) onde todo o tipo de bichos se esconde, as pessoas que moram no prédio e no prédio ao lado dizem que até tem receio de abrir as janelas porque os bichos sobem a parede e entram para dentro de casa das pessoas, isto tudo junto ao parque infantil.
    Em nome destes moradores do Bairro que decidiram escrever esta carta ao Senhor Presidente da Câmara, perguntamos….
    Acha normal esta situação, ao pé de um parque infantil, onde as crianças brincam olharem em volta e verem este panorama? Será que a Câmara não faz nada para resolver esta situação?
    Um sítio onde era para haver um espaço verde agora á tendas montadas onde fazem de garagem e lixeira, que é isto Senhor Presidente? Daqui a pouco parece que estamos no Bairro da lata em Lisboa onde toda a gente monta a sua barraca.
    Todos os moradores deste Bairro estão dispostos a chamar a Comunicação Social, se esta situação não se resolver dentro de dias para que seja divulgada e mostrar o que se está a passar neste sítio da cidade de Évora.
    Agradecemos a vossa atenção.

    ResponderEliminar
  56. Força Frota a comunalha desespera.

    ResponderEliminar
  57. Oa comunalhas são uns corruptos, roubaram meilhões parta darem á sua camarada, mãe do "rapaz" da casa da música que andava fugido e já regressou, assim que os comunas ganharam a câmara.

    ResponderEliminar
  58. Está a falar dos teus amigos,Dias Loureiro,Isaltino Morais,Duarte Lima e toda a cambada que esteve no governo de cavaco?

    ResponderEliminar
  59. A extrema-direita delira com o senhor ATORF.

    ResponderEliminar
  60. @09:53
    A culpa é do Zé Ernesto. Ahahahahah!!!

    ResponderEliminar

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.