sexta-feira, 11 de outubro de 2013

Prioridades em Évora


 O novo Presidente da Câmara Municipal de Évora adiantou já prioridades para Évora, em entrevista à Rádio Diana,  para ouvir  aqui .
A recuperação financeira  do município, o PDM enquanto peça estruturante da área do urbanismo, e uma aliança estratégica entre a cidade e a Universidade, são as primeiras linhas  estratégicas apontadas para o mandato autárquico que se inicia no próximo dia 18 de Outubro, com a sessão formal de tomada de posse.

4 comentários:

  1. Um dos compromissos da CDU foi promover a participação auscultando as populações:

    Deixo aqui algumas sugestões,que podem ser tomadas com pouco dinheiro.

    Transito:rectificar passadeiras mal colocadas(exemplo:cruzamento antigo café da curva/bacelo)

    Colocação de espelhos em cruzamentos onde a visibilidade é diminuta.

    Parque de estacionamentos:jumto á gabriel pereira e teatro garcia de resende,arranjar o piso e uma melhor iluminação.

    arranjo de passeiosem vários pontos da cidade(buracos e irregularidades no piso devido a raízes de arvores)

    Vias com bastante transito,faixas bastante irregulares(exemplo:rua de Mendo Estevens e Av.Leonor Fernandes)

    Revitalizar o mercado 1ª de Maio, um dos pisos do mercado está desocupado deste a sua abertura.

    Antigas instalações da rodoviária espaço amplo de dois pisos mal aproveitado(parque de estacionamento praticamente vazio),transformar num espaço para fins culturais.

    Limpeza:restruturar os serviços,brigadas de limpeza mais pequenas.

    Apelar aos empresários da restauração que transportem o lixo para os contentores de maneira a não sujarem o piso com restos de comida e gordura.

    Exigir aos feirantes dos mercados mensais que não atirem as embalagens para o châo,colocando contentores nas ruas do mercado,e lançando uma campanha de sensibilização.

    Praça do Giraldo:mobiliário urbano que se identifique com a beleza da praça(bancos e floreiras)

    Pintura das arcadas.

    Lavagem semanalmente do piso das arcadas.

    Pintura da Igreja de Santo Antão.


    Animação do centro histórico.


    Natal,iluminação da praça do giraldo,Portas de Moura e Praça do Sertório(com a iluminação da cãmara)

    Fazer um presépio tradicional na praça do giraldo(faz parte da nossa tradição)

    Não colocar aqueles pinheiros HORROROSOS nas rotundas da cidade.

    Carnaval:retomar o desfile das ,brincasescolas e incentivar as associações a fazer bailes .


    Feira:a próxima feira podia ser o momento para reflectir que feira queremos,o tema podia ser :as feiras,recriando alguns partes que os mais velhos ainda recordam,fazer uma exposição durante a feira no palácio Dom Manuel sobre as feiras de São João e São Pedro.

    Animação do centro histórico no verão.

    Piscinas em 2014 fazem 50 anos:

    colocar um espaço infantil para as crianças e arranjar a mata das piscinas.


    Apoio Social:
    Num tempo de graves dificuldades para a maioria dos cidadãos,a cãmara deve ter um papel importante na ajuda daqueles que mais sofrem.

    Estas são algumas sugestões de um Eborense que gostava de ver esta cidade com mais AMIGA dos seus municepes.

    ResponderEliminar
  2. Aliança estratégica entre a universidade e cidade...interessante. Que será isso?

    PDM...cheira-me sempre a esturro quando um autarca toca nesta matéria.

    Mas o negócio da àgua não é prioritário?

    ResponderEliminar
  3. A CDU apresentou-se aos eleitores com um Programa Eleitoral, onde sintetiza aquilo que tenciona fazer nos próximos anos.
    E foi esse Programa que foi sufragado maioritariamente pelos eborenses.
    Lá se fala da prioridade da resolução da Dívida. Lá se fala da necessidade de revisão do PDM. Se fala na necessidade de reestruturar a Câmara. Lá se fala do "negócio da água" e formas de o resolver. E muitas outras coisas...

    Pelos vistos não o leram. Porque não aproveitam e, em vez de fazer perguntas estúpidas, o vão ler? Garanto-vos que é um programa sério, escrito por gente que sabe pensar, escrever e, sobretudo, fazer... Não perderiam muito tempo, e ficariam a saber com o que contam.

    ResponderEliminar
  4. 22:54 11/10/2103

    Pode meter isso em papel selado e ir entregar à rua de Aviz que eles estão lá todos à procura de um "tachinho" na Camara. Passados 30 dias, vai receber um oficio em casa a dizer que o requerimento ia mal feito pois não estava de acordo com a minuta aprovada e deveria ter os termos V. Exª. Refaz o documento com os termos mencionados, que entrega. Passados mais 30 dias, recebe outro oficio a dizer que a data agoraa ser colocada deveria ser a data efectiva da entrada do novo requerimento rectificado. Corrige e entrega de novo. Passados 30 dias volta a receber um oficio a dizer que afinal como o papel selado já foi abolido, o mesmo deverá ser feito em papel azul de 25 linhas. Refaz o requerimento de novo em papel azul de 25 linhas e entrega. Passados mais 30 dias recebe novo oficio a dizer que a assinatura deverá ser conferida pelo documento de identificação, pelo que deverá passar pelos serviços camarários para entregar cópia do mesmo. Passa lá, apresenta a cópia do documento de identificação. Passados 60 dias recebe um oficio a informar que o se requerimento deu entrada nos serviços camarários e foi enviado ao Sr Presidente que oportunamente dará a merecida atenção ao mesmo.
    Passados 60 dias recebe um oficio do Presidente a dizer que o seu requerimento lhe mereceu a melhor atenção e que oportunamente colocará em prática todas as suas sugestões. Passados 3 meses sem que nada tenha sido feito, encontra o Presidente na rua e pergunta-lhe porque nada ainda havia sido feito ?, ao que este responde - "ainda não ? - veja lá, eu mandei - a culpa é dos técnicos."
    ACHAM QUE A NOSSA MEMÓRIA NÃO VAI ALEM DE 12 ANOS ?

    ResponderEliminar

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.